Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19505
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Análise estereológica da aorta em animais expostos a poluição do ar na cidade de São Paulo
Other Titles: Stereological analysis of the aorta in animals exposed to air pollution in the city of São Paulo
metadata.dc.creator: Ormenezi, Izadora
metadata.dc.contributor.advisor1: Marques, Karina do Valle
metadata.dc.contributor.referee1: De Jesus, Eleonora Henriques Amorim
metadata.dc.contributor.referee2: Borges, Tania de Freitas
metadata.dc.description.resumo: A poluição atmosférica é um dos grandes problemas da atualidade, desencadeando inúmeros impactos ambientais e também afetando diretamente a saúde humana, resultando em aumento da morbidade e mortalidade por inúmeras doenças respiratórias, cardiovasculares entre outras. O presente trabalho tem como objetivo caracterizar as alterações morfológicas sob a aorta dos camundongos expostos à poluição do ar na cidade de São Paulo. Os animais foram divididos em quatro grupos contendo cinco animais por grupo de acordo com a exposição à poluição atmosférica no período gestacional e/ou pós natal: ar filtrado (F-F-), ar não filtrado (NF-NF), ar filtrado e ar não filtrado (F-NF) e ar não filtrado e ar filtrado (NF-F). Após 120 dias de exposição os animais foram eutanasiados por superdosagem de anestésico e seus corações foram retirados para a realização dos procedimentos histológicos e análises estereológicas. O volume do coração, da aorta, veia cava e artérias pulmonares foram estimados por meio de avaliações morfométricas e estereológicas. As lâminas foram coradas com o método de Giemsa. Verificou-se que os valores referentes aos parâmetros: volume dos átrios direito e esquerdo, volume absoluto dos átrios e volume total do coração não apresentaram resultados significativos. Houve uma variação significativa no volume da área seccional da veia cava superior nos animais expostos à poluição tanto no período gestacional quanto nos períodos gestacional e pós natal. Este aumento da área seccional da veia cava superior pode ser indicativo para avaliação do estado volêmico em animais expostos e não expostos à poluição.
Keywords: Poluição atmosférica
Estereologia
Aorta
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Citation: ORMENEZI, Izadora. Análise estereológica da aorta em animais expostos a poluição do ar na cidade de São Paulo. 2017. 45 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19505
Issue Date: 27-Jul-2017
Appears in Collections:TCC - Ciências Biológicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AnaliseEstereologicaAorta.pdfTCC3.15 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.