Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19050
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Efeitos de alterações antrópicas sobre a comunidade de macroinvertebrados bentônicos no Cerrado
Other Titles: Effects of anthropic alterations on the community of benthic macroinvertebrates in the Cerrado
metadata.dc.creator: Santos, Lívia Borges dos
metadata.dc.contributor.advisor1: Santos, Jean Carlos
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Higuti, Janet
metadata.dc.contributor.referee1: Yamamoto, Marcela
metadata.dc.contributor.referee2: Moreira, Vanessa Stefani Sul
metadata.dc.description.resumo: O Cerrado brasileiro é uma região de grande importância hídrica para o país. Além disso, possui uma enorme riqueza de ecossistemas lóticos, lagoas naturais e zonas úmidas, tais como as veredas. Embora o Cerrado seja reconhecido como “a caixa d'água” do Brasil e seja uma área prioritária para conservação, o conhecimento de sua biota aquática e os efeitos das mudanças antrópicas sobre esta biota é limitado. Os macroinvertebrados bentônicos são organismos relativamente grandes (tamanho superior a 0,5mm) que vivem em ecossistemas aquáticos aderidos em plantas, rochas ou enterrados no substrato. Estes organismos têm sido amplamente utilizados como bioindicadores de qualidade da água e dos ecossistemas aquáticos, devido à: a) elevada diversidade taxonômica, b) capacidade limitada de deslocamento (sésseis/sedentários), c) ciclos de vida longo, d) fácil amostragem e identificação taxonômica e, e) por serem sensíveis a poluentes no meio aquático. Tais características somadas tornam os macroinvertebrados bentônicos excelentes modelos para avaliação dos efeitos das alterações antrópicas sobre ecossistemas e organismos associados. Esta dissertação buscou avaliar os efeitos de alterações antrópicas sobre a comunidade de macroinvertebrados bentônicos no Cerrado da região do Triângulo Mineiro. A integridade do ambiente foi estudada em áreas com forte presença de pecuária e de silvicultura. Em ambos os casos, a comunidade de macroinvertebrados bentônicos e qualidade da água mostrou-se relacionada com a integridade do habitat. Os resultados mostraram que ambientes mais íntegros possuem maior riqueza de macroinvertebrados bentônicos. Mesmo diante de intensos uso do solo, como pecuária e silvicultura, as vegetações ripárias mostram grande importância em manter a integridade do habitat, de forma a preservar a comunidade de macroinvertebrados bentônicos e a qualidade da água. Portanto, os resultados encontrados nesta dissertação poderão ajudar a melhorar/implementar políticas de conservação para organismos aquáticos e vegetação ripária no Cerrado.
Abstract: The Brazilian Cerrado is a region of great water importance for the country. In addition, it has an enormous wealth of lotic ecosystems, natural lagoons and wetlands, such as sidewalks. Although the Cerrado is recognized as a "water box” of Brazil and a priority area for conservation, knowledge of its aquatic biota and the effects of anthropic changes on this limited biota. Benthic macroinvertebrates are relatively large organisms (larger than 0.5mm) that live in aquatic ecosystems attached to plants, rocks or buried in the substrate. These organisms have been widely used as bioindicators of water quality and aquatic ecosystems due to: a) high taxonomic diversity, b) limited displacement capacity (sessile / sedentary), c) long life cycles, d) easy sampling and Taxonomic identification and, e) because they are sensitive to pollutants in the aquatic environment. These combined characteristics make benthic macroinvertebrates excellent models for assessing the effects of anthropogenic changes on ecosystems and associated organisms. This dissertation sought to evaluate the effects of anthropic alterations on a community of benthic macroinvertebrates in the Cerrado Triângulo Mineiro region. An environmental integrity was studied in areas with a strong presence of livestock and forestry. In both cases, a community of benthic macroinvertebrates and water quality was shown to be related to a habitat integrity. The results showed that the more intact environments have a greater benthic macroinvertebrate richness. The use of soil systems, such as livestock and forestry, as riparian vegetation show great importance in maintaining a habitat integrity, in a way to conserve a community of benthic macroinvertebrates and a water quality. Therefore, the results found in the dissertation help improve / implement conservation policies for aquatic organisms and riparian vegetation in the Cerrado.
Keywords: Ecologia
Impacto ambiental
Florestas
Bentos
Silvicultura
Pecuária
Qualidade da água
Benthic
Environmental impacts
Forestry
Livestock
Water quality
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais
Citation: SANTOS, Lívia Borges dos. Efeitos de alterações antrópicas sobre a comunidade de macroinvertebrados bentônicos no Cerrado. 2017. 84 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19050
Issue Date: 23-Feb-2017
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ecologia e Conservação de Recursos Naturais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EfeitosAlteracoesAntropicas.pdfDissertação12.4 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.