Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18543
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Corpos sobre o relógio: Baudelaire e Benjamin, crítica à noção de progresso
metadata.dc.creator: Menezes, Marcos
metadata.dc.contributor.advisor1: Ramos, Alcides Freire
metadata.dc.description.resumo: O trabalho tem como objeto de estudo a incipiente vida urbana capitalista no século XIX, olhando-a a partir de obras de Charles Baudelaire e Walter Benjamin. Vivendo em Paris nas décadas de 20 a 60, durante o período em que a cidade não só recebia os milhares de braços para a nascente indústria, mas também no momento em que, pelas ações do imperador Napoleão IlI, sofria uma série de reformas que provocavam o deslocamento de pessoas e de bairros inteiros, Baudelaire consegue, através de sua poesia, captar as energias em circulação por este cenário urbano. Seu olhar passeia pelas ruas, becos, avenidas e boulevares, rompendo com o isolamento das pessoas. A poesia de Baudelaire soube apreender todas estas contradições do século dos burgueses. Olhando Paris nos anos oitocentistas, o poeta vê todas as mudanças sociais que o capital vai empreendendo. O filósofo Walter Benjamin vê nesta poesia a marca dos encontros-choques pelas ruas das grandes cidades; o nunca e o talvez. Na leitura das poesias de Baudelaire a pesquisa pretende resgatar o homem que foi moldado junto com a grande indústria e as metrópoles. Nas reflexões benjaminianas, pretende incursionar pelos textos de Baudelaire para polemizar em torno da definição de modernidade.
Notes: Palavras-chave e resumo criados pelo pesquisador do Projeto PROGRAD/DIREN/UFU 2016-2017 Historiografia e pesquisa discente: as monografias dos graduandos em História da UFU.
Keywords: Charles Baudelaire
Walter Benjamin
Europa
Século XIX
Progresso
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Citation: MENEZES, Marcos. Corpos sobre o relógio: Baudelaire e Benjamin, crítica à noção de progresso. 1996. 136 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 1996.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18543
Issue Date: 1996
Appears in Collections:TCC - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CorposRelogioBaudelaire.pdfTCC10.25 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.