Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19560
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
metadata.dc.rights: Acesso Embargado
Title: Percepção, habilidade e autoconfiança do estudante de graduação no atendimento odontológico infantil: estudo piloto
metadata.dc.creator: Pereira, Marcella Gonzaga
metadata.dc.contributor.advisor1: Oliveira, Fabiana Sodré de
metadata.dc.contributor.referee1: Prado, Alessandra de Maia Castro
metadata.dc.contributor.referee2: Moreira, Marília Rodrigues
metadata.dc.contributor.referee3: Oliveira, Fabiana Sodré de
metadata.dc.description.resumo: Os objetivos deste estudo foram verificar a percepção do estudante de graduação em relação à disciplina de odontopediatria, a autoconfiança em lidar com comportamento não colaborador e de realizar procedimentos clínicos. Dois questionários idênticos foram entregues aos estudantes ao final do sétimo período e no décimo período. Vinte e quatro estudantes responderam os dois questionários. Os resultados mostraram que: a percepção dos estudantes com relação à disciplina foram semelhantes após o sétimo e no décimo período, exceto na relação com os pacientes e pais e/ou responsáveis, sendo mais satisfatória ao final do sétimo período; os principais fatores facilitadores foram o auxílio das professoras e monitores e os dificultadores o comportamento não colaborador da criança e dos pais e/ou responsáveis e a falta de experiência ou habilidade e insegurança por parte do estudante. Com relação à autoconfiança, os estudantes consideraram que as suas habilidades nem sempre eram adequadas em lidar com as situações apresentadas. Foram observadas diferenças significantes apenas com relação ao comportamento não colaborador durante a realização da anestesia infiltrativa, sendo as respostas mais elevadas para os estudantes do décimo período. A autoconfiança foi maior para a realização da anamnese, exame clínico, plano de tratamento e procedimentos preventivos do que restauradores, protéticos, pulpares, cirúrgicos e traumatismos. Concluiu-se que a maioria dos estudantes apresentaram após o sétimo e no décimo período atitude positiva em relação à odontopediatria, autoconfiança nem sempre adequada em lidar com situações de não colaboração e uma maior autoconfiança em realizar procedimentos menos invasivos do que invasivos.
Abstract: The aims of this study were to verify the perception of undergraduate student in relation to the discipline of pediatric dentistry, the self-confidence in dealing with non-collaborative behavior and performing clinical procedures. Two identical questionnaires were delivered to students at the end of the seventh and the tenth period. Twenty-four students responded the two questionnaires. The results showed that: the perception of students regarding the discipline were similar after the seventh and tenth period, except in relation to the patients and parents or guardians, being more satisfactory to the end of seventh period; the major facilitating factors were the teachers and monitors and the obstacles the non-collaborative behavior of the child and parents or guardians, and the lack of experience or ability and insecurity of the student. Regarding to self-confidence, students felt that their skills were not always suited to deal with the presented situations. Significant differences were observed only in relation to the non-collaborative behavior during the performance of the infiltrative anesthesia, being higher for students of the 10th period. The self-confidence was higher for realization of anamnesis, clinical examination, treatment plan and preventive procedures than restorers, prosthetic, pulpares, surgical and trauma. It was concluded that the majority of students presented after the seventh and tenth period positive attitude regarding pediatric dentistry, confidence is not always appropriate in dealing with situations of non-collaborative and greater confidence in achieving less invasive procedures than invasive surgery.
Keywords: Estudantes
Students
Odontopediatria
Pediatric Dentistry
Assistência Odontológica
Dental Care
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Citation: PEREIRA, Marcella Gonzaga. Percepção, habilidade e autoconfiança do estudante de graduação no atendimento odontológico infantil: estudo piloto. 2017. 29 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Odontologia) - Universidade Federal de Uberlândia, 2017.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19560
Issue Date: 4-Jul-2017
Appears in Collections:TCC - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PercepcaoHabilidadeAutoconfianca.pdfTCC419.61 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.