Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18073
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Uso de água residuária de suinocultura em sistema agroflorestal
metadata.dc.creator: Pereira Junior, Ademir Martins
metadata.dc.contributor.advisor1: Silva, Adriane de Andrade
metadata.dc.contributor.referee1: Cardoso, Atalita Francis
metadata.dc.contributor.referee2: Mageste, José Geraldo
metadata.dc.contributor.referee3: Lana, Regina Maria Quintão
metadata.dc.description.resumo: Na necessidade de dar uma destinação adequada aos dejetos suínos, ou seja, investir em formas de tratamento, armazenamento, transporte e disposição para que os compostos não contaminem o meio ambiente. Em termos comparativos, o potencial poluidor dos dejetos de suínos é muito superior a de outras espécies de resíduos orgânicos. Ainda em relação a estes dejetos, ocorre uma variação quantitativa e qualitativa no tempo e no espaço, na qual depende de vários aspectos como fase de maturidade dos suínos, método de higienização das instalações, tipo de ração utilizada na alimentação, etc. Torna-se necessário a busca de um modelo mais sustentável para uso dos dejetos nas atividades agropecuárias que reduzam os gastos e aumente a produtividade, como alternativa viável, tanto sobre os parâmetros ecológicos, quanto econômicos, sociais e sustentáveis, para pequenos e grandes produtores. A implantação de sistemas agroflorestais e/ou silvipastoris, é um modelo sustentável, pois promove a melhoria no solo, em médio à longo prazo, promove ciclagem de nutrientes, advinda da maior absorção de nutrientes pelas raízes das árvores, de camadas mais profundas do solo e a posterior deposição na superfície do solo, pela decomposição de folhas, raízes etc. Sistemas silvipastoris possuem, também, a capacidade de utilizar a água das camadas mais profundas do solo, a qual seria normalmente perdida em sistemas tradicionais de usos agrícolas. O volume ideal para utilização de dejetos suínos em culturas depende de diversos fatores como concentração de minerais no dejeto, variações climáticas e do solo e exigência das culturas, porém muitos autores desconsideram algumas variáveis importantes como o fator solo, sendo necessário um estudo que mostre o comportamento dos rejeitos orgânicos em diferentes classes de solos, observando as variações nas caracterizações físicas, químicas e biológicas. Existe também uma grande necessidade de informações em relação a utilização das doses de água residuária de suinocultura (ARS) aplicadas em longo prazo, e o tempo necessário para melhoria da fertilidade do solo sem causar a contaminação do lençol freático e solo.
Abstract: The need for a proper disposal of pig manure, or invest in forms of treatment, storage, transport and disposal so that the compound does not contaminate the environment. In comparative terms, the pollution potential of pig manure is far superior to other types of organic waste, moreover it shows a quantitative and qualitative change in time and space, which depends on several aspects such as pigs mature, method of cleaning the premises, type of feed used for food. Thus, there is no need to seek a more sustainable model for use in agricultural activities to reduce expenses and increase productivity, being a viable alternative for small and large producers. The implementation of silvopastoral systems, a sustainable model, is already showing improvements to the ground, resulting in the medium and long term, the cycling of nutrients, caused by the absorption of these elements by the roots of trees, deeper layers of the soil and subsequent deposition in the topsoil of these nutrients, the decomposition of leaves, roots etc. Silvipastoral systems have also the capacity to use water from deeper soil layers, which would normally be lost in traditional pasture systems. The optimal dose for using pig manure on crops depends on several factors such as concentrate of minerals in the manure, climatic and soil aspects and requirements of the crops, however many authors overlook some important variables such as soil factor, requiring a study that shows the behavior of organic waste in different soil types, observing the chemical and biological physical characterizations. There is also a great need of information related to wastewater doses of swine (ARS) applied in a long period, and the time needed to enhance soil fertility without causing contamination of soil and groundwater.
Keywords: Qualidade Ambiental
Poluentes
Suíno - Esterco
Solos
Ciclagem de nutrientes de suinocultura
Textura do solo
Pollutants
Soil
Swine wastewater
Texture
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Qualidade Ambiental
Citation: PEREIRA JUNIOR, Ademir Martins. Uso de água residuária de suinocultura em sistema agroflorestal. 2016. 73 f. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente e Qualidade Ambiental) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18073
Issue Date: 26-Feb-2016
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Qualidade Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
UsoAguaResiduaria.pdfDissertação1.05 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.