Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18754
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: O valor do trabalho no sistema capitalismo atual
metadata.dc.creator: Franco, Weila de Cássia Assis
metadata.dc.contributor.advisor1: Gonçalves Neto, Wenceslau
metadata.dc.contributor.referee1: Cardoso, Heloisa Helena Pacheco
metadata.dc.contributor.referee2: Araújo, Hermetes Reis de
metadata.dc.description.resumo: A monografia pretende discutir o valor do trabalho no sistema capitalista atual. É uma revisão e uma reavaliação de alguns paradigmas considerados instáveis em nossa sociedade. Como avaliar o valor do trabalho numa sociedade em que não se encontra trabalho? Como entender a construção da dignidade do trabalho tão presente nos processos históricos anteriores? O que aconteceu para que o trabalhador fosse excluído do direito de sobrevivência? Que "fenômeno" é esse que faz as pessoas tornarem-se tão descrentes de qualquer possibilidade de conseguir um emprego ou se manterem tranquilas com a sua condição de trabalho? O primeiro capítulo procura compreender alguns conceitos referentes às várias etapas do sistema capitalista de produção. Através desse pequeno estudo sobre a cooperação, manufatura, indústria moderna, taylorismo e fordismo, propuseram-se as seguintes indagações: quais foram as estratégias que a classe burguesa utilizou para que o trabalhador buscasse não somente para garantir sua sobrevivência? O que a burguesia que fez para que o trabalhador acreditasse que através do seu emprego ele se tornaria um homem digno, e respeitável? O segundo capítulo procura analisar os seguintes processos de trabalho: taylorismo e fordismo. Destaca-se o papel da ciência enquanto ideologia e instrumento que fez com que o trabalhador realmente acreditasse no trabalho enquanto dignidade. O terceiro e último capítulo aprecia a ruptura existente dentro da continuidade no sistema capitalista. Procura compreender como o trabalhador vê o trabalho atualmente. A dúvida é pertinente, pois o momento histórico estudado se insere num período de instabilidade, de quebra de paradigmas e ao mesmo tempo de fortes ilusões advindas do enorme sucesso da Internet, enquanto mola mestra da globalização. Esse é o momento do trabalhador versátil e flexível, da extinção do controle financeiro, da falência da classe média, do imprevisível. O que fazer com os conceitos de trabalho e de desemprego quando estes se tornaram ilusórios? A história está borbulhando e as angústias desse momento fluido e instável nos acompanham.
Notes: Palavras-chave e resumo criados pelo pesquisador do Projeto PROGRAD/DIREN/UFU 2016-2017 Historiografia e pesquisa discente: as monografias dos graduandos em História da UFU.
Keywords: Trabalho
Sistema
Brasil
Século XX
Capitalismo
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Citation: FRANCO, Weila de Cássia Assis. O valor do trabalho no sistema capitalismo atual. 2000. 33 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2000.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18754
Issue Date: 2000
Appears in Collections:TCC - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ValorTrabalhoSistema.pdfTCC5.06 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.