Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18158
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: A aprendizagem do ofício de estudante universitário: tempos de constituição do ingressante no ensino superior
metadata.dc.creator: Silva, Larice Santos
metadata.dc.contributor.advisor1: Silva, Silvia Maria Cintra da
metadata.dc.contributor.referee1: Peretta, Anabela Almeida Costa e Santos
metadata.dc.contributor.referee2: Caldas, Roseli Fernandes Lins
metadata.dc.contributor.referee3: Facci, Marilda Gonçalves Dias
metadata.dc.description.resumo: A entrada do estudante no Ensino Superior é um momento muito importante na vida do sujeito, com impacto nas dimensões profissional e pessoal. Neste sentido, acreditamos que a presença e o trabalho do psicólogo escolar no Ensino Superior mostram-se imprescindíveis neste nível de ensino que, além de envolver processos de escolarização e humanização, é responsável pela formação profissional de um cidadão, que precisa ser cuidado em seus aspectos cognitivos, afetivos, sociais, éticos e estéticos. Assim, tem-se como objetivo geral deste estudo compreender como o ingresso no Ensino Superior configura a constituição do sujeito como estudante, sob a perspectiva teórica da Psicologia Escolar Crítica e como objetivo específico, propor possibilidades de atuação do psicólogo escolar no Ensino Superior. O livro de Alain Coulon, “A condição de Estudante: A entrada na vida universitária”, também é referência teórica basilar nesta dissertação. De caráter qualitativo, a investigação tomou como base a História Oral, recurso metodológico diferenciado para o alcance de nossos objetivos; também foi confeccionado um diário de campo. Participaram da pesquisa três ingressantes do curso de Psicologia da Universidade Federal de Uberlândia (UFU – MG). As entrevistas tiveram como mote o ingresso na Universidade e ocorreram em três ocasiões distintas, a saber: o início do primeiro período, o final do primeiro período e o início do segundo período no curso de Psicologia. As entrevistas foram transcriadas e a partir da leitura cuidadosa das transcriações e dos referenciais teóricos acima citados elegemos quatro principais eixos de análise: a) Tempo da hesitação; b) Tempo do estranhamento; c) Tempo da aprendizagem e d) Tempo da afiliação. As dúvidas e anseios das participantes quanto à escolha profissional compõem o Tempo da hesitação; destacamos aqui a importância da Orientação Profissional como processo que pode auxiliar o futuro universitário nessa escolha. O Tempo do estranhamento mostrou o primeiro momento de entrada das ingressantes na universidade, permeado pela felicidade de ter ingressado e pelo estranhamento provocado pela necessidade de compreender regras e normas institucionais desse novo mundo. As atividades de recepção aos calouros comparecem como extremamente importantes e necessárias à acolhida, de acordo com as entrevistadas. No Tempo da aprendizagem analisamos os modos como as estudantes foram lidando com as normas e regras que regem a vida universitária e aprendendo o ofício de estudante, trabalho intelectual que as levará a tornaram-se componentes efetivas da comunidade acadêmica. O Tempo da afiliação se caracteriza por novas aprendizagens, das relações com colegas, docentes, coordenador de curso e pela apropriação de questões relativas à Universidade, à cidade, às normas acadêmicas, aos trâmites burocráticos, às distintas formas de avaliação apresentadas pelos docentes e aos conceitos científicos da Psicologia. Por fim, apresentamos reflexões sobre a atuação do psicólogo escolar no Ensino Superior, retomamos ações já relatadas por alguns autores e propusemos outras que possam ser realizadas por esse profissional considerando as peculiaridades deste nível de ensino. O ingresso no Ensino Superior é permeado por diversos sentimentos, expectativas, dificuldades, aprendizagens e afiliações e, por isso, destacamos a importância de o psicólogo escolar estar inserido neste nível de ensino e oferecer aos integrantes da comunidade acadêmica a oportunidade de reconhecer a parceria com a Psicologia Escolar e Educacional como fundamental para que novos rumos na Educação Superior sejam possíveis.
Abstract: Higher Education is a very singular moment in the life’s student regarding some aspects such as professional and personal dimension. This said, we believe that the presence and work of the school psychologist in Higher Education show us how essential it is at this level of education which, beside involving schooling and humanization processes, it is responsible for the citizen professional formation that is needed to be taken cared in their cognitive, emotional, social, ethical and aesthetic aspects. This work aims to understand how the entry into Higher Education sets up the subject’s constitution as a student, based on Critical School Psychology theoretical perspective. Also, this research aims to propose possibilities of performance of the school psychologist in Higher Education. The Alain Coulon’s book, “The Student Condition: Entry into University life”, is also a fundamental theoretical reference in this dissertation. This qualitative research is based on oral history, a kind of methodological resource to achieve our goals; it was also made a field diary. It was selected three freshmen psychology students of Federal University of Uberlândia (UFU, in portuguese). The interviews were done aiming the entry in the university and it took place in three different occasions, namely: the beginning of first period, the end of first period and the beginning of second period in Psychology course. The interviews were transcribed (“transcriadas” in Portuguese, a different way of transcription) and from the careful reading of the transcripts (“transcriações” in Portuguese, a different way of transcription) and from the theoretical references mentioned above, we elected four main axes analysis: a) Hesitation time; b) Unfamiliarity time; c) Learning time e d) Affiliation time. The doubts and concerns from participants regarding their professional choices make up the Hesitation time; we highlight here the importance of Career Guidance as a process that may help the future academic student on this choice. The Unfamiliarity time showed us the first moment of entrance of the freshmen academic students in the university, permeated by happiness of having entered and for the unfamiliarity time caused by the necessity to understand the rules and institutional norms from this brand new world. The freshmen reception activities are present with extremely importance and required to the welcome, according to interviews. The Learning time is analyzed the ways which students were dealing with rules and principles that leads the academic life and learning the student’s duty, intellectual work the will lead them to become effective components from academic community. The Affiliation time is characterized by new learnings, from relationships with colleagues, teaching body, course coordinator and by appropriations regarding issues of the University, the city, the academic rules, the bureaucracy, the different ways of teacher’s evaluation and to the scientific concepts from Psychology. Finally, we present reflections about the role of the school psychologist in the Higher Education, we take again some actions already related by some authors and we proposed others that may be made by this professional considering the peculiarity of this level of teaching. The entry in the Higher Education is permeated by many feelings, expectations, difficulties, learnings and affiliations, and, therefore, we emphasize the importance of the school psychologist to be inserted at this level of education and provide to the academic community members the opportunity to recognize the partnership with the Educational and School Psychology as fundamental so that be possible new directions in Higher Education.
Keywords: Psicologia
Psicologia - Estudo e ensino (Superior)
Psicologia escolar
Estudantes universitários
Ensino superior
Psicologia escolar e educacional
Ingresso
Psicologia escolar crítica
Higher education
Educational and school psychology
Entrance
Critical school psychology
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Psicologia
Citation: SILVA, Larice Santos. A aprendizagem do ofício de estudante universitário: tempos de constituição do ingressante no ensino superior. 2016. 127 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Aplicada) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18158
Issue Date: 11-Feb-2016
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AprendizagemOficioEstudante.pdfDissertação698.12 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.