Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18893
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Embargado
Title: O mundo do trabalho e a qualificação profissional: análise das egressas do Programa Mulheres Mil, do Instituto Federal de Goiás (IFG) – Campus Itumbiara
Alternate title (s): The world of work and profissional qualification: analysus about egresses of Thousand Women Program, from Instituto Federal de Goiás – Itumbiara Campus
Author: Ponciano, Roberta Rodrigues
First Advisor: Santos, Adriana Cristina Omena dos
First member of the Committee: Lombardi, José Claudinei
Second member of the Committee: Lucena, Carlos Alberto
Summary: Esta pesquisa propõe identificar e analisar como ocorreu a inserção das egressas no mundo do trabalho, de acordo com a formação obtida nos cursos ofertados no Programa Mulheres Mil, desenvolvido no Instituto Federal de Goiás (IFG) – Campus Itumbiara. Teve como objeto de estudo as mulheres que realizaram o curso no período de 2012 a 2014, retratando como estão atualmente as egressas das primeiras turmas e aquelas que o cursaram após a inserção do Mulheres Mil no Pronatec/Brasil Sem Miséria. O Programa Mulheres Mil é uma política pública de qualificação profissional, com vistas a possibilitar o acesso, com exclusividade, de mulheres em situação de pobreza e vulnerabilidade social à educação profissional e tecnológica, na tentativa de ampliar as oportunidades de acesso e de mobilidade no mercado de trabalho. Convém salientar que o trabalho feminino apresenta uma historicidade propalada em discursos governamentais por meio de políticas públicas, como pressão para mudanças na histórica exclusão das mulheres do mercado de trabalho. Nesse ínterim, o Programa Mulheres Mil é uma qualificação profissional com contradições ao longo de seu desenvolvimento: na teoria, indica uma educação que buscaria a totalidade do aprendizado, mas, na prática, não conseguiu realizar tal feito. Os resultados obtidos mostram que o Programa Mulheres Mil se centra apenas na ideia do ensino profissionalizante, com formação rápida e deficitária de mão de obra feminina atuante em diversas contextos que abarcam o precário, a informalidade, o desemprego, o flexível, o lar etc. Desse modo, em termos de educação e trabalho, os cursos limitaram o acesso à cidadania e a equidade dessas mulheres, com naturalização das diferenças de gênero e a manutenção das egressas em situações vulneráveis, no que concerne ao mercado de trabalho. De fato, tais cursos propiciaram conhecimentos mais abrangentes e voltados para trabalhos com características femininas que frequentemente remetem a atividades precárias que reforçaram as desigualdades vivenciadas por elas.
Abstract: This research aims to identify and analyze how occurred the insertion of the egresses in the world of work, according to the training obtained in the courses offered in Thousand Women Program, developed at Instituto Federal de Goiás (IFG) – Itumbiara Campus. Women who took the course in the period from 2012 to 2014 were the object of the study, portraying how the egresses of the first classes are today and those who attended it after the insertion of Thousand Women in Pronatec/Brazil without Misery. Thousand Women Program is a public policy of professional qualification, in order to allow the exclusively access of women in a poverty situation and social vulnerability to professional and technological education, in an attempt to increase the access and mobility opportunities in the labor market. It should be noted that women‟s work presents a historicity publicized in governmental discourses through public policies, as a pressure for changes in the historical exclusion of women from the labor market. Meanwhile, Thousand Women Program is a professional qualification with contradictions throughout its development: theoretically, it indicates an education that would seek the totality of the learning, but in practice, it was not able to perform that accomplishment. The results show that Thousand Women Program centers only on the idea of professionalizing education, with a rapid and unsatisfactory training of female labor force in diverse contexts that include precariousness, informality, unemployment, flexible, housekeeping etc. Thus, in terms of education and work, the courses limited the access to citizenship and the equity of these women, with naturalization of the gender differences and the maintenance of the students in vulnerable situations, in relation to the labor market. In fact, these courses provided extensive knowledge focused on jobs with feminine characteristics that frequently refer to precarious activities that reinforced the inequalities experimented by them.
Keywords: Educação
Formação profissional
Instituto Federal de Goiás (IFG) – Itumbiara (GO)
Mulheres - Condições sociais
Qualificação profissional
Trabalho
Programa Mulheres Mil
Professional qualification
Work
Thousand Women Program
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Educação
Quote: PONCIANO, Roberta Rodrigues. O mundo do trabalho e a qualificação profissional : análise das egressas do programa mulheres mil, do Instituto Federal de Goiás (IFG) - Campus Itumbiara. 2017. 125 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18893
Date of defense: 6-Mar-2017
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MundoTrabalhoQualificacao.pdf
  Until 2019-05-30
Dissertação2.58 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.