Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18169
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Avaliação da relação cabeça da mandíbula/fossa mandibular, qualidade de vida e índices nutricionais, em indivíduos edêntulos, antes e depois da instalação de próteses totais
metadata.dc.creator: Prado, Isadora Moraes Mundim
metadata.dc.contributor.advisor1: Fernandes Neto, Alfredo Júlio
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Almeida, Guilherme de Araújo
metadata.dc.contributor.referee1: Penatti, Mario Paulo Amante
metadata.dc.contributor.referee2: Pordeus, Isabela Almeida
metadata.dc.description.resumo: O edentulismo é considerado um dos piores agravos à saúde bucal, e pode gerar impactos na função mastigatória, fonética, prejuízos de ordem nutricional, comprometimento estético, com efeitos diretos sobre a sua condição psicológica e, consequentemente, sobre a qualidade de vida. Devido à perda de todos os elementos dentários, uma das alterações é a perda da Dimensão Vertical de Oclusão, o que normalmente acompanha alguma alteração na relação cabeça da mandíbula/fossa mandibular. Sob este contexto, o objetivo desse estudo foi investigar se a reabilitação protética promoveu mudança na qualidade de vida, estado nutricional e na posição condilar em indivíduos edêntulos, quantificando as possíveis variações na relação Cabeça da mandíbula e Fossa mandibular. A pesquisa consistiu em doze indivíduos adultos voluntários edêntulos desprovidos de quaisquer próteses totais. Foram aplicados os questionários Oral Health Impact Profile - short form (OHIP-14) para avaliar o impacto da condição oral na qualidade de vida, a Mini Avaliação Nutricional (MAN) associado a exames laboratoriais para investigar o estado nutricional e tomografias computadorizadas de feixe cônico, em posição de relaxamento, para quantificar a distância entre a cabeça da mandíbula e a fossa mandibular, nas fases antes e após uso de próteses totais. Os dados coletados foram analisados estatisticamente por meio do Teste t-Student, ao nível de 5% de significância. Verificou-se que houve diferença estatisticamente significante (p<0,05) na qualidade de vida relacionada a saúde bucal e em itens do exame sanguíneo como: Glicemia, contagem da Capacidade total de ligação do ferro, cálculo do Índice Saturação Transferrina, contagem das Hemácias, concentração da Hemoglobina e Hematócrito. Porém, não foi encontrado diferenças estatísticas na MAN e na distância entre a cabeça da mandíbula e fossa mandibular antes e após a reabilitação protética (p>0,05). Pode-se concluir que o uso de próteses totais provocou melhora na qualidade de vida e em alguns índices nutricionais de pacientes edêntulos; porém, não houve discrepâncias significativas da relação cabeça da mandíbula e fossa mandibular, após reabilitação.
Abstract: Edentulism is considered one of the worst harm to oral health and may impact on the masticatory function, phonetics, nutritional order losses, esthetic, with direct effects on their psychological condition and hence on the quality of life. Due to the loss of all dental elements, one of the changes is the loss of the Occlusal Vertical Dimension, which usually accompanies some change in the relationship the mandibular head and mandibular fossa. In this context, the objective of this study was to investigate whether prosthetic rehabilitation promoted changes in the quality of life, nutritional status and condylar position in edentulous individuals, quantifying the possible variations in the relation between mandibular head and mandibular fossa. The study consisted of twelve volunteer adult edentulous individuals without any full dentures. The research consisted of twelve edentulous volunteer adults devoid of any dentures. The Oral Health Impact Profile (OHIP-14) questionnaire was used to evaluate the impact of the oral condition on quality of life, the Mini Nutritional Assessment (MNA) associated with Laboratory tests to investigate the nutritional status and computed tomography, in the resting position, to quantify the distance between the mandible head and the mandibular fossa, in the phases before and after the use of total dentures. The data collected were statistically analyzed using the Student's t-test at the 5% level of significance. It was verified that there was a statistically significant difference (p <0.05) in the quality of life related to oral health and in items of the blood test such as: Glycemia, total iron binding capacity, transferrin saturation index, hemocytes count, hemoglobin and hematocrit. However, no statistical differences were found in MNA and in the distance between the head mandible and mandibular fossa before and after prosthetic rehabilitation (p> 0.05). It can be concluded that the use of total prostheses caused an improvement in the quality of life and in some nutritional indexes of edentulous patients; However, there were no significant discrepancies in the relationship between the mandible head and the mandibular fossa, after rehabilitation.
Keywords: Odontologia
Boca edentada
Tomografia
Saúde bucal
Mini avaliação nutricional
Oral health impact profile
Tomografia computadorizada de feixe cônico
Mouth
Edentulous
Mini nutritional assessment
Cone beam computed tomography
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Odontologia
Citation: PRADO, Isadora Moraes Mundim. Avaliação da relação cabeça da mandíbula/fossa mandibular, qualidade de vida e índices nutricionais, em indivíduos edêntulos, antes e depois da instalação de próteses totais. 2017. 92 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18169
Issue Date: 10-Feb-2017
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AvaliacaoRelacaoCabeca.pdfDissertação8.23 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.