Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19406
Document type: Trabalho de Conclusão de Curso
Access type: Acesso Aberto
Title: Efeito da oxigenação hiperbárica no processo de reparo ósseo e na quantidade de mastócitos em ratos diabéticos
Author: Linhares, Camila Rodrigues Borges
First Advisor: Barbar, Paula Dechichi
First member of the Committee: Filice, Leticia de Souza Castro
Second member of the Committee: Cardoso, Sergio Vitorino
Third member of the Committee: Limirio, Pedro Henrique Justino Oliveira
Summary: A diabetes Mellitus (DM) é uma doença metabólica que se caracteriza por hiperglicemia decorrente de alterações na secreção e/ou na ação da insulina. A hiperglicemia crônica compromete o metabolismo, a estrutura e o reparo ósseo. O presente estudo avaliou os efeitos da Oxigenação Hiperbárica (OH) no reparo ósseo e na quantidade de mastócitos em lesão de fêmur em ratos diabéticos. Trinta e dois animais foram divididos em quatro grupos (n=8): Controle (C); Controle + OH (CH); Diabetes (D) e Diabetes + OH (DH). Nos animais do grupo D e DH foi induzido DM por injeção intravenosa de estreptozotocina. Trinta dias depois, foram realizados defeitos ósseos nos fêmures e os grupos CH e DH foram submetidos diariamente à OH. Após 7 dias, os animais foram sacrificados, os fêmures removidos, desmineralizados e processados para inclusão em parafina. Os cortes histológicos obtidos foram corados em Hematoxilina e Eosina (HE), Tricrômico de Mallory (TM) e azul de toluidina (AT). Em HE, utilizando uma grade de 144 pontos, foi quantificado, em porcentagem: matriz óssea, coágulo, tecido de granulação e vasos sanguíneos. Em TM, utilizando imagens binárias, foi quantificada a porcentagem total de matriz óssea neoformada. E, os mastócitos foram quantificados nos cortes em AT. A Análise histológica mostrou de forma geral que o grupo D apresentou mais coágulo e tecido de granulação; menos vasos sanguíneos e matriz óssea em relação aos outros grupos. Os grupos com OH (CH e DH) apresentaram menos coágulo e tecido de granulação; mais vasos sanguíneos e matriz óssea quando comparados aos grupos sem OH. Em relação à quantidade de mastócitos, o grupo CH apresentou maior quantidade dessas células que os demais grupos. Este estudo mostrou que a oxigenação hiperbárica melhora o reparo ósseo em animais diabéticos e aumenta a quantidade de mastócitos em animais normoglicêmicos.
Abstract: Diabetes Mellitus (DM) is a metabolic disease characterized by hyperglycemia due to changes in insulin secretion and / or action. Chronic hyperglycemia compromises bone metabolism, structure, and repair. The present study evaluated the effects of Hyperbaric Oxygen therapy (HO) in bone repair and in the mast cells amount in diabetic rats femur. Thirty-two animals were divided into four groups (n=8): Control (C); Control + HO (CH); Diabetes (D) and Diabetes + HO (DH). In D and DH groups, DM was induced by intravenous injection of streptozotocin. Thirty days later, it was performed bone defect in the femurs and the CH and DH groups were submitted to HO daily. After 7 days, the animals were sacrificed, the femurs were removed, demineralized and paraffin embedded. The histological sections obtained were stained in Hematoxylin and Eosin (HE), Mallory's Trichrome (TM) and toluidine blue (AT). At HE, it were used 144 points grid to quantify (percentage): bone matrix, blood clot, granulation tissue and blood vessels. At TM, it was quantified the total bone matrix neoformed percentage, using binary images. The mast cells were quantified at AT stain. Histological analysis showed in the D group more blood clot and granulation tissue; and less blood vessels and bone matrix compared to the other groups. The OH groups (CH and DH) showed less blood clot and granulation tissue; and more blood vessels and bone matrix when compared to groups without OH. The CH group showed more mast cells than the other groups.This study showed that hyperbaric oxygen therapy improves bone repair in diabetic animals and increases the mast cells amount in normoglycemic animals.
Keywords: Reparo ósseo
Diabetes mellitus
Oxigenação hiperbárica
Mastócitos
Bone repair
Hyperbaric oxygen therapy
Mast cells
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Quote: LINHARES, Camila Rodrigues Borges. Efeito da oxigenação hiperbárica no processo de reparo ósseo e na quantidade de mastócitos em ratos diabéticos. 2017. 41 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Odontologia) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19406
Date of defense: 13-Jun-2017
Appears in Collections:TCC - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EfeitoOxigenacaoHiperbarica.pdfTCC7.47 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.