Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19226
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Avaliação de genótipos de feijoeiro comum, do grupo carioca, na época das águas, em Uberlândia-MG
metadata.dc.creator: Muraoka, Leandro Yoshiaki
metadata.dc.contributor.advisor1: Martins, Maurício
metadata.dc.contributor.referee1: Rezende, Gabriel Fernandes
metadata.dc.contributor.referee2: Cardoso, Daniel Bonifácio Oliveira
metadata.dc.description.resumo: O feijão-comum (Phaseolus vulgaris) se destaca por ser um dos principais componentes da culinária brasileira, sendo reconhecida pela excelente fonte de proteína. O seu cultivo é bastante abrangente ao longo do território nacional, representando assim uma cultura importante no contexto econômico e social. Os melhoristas, juntamente com toda a equipe dos programas de melhoramento vegetal, exercem papel fundamental no processo de lançamento de variedades com características que atendam os padrões exigidos pelos consumidores. Uma das etapas dos programas de melhoramento é o VCU (valor de cultivo e uso), que tem como objetivo avaliar o comportamento dos genótipos em regiões diferentes ao longo de dois anos. Dessa forma, o objetivo do presente trabalho foi avaliar o desempenho de 25 genótipos de feijoeiro comum, do grupo carioca, cultivado na época das águas em Uberlândia-MG. O experimento foi conduzido na Fazenda Experimental Água Limpa pertencente à Universidade Federal de Uberlândia, no período de dezembro de 2014 a março de 2015. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, com três repetições e 25 tratamentos, compostos por genótipos de feijoeiro do grupo carioca. As parcelas experimentais foram constituídas por quatro linhas de quatro metros de comprimento, espaçadas a 0,5 m entre si. A área total de cada parcela foi de 8,0 m2, porém apenas as duas linhas centrais foram consideradas úteis para a realização das avaliações, portanto a área útil da parcela foi 4,0 m2, e as demais linhas da parcela foram consideradas bordadura. Foram avaliados o número de vagens por planta, o número de grãos por vagem, a massa de 100 grãos e a produtividade. Verificou-se que não houve diferença entre os genótipos de feijoeiro quanto ao número de vagens por planta. Os genótipos com maior número de grãos por vagem foram E09/10-27, E09/10-8, MAJESTOSO, CNFCMG 11-08, CNFC 11946. Os genótipos CNFCMG 11-07, E09/10-7, VC-26, E09/10-5, VC-27, VC-24, E09/10-15, VC-25, CNFC 11946, apresentaram maior massa de 100 grãos. Em números relativos, o genótipo que se destacou foi o VC-25 (2918,5 kg.ha-1), que apresentou incremento de 22,34% em relação a testemunha pérola.
Keywords: Phaseolus vulgaris L.
Melhoramento do feijoeiro
Valor de cultivo e uso
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA::MELHORAMENTO VEGETAL
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Citation: MURAOKA, Leandro Yoshiaki. Avaliação de genótipos de feijoeiro comum, do grupo carioca, na época das águas, em Uberlândia-MG. 2017. 22 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19226
Issue Date: 11-Jul-2017
Appears in Collections:TCC - Agronomia (Uberlândia)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AvaliacaoGenotiposFeijoeiro.pdfTCC445.62 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.