Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19143
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Organização, lutas e pobreza na tela do cinema. Eles não usam black-tie e a realidade operária do Brasil nos anos 80
metadata.dc.creator: Maestri, Franciele Karine
metadata.dc.contributor.advisor1: Almeida, Antônio de
metadata.dc.contributor.referee1: Silva, Jeane
metadata.dc.contributor.referee2: Bessa, Karla Adriana Martins
metadata.dc.description.resumo: Esta monografia objetiva analisar o filme Eles Não Usam Black-Tie, de Leon Hirzman (1981), adaptação cinematográfica da obra homônima de Gianfrancesco Guarnieri, filme premiado no Festival de Veneza, bem como discutir sua função social. A obra aborda o cotidiano de uma família operária às margens de uma greve, onde o conflito de gerações entre pai e filho e as lutas sindicais são postas em discussão, mostrando ao público a realidade enfrentada pelo operariado brasileiro durante o regime militar.
Keywords: Cinema
Sindicalismo
Classe operária
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Citation: MAESTRI, Franciele Karine. Organização, lutas e pobreza na tela do cinema. Eles não usam black-tie e a realidade operária do Brasil nos anos 80. 2006. 60 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2006.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19143
Issue Date: 2006
Appears in Collections:TCC - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
OrganizacaoLutasPobreza.pdfTCC552.37 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.