Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19580
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Fontes de matéria orgânica na composição de fertilizantes organominerais pelelizados na cultura do milho
metadata.dc.creator: Magela, Mara Lúcia Martins
metadata.dc.contributor.advisor1: Camargo, Reginaldo de
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Lana, Regina Maria Quintão
metadata.dc.contributor.referee1: Silva, Adriane de Andrade
metadata.dc.contributor.referee2: Oliveira, Reinaldo Silva de
metadata.dc.description.resumo: O objetivo do trabalho foi avaliar fontes alternativas de resíduos orgânicos para a produção de fertilizantes organominerais destinados á adubação do milho. Realizou-se um experimento em casa de vegetação no Campus Umuarama da Universidade Federal de Uberlândia, MG em delineamento em blocos casualizados com 4 repetições em esquema fatorial 2 x 5 + 2, correspondentes a 2 fontes de matéria orgânica (biossólido e torta de filtro), 5 doses (60, 80, 100, 120 e 140% de 120 kg ha-1 da recomendação de P2O5 para a cultura do milho) e dois tratamentos adicionais que foram: controle com apenas adubação mineral (100% de P2O5) e controle testemunha (ausência de adubação). Aos 65 dias após a semeadura (DAS), foram analisados teores de fósforo, potássio, pH, cálcio, magnésio, saturação por bases, soma de bases, micronutrientes, carbono orgânico, matéria orgânica e metais pesados no solo. Além disso, avaliou-se a altura de plantas, diâmetro de colmo, clorofila A e B aos 35 DAS; e altura de planta, diâmetro de colmo, massa verde e massa seca da parte aérea e raiz aos 65 DAS. Os fertilizantes organominerais obtiveram desempenho semelhante a adubação mineral para a maioria das variáveis químicas, exceto para o teor de fósforo, boro e manganês que apresentaram aumentos nos seus níveis no solo com a utilização das fontes com material orgânico. As doses de 100 e 80% foram menos eficientes na disponibilização de potássio. As aplicações das fontes organominerais resultaram na ausência de metais pesados no solo. Fontes com biossólido e torta de filtro proporcionaram altura e diâmetro aos 35 DAS maiores que o encontrado pela fonte mineral. Independente da fonte de matéria orgânica do fertilizante, o diâmetro de colmo aos 35 DAS apresentou crescimento linear á medida que se aumentou as doses. O uso de fertilizante com base em biossólido levou a maior massa verde da parte aérea que a fonte com torta de filtro, independentemente da dose aplicada. De maneira geral, foram obtidos resultados superiores para a massa verde e seca de raiz para as maiores doses dos fertilizantes, em relação a fertilização mineral. Os fertilizantes organominerais formulados a base de biossólido demonstram ter potencial de serem utilizados para o fornecimento total ou parcial de nutrientes em substituição a fertilização mineral, pois proporcionaram resultados similares ou superiores para características químicas do solo e características de crescimento do milho.
Abstract: This study evaluated alternative sources of organic residues for the production of organomineral fertilizers for maize fertilization. A greenhouse experiment was done at Campus Umuarama of Universidade Federal de Uberlândia, MG, in a randomized block design, as a 2 x 5 + 2 factorial, containing two sources of organic matter (biosolid and filter cake), five doses (60, 80, 100, 120 and 140% of 120 kg ha-1 of P2O5 recommendation for maize crop), and two additional treatments (mineral fertilization - 100% de P2O5, and a control with no fertilization), with four replications. Soil pH and contents of phosphorus, potassium, calcium, magnesium base saturation, base sum, micronutrients, organic carbon, organic matter and heavy metals were determined at 65 days after sowing (DAS). Also, plant height, stalk diameter, and chlorophyll A and B were determined at 35 DAS; plant height, stalk diameter, shoot and root fresh and dry matter were determined at 65 DAS. The organomineral fertilizers performed similarly to the chemical fertilization for most of the chemical variables, except for phosphorus, boron and manganese contents, which presented increases in soil contents with the use of sources with organic material. The doses 100 and 80% were less effective in supplying potassium. The use of organomineral sources resulted in the absence of heavy metals in the soil. Sources with biosolid and filter cake yielded greater height and diameter at 35 DAS than those of mineral fertilization. Regardless of the fertilizer organic matter source, stalk diameter at 35 DAS presented linear increase with increasing doses. The use of fertilizer based on biosolid resulted in greater shoot fresh matter than the filter cake source, regardless of dose applied. In general, greater results were obtained for root fresh and dry matter at the greater fertilizer doses in comparison with the mineral fertilization. Organomineral fertilizers formulated with biosolid demonstrated potential for use for complete or partial supply of nutrients, replacing mineral fertilization, since similar or better results were found for soil chemical properties and maize growth characteristics.
Keywords: Agronomia
Fertilizantes orgânicos
Plantas
Nutrição mineral
Milho
Adubos e fertilizantes
Biossólido
Torta de filtro
Sustentabilidade
Nutrição vegetal
Biosolid
Filter cake
Sustainability
Plant nutrition
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Agronomia
Citation: MAGELA, Mara Lúcia Martins. Fontes de matéria orgânica na composição de fertilizantes organominerais pelelizados na cultura do milho. 2017. 70 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19580
Issue Date: 13-Feb-2017
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FontesMateriaOrganica.pdfDissertação873.65 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.