Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19209
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Verificação da capacidade fotodegradante de um compósito polimérico com resíduo vítreo visando à inativação de patógenos
Other Titles: Photodegradation capacity verification of a polymeric composite with glassy residue aiming the pathogens inactivation
metadata.dc.creator: Carísio, Pedro de Almeida
metadata.dc.contributor.advisor1: Dias, João Fernando
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Melo, Geraldo Batista de
metadata.dc.contributor.referee1: Gomes, Carlos Eduardo Marmorato
metadata.dc.contributor.referee2: Peruzzi, Antônio de Paulo
metadata.dc.description.resumo: Os principais meios de transmissão das Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde (IRAS) ocorrem pelo contato direto com a equipe do hospital, instrumentos e superfícies contendo micro-organismos patogênicos, gotículas de aerossol de outros pacientes doentes ou até mesmo as refeições e líquidos fornecidos em hospitais. Nas superfícies onde não há o controle dos micro-organismos, podem surgir os biofilmes, os quais são formados quando micro-organismos se juntam e tornam-se uma comunidade, sendo conhecidos pela sua resistência a antimicrobianos e como um dos principais causadores das IRAS. Por meio da fotocatálise, esses micro-organismos podem ser neutralizados. A fotocatálise é um processo que acelera as reações de oxidação e redução de substâncias orgânicas, entre elas, as bactérias. Desse modo, por meio do preparo de um compósito polimérico com teores de TiO2 e resíduo vítreo, a pesquisa busca determinar uma mistura, na tentativa de controle contra o surgimento de biofilmes. Os compósitos foram embebidos em meios de cultura contendo bactérias de Staphylococcus aureus formadoras de biofilme, nas placas de cultura celular de 24 poços, os quais foram submetidos, em estufa, por um período de 48h sob iluminação UV e no escuro. Por meio da microscopia eletrônica de varredura, foram geradas imagens das superfícies dos compósitos, a fim de investigar se houve ou não a formação de biofilmes. Com a pesquisa, foram testados dois tipos de TiO2 (com tamanhos de nanocristais diferentes) e três variações dos teores de mistura do compósito, formado por resina epóxi, TiO2 e pó de vidro. O resultado obtido mostra que as composições testadas inibem, em parte, a ação do biofilme.
Abstract: The main means of transmission of infections Related to Health Care (HAIs) occurs by direct contact with the hospital staff, instruments and surfaces containing pathogenic micro-organisms, aerosol droplets from other sick patients or even meals and liquids supplied in hospitals. In areas where there is no control of micro-organisms may arise biofilms, which are formed when microorganisms come together and become a community, they are known for their resistance to antimicrobials and as a major cause of HAIs. By means of photocatalysis, these micro-organisms can be neutralized. Photocatalysis is a process which accelerates the oxidation and reduction reactions of organic substances, among them bacteria. Thus, through the preparation of a polymeric composite with TiO2 and glassy residue content, search attempts to determine a mixture, in an attempt to control the biofilm emergence. The composites were soaked in culture medium containing Staphylococcus aureus bacteria forming biofilms within cell culture plates in 24-well plates, which were subjected in an oven, for a period of 48h under UV illumination and in the dark. Through scanning electron microscopy were generated images of the surfaces of composite in order to investigate whether occured or not the formation of biofilms. Through research, we tested two types of TiO2 (nanocrystals with different sizes) and three variations of the composite content, composed of epoxy resin, TiO2 and glass powder. The result shows that the tested compositions inhibit partly the action of the biofilm.
Keywords: Engenharia civil
Compósitos poliméricos
Fotocatálise
Infecção hospitalar
Biofilme
TiO2
Resíduo de vidro
Polymeric composites
Photocatalysis
Glass waste
Biofilms
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA CIVIL
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil
Citation: CARÍSIO, Pedro de Almeida. Verificação da capacidade fotodegradante de um compósito polimérico com resíduo vítreo visando à inativação de patógenos. 2016. 135 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19209
Issue Date: 5-Oct-2016
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
VerificacaoCapacidadeFotodegradante.pdfDissertação37.19 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.