Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18865
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Feitiço da vila: Noel Rosa e o universo do samba
metadata.dc.creator: Oliveira, Ana Carlota Rocha Ferreira de
metadata.dc.contributor.advisor1: Dângelo, Newton
metadata.dc.contributor.referee1: Ribeiro Júnior, Florisvaldo Paulo
metadata.dc.contributor.referee2: Golovaty, Ricardo Vidal
metadata.dc.description.resumo: O que me levou a escolher este tema foi a paixão pelo samba enquanto música e, também, enquanto dança, com a qual desenvolvo um trabalho profissional a cerca de onze anos. Meu objetivo é desenvolver uma discussão sobre a polêmica vida e obra de um dos maiores compositores brasileiros, sua brevíssima passagem pelo Rio de Janeiro, que se tornou tão marcante quanto curta e inesquecível. Como e porquê uma vida tão jovem deixou marcas tão profundas na música popular brasileira, contribuindo em grande parte para o desenvolvimento de novos estilos musicais que partiram dele, como a bossa nova. Deixou seguidores, perpetuou sua memória, foi e ainda é polêmico: quem o conheceu ou às suas obras se não o ama e idolatra, o odeia ou critica-o ferozmente. Por que será que um homem que compôs e cantou versos para o povo e sobre o povo ainda pode ser taxado como “burguês” e ser ainda, por este motivo, criticado em suas músicas e sua postura diante da sociedade? Estes foram alguns dos motivos que me instigaram a pesquisar mais profundamente sobre esse apaixonante “filósofo da vida”, me levaram a buscar fontes e materiais diversos, indo ao Rio de Janeiro, por onde caminhei e pesquisei através de fontes históricas: recortes diversos de jornais e fotos datados da primeira metade do século XX e meados da década de 60. Utilizei também fontes orais, e foi através delas que pude constatar o quão forte e marcante foi e ainda é a presença de Noel Rosa enquanto uma grande e adorada figura exemplar de um cidadão tipicamente carioca. Noel de Medeiros Rosa nasceu aos 11 de dezembro do ano de 1910, na cidade do Rio de Janeiro, em um chalé no bairro de Vila Isabel. Devido ao parto difícil ao qual se submeteu sua mãe, nasceu com um defeito no rosto: seu maxilar direito foi afundado pelo uso de materiais cirúrgicos, o que foi se agravando e contribuindo para sua enfermidade: a tuberculose, já que dificultava em muito sua alimentação. Teve uma breve, porém intensa passagem pela vida, onde deixou suas marcas e contribuições na música popular brasileira. Compôs em seu breve período de compositor cerca de 240 músicas. Conquistou fãs, admiradores, amigos e amores por onde passou. Viveu humildemente, passando por dificuldades econômicas das quais grande parte da população brasileira vivenciava. Dessa forma, exprimia sua insatisfação e seus protestos através de suas letras, geralmente irônicas e divertidas. Por isso foi conhecido como o ''filósofo do samba", ou também como o "poeta da vila", aquele que cantava a vida do povo, a sua vida. Exprimia os mais profundos sentimentos de amor, de sua doença e das críticas sociais. Faleceu precocemente aos 04 de maio do ano de 1937, antes mesmo de completar seus 27 anos de idade.
Keywords: Noel Rosa
Samba
Cultura popular
História
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Citation: OLIVEIRA, Ana Carlota Rocha Ferreira de. Feitiço da vila: Noel Rosa e o universo do samba. 2008. 53 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2008.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18865
Issue Date: 2008
Appears in Collections:TCC - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FeiticoVilaNoel.pdfTCC5.26 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.