Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18402
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Proposta de método para análise da fragilidade ambiental na bacia hidrográfica do rio Jordão-MG com uso de redes neurais artificiais
metadata.dc.creator: Ramos, Renata Ribeiro da Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: Silva, Claudionor Ribeiro da
metadata.dc.description.resumo: Esta pesquisa surge com o intuito de se propor um método mais eficaz, rápido e econômico, para os estudos ambientais. Estudos como os de fragilidade ambiental merecem cuidados e um conhecimento amplo, de diversas áreas do conhecimento, já que deve levar em conta uma série de variáveis naturais e antrópicas. A paisagem de grandes áreas, como uma bacia hidrográfica, consiste em um sistema ambiental complexo e, portanto, merecedor de metodologias que conseguem analisá-la por completo, a fim de identificar sua situação atual e propor soluções em casos críticos, que ameacem a qualidade ambiental (ser humano + natureza). Uma das justificativas desse estudo é a carência de informações sobre a BHRJ, que possui vários e significativos empreendimentos, como as usinas hidrelétricas, feições cênico- paisagísticas, uso e ocupação do solo diversificado e áreas de preservação. O presente estudo teve então como objetivo identificar e classificar a fragilidade ambiental na bacia hidrográfica do rio Jordão/MG (BHRJ) a partir da aplicação de Redes Neurais Artificiais (RNA). Foram feitas análises do resultado da RNA com cada variável considerada na determinação da fragilidade ambiental na BHRJ, envolvendo precipitação e temperatura superficial, como variáveis climatológicas; hipsometria, declividade, curvatura e sombreamento, como variáveis geomorfológicas; litotipos/unidades geológicas e distância de fraturas, como variáveis geológicas; tipos de solos, como variável pedológica; distâncias de áreas urbanas, como variável urbana e uso e ocupação do solo como variável antrópica. A partir desses resultados validou-se o método proposto como viável para análise de sistemas complexos, já que conseguiu gerar um resultado levando-se em consideração todas as variáveis escolhidas para uso aqui, em menor tempo e com menor custo. No geral, o resultado obtido com uso da RNA indicou áreas frágeis para a BHRJ as quais correspondem a áreas frágeis também na realidade, considerando a predominância ou de uma geologia instável, ou da ausência de cobertura e proteção do solo, entre outras características e feições que realmente podem tornar o local mais ou menos fragilizado, especialmente em termos de deslizamentos e/ou erosão.
Abstract: This research appears with the intention of intending a method more effective, fast and economical, for the environmental studies. Studies as the one of environmental fragility deserve cares and a wide knowledge, of several areas of the knowledge, since it should take into account a series of natural and anthropics variables. The landscape of great areas, as a hydrographic basin, consists of a complex environmental system and, therefore, worthy of methodologies that get to analyze her entirely, in order to identify your current situation and to propose solutions in critical cases, that threaten the environmental quality (human + nature). One of the justifications of that study is the lack of information about BHRJ, that possesses several and significant enterprises, as the hydroelectric plants, features scenic-landscape, diversity of use and occupation of soil and preservation areas. The present study had as objective identifies and to classify the environmental fragility in the basin of the river Jordao/MG (BHRJ) starting from the application of Artificial Neural Networks. They were made analyses of the result of RNA starting from each variable considered in the determination of the landscape sensitivity of the BHRJ, involving precipitation and superficial temperature, as climatological variables; hypsometry, slope, curvature and hillshade, as geomorphological variables; geological lithotipes and units, and distance of fractures, as geological variables; types of soils, as pedological variable; distances of urban areas, as urban variable and use and occupation of the soil as anthropic variable. To leave of those results the method it was validated proposed as viable for analysis of complex systems, since it got to generate a result here being taken in consideration all the chosen variables for use, in smaller time and with smaller cost. In the general, the result obtained with use of RNA it indicated fragile areas for BHRJ which also correspond to fragile areas in reality, considering the predominance or of an unstable geology, or of the absence of covering and protection of the soil, among other characteristics and features that can actually make the environment more or less fragile, especially in terms of sliding and/or erosion.
Keywords: Qualidade ambiental
Degradação ambiental
Bacias hidrográficas
Redes neurais (Neurobiologia)
Fragilidade ambiental
Redes neurais artificiais
Geoinformação
Bacia Hidrográfica do Rio Jordão-MG
Environmental fragility
Artificial neural networks
Geoinformation
Basin of Jordan River-MG
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Qualidade Ambiental
Citation: RAMOS, Renata Ribeiro da Silva. Proposta de método para análise da fragilidade ambiental na bacia hidrográfica do rio Jordão-MG com uso de redes neurais artificiais. 2016. 120 f. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente e Qualidade Ambiental) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18402
Issue Date: 21-Mar-2016
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Qualidade Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PropostaMetodoAnalise.pdfDissertação13.65 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.