Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18266
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Preocupação com a privacidade, confiança e disposição dos consumidores a fornecer informações on-line no contexto do Big data
metadata.dc.creator: Martins, Renata Monteiro
metadata.dc.contributor.advisor1: Moriguchi, Stella Naomi
metadata.dc.contributor.referee1: Fagundes, André Francisco Alcântara
metadata.dc.contributor.referee2: Andrade, Darly Fernando
metadata.dc.contributor.referee3: Müylder, Cristiana Fernandes de
metadata.dc.description.resumo: Com o aumento do número de pessoas conectadas à Internet e a emergência do fenômeno de convergência tecnológica, as organizações viram a oportunidade de obter vantagens competitivas atuando on-line. Isso porque a Internet se constitui como um canal para que essas empresas alcancem um número cada vez maior de consumidores, principalmente através da promoção de ofertas de serviços personalizados. Além disso, o surgimento de novas ferramentas tecnológicas, que propiciam técnicas cada vez mais avançadas de mineração de dados, tem favorecido a interpretação de um extenso volume de dados complexos que compõe o que, atualmente, é conhecido como Big Data. Por meio desse processo, as empresas passam a ter acesso a todos os tipos de dados gerados pelas atividades que os consumidores desempenham on-line, seja por meio de transações, pesquisas em websites de busca ou pelo uso de mídias sociais. No entanto, ao mesmo tempo que as informações geradas por esses dados favorecem a individualização do consumidor, levanta-se a problemática acerca de sua privacidade e segurança. Nesse sentido, este estudo buscou responder a seguinte questão: “quais fatores afetam o comportamento do consumidor com relação a sua privacidade informacional no contexto do Big Data?”. Assim, o objetivo consistiu em identificar os fatores que afetam a preocupação dos consumidores com a privacidade informacional e suas consequências na confiança e na disposição a fornecer suas informações pessoais na Internet. A partir de um levantamento da literatura, foi proposto um modelo para mensurar a relação entre preocupação com a privacidade, confiança e disposição a fornecer informações on-line, considerando a expertise em utilizar a Internet, o risco percebido e o controle informacional como fatores antecedentes. Além disso, buscou-se identificar efeitos moderadores da personalidade, dos valores culturais, do padrão de uso da Internet e do conhecimento sobre o Big Data. Através de uma survey on-line, contemplando, ao final, uma amostra de 864 respondentes brasileiros de todas as regiões do país. Por meio das técnicas de Análise Fatorial Exploratória e Modelagem de Equações Estruturais, quatro das seis hipóteses elaboradas neste estudo foram confirmadas: o risco percebido e o controle informacional determinam a preocupação com a privacidade, que afeta a confiança e a disposição a fornecer informações on-line, sendo apenas a expertise em utilizar a Internet excluída do modelo. Apesar de não serem identificados efeitos moderadores, a personalidade, os valores culturais e o comportamento de uso da Internet apresentaram relações significativas com a preocupação com a privacidade e a disposição a fornecer informações. Também foi possível observar que as mulheres e aqueles que possuem menor renda apresentam maiores níveis de percepção de risco e um maior desejo pelo controle de suas informações. De um modo geral, este estudo contribui para o conhecimento sobre o comportamento do consumidor ao explorar fatores que afetam a disposição dos consumidores de fornecer seus dados pessoais quando percebem ameaças à sua privacidade informacional, uma vez que estudos brasileiros que analisam esses aspectos são escassos. Além disso, apresenta contribuições gerenciais, destacando a importância de se observar o modo como a preocupação com a privacidade afeta a atitude dos consumidores com relação às empresas, ao invés de dar enfoque apenas à intenção de compra. Isso permite que os gestores promovam melhorias nas políticas de privacidade e transparência e, consequentemente, a construção de uma relação de confiança entre os consumidores e as empresas.
Abstract: With the increasing number of people connected to Internet and the emergence of technological convergence, enterprises have the opportunity to obtain competitive advantages working online. This happens because the Internet is a channel where these companies reach an increasing number of consumers, mainly through the promotion of personalized offers and services. In addition, the emergence of new technological tools, which provide techniques even more advanced of data mining, has favored the interpretation of an extensive volume of complex data that makes up what currently is known as Big Data. By means of this technological phenomenon, companies have access not only to conventional data, but also to social data, generated by the flow of activities that consumers perform online, whether through transactions, searches on websites or through using social media. However, at the same time that the information generated by these data favors consumer individualization, rises a problematic about its privacy and security. In this way, this study sought to answer the following question: "which factors affect consumer behavior regarding the informational privacy in the Big Data context?”. Thus, the aim was to identify the factors that affect consumer's informational privacy concern and its consequences on trust and on willingness to provide their personal information on the Internet. Through a literature review, it was proposed a research model to measure the relationship between the constructs of privacy concern, trust and willingness to provide information online, considering the expertise in using the Internet, the perceived risk and the informational control as antecedent factors. In addition, it sought to identify moderating effects of personality, cultural values, Internet usage and knowledge about Big Data. The data were collected through an online survey, with a sample of 864 Brazilian respondents from all regions of the country. By means of Exploratory Factor Analysis and Structural Equation Modeling techniques, four of the six hypotheses elaborated in this study were confirmed, showing that the perceived risk and informational control determine privacy concern, which affects trust and willingness to provide information online, being only expertise in using the Internet excluded from the model. Although no moderating effects were identified, personality, cultural values and Internet usage behavior were significantly related to privacy concerns and the willingness to provide information. It was also possible to observe that women and people with lower income show higher levels of risk perception and have a greater desire for informational control. In general, this study contributes to consumer behavior literature by exploring factors that affect consumers' willingness to provide their personal data when they perceive threats to their informational privacy, since Brazilian studies that analyze these aspects are scarce. Besides, it presents managerial contributions, highlighting the importance of observing how privacy concerns affect consumers' attitudes toward business, rather than focus just on purchase intention. This allows mangers to promote improvements in privacy policies and transparency, and, consequently, in trust relationship between consumers and businesses.
Keywords: Administração
Comportamento do consumidor
Big data
Comportamento informacional
Recursos eletrônicos de informação
Serviços de informação empresarial
Serviços de informação online
Preocupação com a privacidade
Confiança
Disposição a fornecer informações pessoais on-line
Expertise em utilizar a Internet
Risco percebido
Controle informacional
Privacy concern
Trust
Willingness to provide information online
Expertise in using the Internet
Perceived Risk
Informational control
Consumer Behavior
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Administração
Citation: MARTINS, Renata Monteiro. Preocupação com a privacidade, confiança e disposição dos consumidores a fornecer informações on-line no contexto do Big data. 2016. 112 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18266
Issue Date: 20-Dec-2016
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PreocupacaoPrivacidadeConfianca.pdfDissertação5.8 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.