Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18787
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Análise eletromiográfica da marcha de idosos saudáveis e com Doença de Parkinson durante a simulação de travessia de rua
metadata.dc.creator: Sousa, Lucas Resende
metadata.dc.contributor.advisor1: Hallal, Camilla Zamfolini
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Marques, Nise Ribeiro
metadata.dc.contributor.referee1: Dionísio, Valdeci Carlos
metadata.dc.contributor.referee2: Crozara, Luciano Fernandes
metadata.dc.contributor.referee3: Felício, Lilian Ramiro
metadata.dc.description.resumo: Atravessar a rua é uma ação cotidiana complexa que requer planejamento e demanda cognitiva. As alterações da marcha de idosos saudáveis e com Doença de Parkinson (DP) podem fazer com que a travessia de rua seja uma situação de risco e causar acidentes. O objetivo deste estudo foi analisar o tempo de travessia e o nível de ativação dos músculos vasto lateral (VL), bíceps femoral (BF), tibial anterior (TA) e gastrocnêmio lateral (GL) de 21 idosos saudáveis (GIS) e 19 com DP (GIDP) durante 3 condições de marcha: marcha em velocidade confortável (I), marcha com simulação de travessia de rua (II) e marcha com simulação de travessia de rua em tempo reduzido (III). No GIS, a ativação muscular do VL e BF foi maior na condição II do que na condição I, maior na condição III do que na condição I e maior na condição III do que na condição II; do TA e GA não foi diferente entre as condições II e I, foi maior na condição III do que na condição I e maior na condição III do que na condição II. Já no GIDP, o nível de ativação muscular de todos os músculos foi maior na condição II do que na condição I, maior na condição III do que na condição I e maior na condição III do que na condição II. De acordo com a dificuldade da tarefa, ambos os grupos reduziram o tempo médio para realizar a marcha. Pode-se concluir que houve efeito da condição de marcha sobre o tempo de travessia e atividade muscular nos grupos, e que o GIDP sofre maior influência do aumento de velocidade de marcha nos músculos TA e GL, em relação ao GIS.
Abstract: Cross the street is a daily action that requires planning and cognitive demand. Changes in the gait of healthy elderly subjects and with Parkinson's disease (PD) can make the street crossing a risk situation and cause accidents. The objective of this study was to analyze the crossing time and the level of activation of the vastus lateralis (VL), bíceps femoralis (BF), anterior tibialis (TA) and lateral gastrocnemius (GL) of 21 healthy elderly subjects (GIS) and 19 with PD (GIDP) during 3 street crossing situations: gait with comfortable speed (I), gait during simulated street crossing (II), and gait during simulated street crossing with reduced time (III). In GIS, the muscular activation of VL and BF was higher in condition II than in condition I, higher in condition III than in condition I and higher in condition III than in condition II; Of TA and GA was not different between conditions II and I, was higher in condition III than in condition I and higher in condition III than in condition II. In GIDP, the muscular activation level of all muscles was higher in condition II than in condition I, higher in condition III than in condition I and higher in condition III than in condition II. According to the difficulty of the task, both groups reduced the crossing time. There was an effect of gait condition on crossing time and muscle activity in the groups, and GIDP is more influenced by increase of gait velocity in TA and GL muscles compared to GIS.
Keywords: Ciências médicas
Parkinson, Doença de
Marcha
Eletromiografia
Travessia de rua
Dupla tarefa
Parkinson’s disease
Gait
Electromyography
Street crossing
Dual-task
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde
Citation: SOUSA, Lucas Resende. Análise eletromiográfica da marcha de idosos saudáveis e com Doença de Parkinson durante a simulação de travessia de rua. 2017. 55 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18787
Issue Date: 23-Feb-2017
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AnaliseEletromiograficaMarcha.pdfDissertação2.38 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.