Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19626
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Parâmetros metabólicos e produtivos de vacas leiteiras no período de transição
Other Titles: Metabolic and productive parameters of periparturient dairy cows
metadata.dc.creator: Martins, Leoni Ferreira
metadata.dc.contributor.advisor1: Teixeira, Alex de Matos
metadata.dc.contributor.referee1: Magalhães, Felipe Antunes
metadata.dc.contributor.referee2: Raposo, Vinicius Silveira
metadata.dc.contributor.referee3: Santos, Dalvana dos
metadata.dc.description.resumo: O período de transição tem sido descrito como crítico e determinante para a produtividade e saúde de vacas leiteiras modernas. Objetivou-se com este estudo monitorar a saúde e o metabolismo de vacas leiteiras por meio da utilização de parâmetros metabólicos e produtivos durante o período de transição. O estudo foi realizado na Fazenda Experimental do Glória, da Universidade Federal de Uberlândia, no município de Uberlândia - MG. Foram monitorados parâmetros metabólicos e produtivos de 102 vacas leiteiras mestiças durante os meses de fevereiro de 2016 a maio de 2017, sendo 47 primíparas e 55 multíparas. Os animais foram avaliados nos dias -28, -21, -14, -7, dia do parto, 6, 12 e 24 horas, 2, 5, 7, 14, 21 e 28 dias em relação ao parto, sendo contabilizados 14 momentos de avaliação para cada indivíduo. Adotou-se o delineamento inteiramente ao acaso, em esquema fatorial 4x14 (regime alimentar e estação do ano) e 2x14 (núcleo mineral pré-parto, ordem de parto, ocorrência de mastite nos primeiros 30 dias de lactação, ocorrência de cetose e hipocalcemia no pré e pós-parto). Foram avaliados parâmetros como escore de condição corporal, peso vivo, pH urinário, níveis séricos de β-hidroxibutirato e de cálcio, e relação gordura:proteína do leite. O menor valor de cálcio sérico médio obtido no presente estudo foi de 7,2 ± 1,7 mg/dL, às 12 horas do pós-parto, sendo identificada uma incidência de hipocalcemia subclínica média de 56%. Os valores médios de β-hidroxibutirato encontrados foram de 0,72 mmol/L para o período pré-parto e de 1,03 mmol/L para o período pós-parto, sendo que o maior valor obtido durante o período de avaliação foi o de 1,23 ± 0,52 mmol/L no 5° dia pós-parto. O valor percentual médio encontrado para incidência de cetose foi de 47%. A utilização de parâmetros metabólicos e produtivos para monitoramento das vacas leiteiras do presente estudo permitiu concluir que estes animais estão susceptíveis à ocorrência de distúrbios metabólicos no período de transição.
Abstract: The transition period has been described as a critical and determinant for the productivity and health of modern dairy cows. The objective of this study was to monitor the health and metabolism of dairy cows through the use of metabolic and productive parameters during the transition period. The study had been conducted at the Experimental Gloria’s Farm of Federal University of Uberlandia, in Uberlândia - MG. Metabolic and productive parameters were monitored from 102 crossbred dairy cows (47 primiparous and 55 multiparous) during 2016 February to 2017 May. These cows were evaluated on days -28, -21, -14, -7, day of delivery, 6, 12 and 24 hours, 2, 5, 7, 14, 21 and 28 days in relation to delivery. A completely randomized design was used, in a 4x14 factorial scheme (season and diet) and 2x14 (prepartum mineral nucleus, calving order, mastitis occurrence in the first 30 days in milk, and occurrence of ketosis and hypocalcemia in the pre and postpartum period). It was evaluated parameters such as body condition score, live weight, urinary pH, serum levels of β-hydroxybutyrate and calcium, and milk fat:protein ratio. The lowest mean serum calcium value obtained in the present study was 7.2 ± 1.7 mg/dL at 12 hours postpartum, with a mean subclinical hypocalcemia incidence of 56%. The mean values of β-hydroxybutyrate found were 0.72 mmol/L for the prepartum period and 1.03 mmol/L for the postpartum period, and the highest value obtained during the evaluation period was 1.23 ± 0.52 mmol/L on the 5th postpartum day. The mean percentage value for ketosis incidence was 47%. The use of metabolic and productive parameters to monitor dairy cows allowed to conclude that these animals are susceptible to the occurrence of metabolic disorders in the transition period.
Keywords: β-hidroxibutirato
Calcemia
Monitoramento
Periparto
β-hydroxybutyrate
Calcemia
Monitoring
Peripartum
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::PRODUCAO ANIMAL
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Citation: MARTINS, Leoni Ferreira. Parâmetros metabólicos e produtivos de vacas leiteiras no período de transição. 2017. 47 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19626
Issue Date: 26-Jul-2017
Appears in Collections:TCC - Medicina Veterinária

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ParametrosMetabolicosProdutivosas.pdfTCC1.05 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.