Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19345
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Análise cinemática do deslocamento vertical do movimento pélvico durante a marcha
metadata.dc.creator: Tanimoto, Izadora Mayumi Fujinami
metadata.dc.contributor.advisor1: Pereira, Adriano Alves
metadata.dc.contributor.referee1: Milagre, Selma Terezinha
metadata.dc.description.resumo: A marcha tem como propósito o deslocamento do corpo pelo espaço terrestre de forma eficiente, mantendo o equilíbrio em condição estática e dinâmica. Sendo também responsável por coordenar a postura, o equilíbrio e a locomoção, por meio do avanço alternado de um dos membros inferiores enquanto o outro atua no suporte do peso corpóreo. Então, a análise da variabilidade da marcha vem sendo foco de pesquisa em diferentes campos da ciência. O propósito da análise da marcha é o de melhorar a compreensão dos problemas que envolvem o aparelho locomotor, para determinar uma decisão sobre a indicação de procedimentos cirúrgicos, para a prescrição de órteses ou próteses, na fisioterapia para reabilitação ou mesmo para melhorar o desempenho de atletas. Este estudo teve como objetivo desenvolver um método para identificar os intervalos de tempo de passo e passada, bem como a variabilidade pelo coeficiente de variação destes intervalos e das características extraídas. Para tanto, o estudo contou com um grupo de sete indivíduos (22.86±1.47 anos) da comunidade local, que caminharam sobre uma esteira pelo período de um minuto com dois marcadores posicionados na espinha ilíaca ântero-posterior em ambos os lados da pelve, e o movimento da pelve foi capturada por 10 câmeras com infravermelho posicionadas ao redor da esteira. Para análise, foi escolhido as coordenadas do eixo Z (direção vertical), e a média e o intervalo de confiança de 95% estimado para a média dos intervalos temporais do passo e da passada mostraram-se em concordância com a literatura, bem como o coeficiente de variação para estes intervalos. O teste de Shapiro-Wilk verificou a normalidade (p >0.05) dos intervalos. Pode-se também verificar a variabilidade das características extraídas entre os membros, e entre os intervalos de passo e passada. Os intervalos de passo apresentaram uma variabilidade maior, se comparados aos intervalos de passadas dos grupo.
Abstract: The purpose of the gait is the displacement of the body in the terrestrial environment efficiently, keeping the balance in a static and dynamic condition. It is also responsible for coordinating posture, balance and locomotion through the alternate advancement of one of the lower limbs while the other acts on the support of the body weight. So, the analysis of gait variability has been the focus of research in different fields of science. The purpose of the gait analysis is to improve the understanding of the problems involving the locomotor system, to determine a decision about the indication of surgical procedures, the prescription of orthoses or prostheses, physiotherapy for rehabilitation or even to improve the performance of athletes. The aim of this study was to develop a method to identify step and stride time intervals as well as variability by the coefficient of variation of these intervals and the extracted features. The study consisted of a group of seven individuals (22.86 ± 1.47 years) from the local community who walked on a treadmill for a period of one minute with two markers positioned on the anterior-posterior iliac spine on both sides of the pelvis, and the pelvic movement was captured by 10 infrared cameras positioned around the treadmill. For the analysis, the coordinates of the Z axis (vertical direction) were chosen, and the average and the 95% confidence interval estimated for the average of the step and stride time intervals were in agreement with the literature, as well as the coefficient of variation for these intervals. The Shapiro-Wilk test verified the normality (p> 0.05) of the intervals. It was also verified the variability of the features extracted between the limbs, and between the step and step intervals. The step intervals presented greater variability when compared to the group intervals.
Keywords: Variabilidade da marcha
Intervalos de passo e de passada
Movimento pélvico
Gait variability
Step and stride time intervals
Pelvic movement
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA BIOMEDICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Citation: TANIMOTO, Izadora Mayumi Fujinami. Análise cinemática do deslocamento vertical do movimento pélvico durante a marcha. 2017. 47 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Biomédica ) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19345
Issue Date: 1-Aug-2017
Appears in Collections:TCC - Engenharia Biomédica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AnaliseCinematicaDeslocamento.pdfTCC2.4 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.