Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18761
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Os digitadores de Uberlândia
metadata.dc.creator: Duarte, Claudia Renata
metadata.dc.contributor.advisor1: Araújo, Hermetes Reis de
metadata.dc.contributor.referee1: Lopreato, Christina da Silva Roquette
metadata.dc.contributor.referee2: Paranhos, Kátia Rodrigues
metadata.dc.description.resumo: O objetivo da monografia é fazer uma análise da flexibilização das relações de trabalho e do consequente declínio dos direitos do trabalhador na sociedade brasileira contemporânea. A flexibilização consiste em designar processos e formas de organização do trabalho agilizadas pelo uso de instrumentos jurídicos, os quais permitem ajustar a produção, o emprego e as condições de trabalho à permanência das flutuações econômicas, às inovações tecnológicas e outros elementos que requerem rápida adequação às demandas do mercado de maneira geral. A questão da "terceirização" é privilegiada neste estudo porque constitui uma das principais modalidades da flexibilização das relações de trabalho em nossos dias. Atinge um número cada vez maior de trabalhadores sendo um instrumento utilizado por uma quantidade crescente de empresas, bancos, indústrias, instituições públicas, órgãos prestadores de serviços, etc. Para analisar o impacto da terceirização no Brasil utilizou-se como estudo de caso a categoria dos digitadores da cidade de Uberlândia. Na medida em que lidam diretamente com uma tecnologia de ponta - a informática - os digitadores constituem uma categoria profissional que até recentemente encarnava algumas das possibilidades de ascensão social embutidas no imaginário de modernidade tecnológica e na ideologia da "nova administração" representada pela flexibilização das relações de trabalho. Tendo em conta essa nova conjuntura e esse recuo histórico passados 20 anos dessas "euforias" informática e administrativa, essa monografia visa trazer à luz alguns aspectos desse "ídolo de pés de barro" pois duas décadas de vaga neoliberal foram suficientes para mostrar que não é nenhuma "nova tecnologia", por exemplo, a informática, e nenhuma nova racionalidade administrativa, como é o caso da terceirização/flexibilização, que irão permitir melhorias efetivas nas condições de vida e nas conquistas sociais dos trabalhadores. O primeiro capítulo do texto analisa como os digitadores uberlandenses vêm enfrentando uma economia altamente competitiva e volátil, tendo em vista que muitas empresas estão reduzindo seu núcleo de trabalhadores rapidamente em resposta às variações do mercado. Mostra como as empresas utilizam as pessoas somente quando precisam delas, reduzindo os encargos trabalhistas com a contratação de fornecedores externos de bens e serviços, tradicionalmente administrados alternadamente. O segundo capítulo foi estruturado a partir da análise da relação homem/máquina, no intuito de melhor compreender os efeitos da implantação da informática, que acelerou tanto o volume, o fluxo e o ritmo da produção. Apresenta qual a situação dos trabalhadores que lidam diretamente com computadores em situações precárias, tendo como um dos efeitos mais visíveis a grande incidência das DORT – doenças osteomusculares relacionadas ao trabalho. Essas doenças são consequência direta do recuo geral dos direitos trabalhistas que assistimos na atualidade. Apesar da existência de uma gama de leis e normas, quando precisa delas o empregado tem poucas chances de ver seus direitos reconhecidos. Na pesquisa foram utilizados como fontes jornais, folhetos e manuais de sindicatos, contratos de prestação de serviços terceirizados, ofícios (da Caixa Econômica Federal), revistas, artigos e obras publicadas acerca do tema. Também foram realizadas algumas entrevistas com funcionários das empresas contratantes de serviços de processamento de dados, supervisores e digitadores.
Notes: Palavras-chave e resumo criados pelo pesquisador do Projeto PROGRAD/DIREN/UFU 2016-2017 Historiografia e pesquisa discente: as monografias dos graduandos em História da UFU.
Keywords: Digitadores
Flexibilização
Uberlândia
Década de 1990
Terceirização
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Citation: DUARTE, Claudia Renata. Os digitadores de Uberlândia. 2000. 59 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2000.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18761
Issue Date: 2000
Appears in Collections:TCC - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DigitadoresUberlandiaDuarte.pdfTCC3.54 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.