Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17916
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Efeitos da ventilação não invasiva sobre a modulação autonômica cardíaca no pós-operatório de cirurgia de revascularização do miocárdio
Alternate title (s): Effects of ventilation noninvasive on modulation autonomic cardiac of postoperative myocardial revascularization
Author: Naves, Katrinne Alves de Souza
First Advisor: Dionísio, Valdeci Carlos
First coorientator: Lopes, Célia Regina
First member of the Committee: Pantoni, Camila Bianca Falasco
Second member of the Committee: Carvalho, Eliane Maria de
Summary: O paciente no pós- operatório de Cirurgia de Revascularização do Miocárdio (pós-CRM) apresenta comprometimento da função autonômica cardíaca. No entanto, não se tem estudos que avaliam a influência do modo ventilatório durante o procedimento de ventilação não invasiva (VNI) na modulação autonômica cardíaca associada às alterações hemodinâmicas. O presente estudo teve como objetivo avaliar o comportamento autonômico e correlacioná-lo com as alterações hemodinâmicas durante a execução da VNI com dois modelos de ventiladores mecânicos em pacientes no pós-CRM. Trata-se de um estudo quantitativo, prospectivo, transversal, randomizado do tipo crossover. Os pacientes foram avaliados no primeiro dia de pós-operatório de CRM para a realização do procedimento de VNI com dois ventiladores diferentes: ventilador convencional e ventilador específico para o uso da VNI, por 30 minutos cada. A randomização em bloco foi utilizada para determinar a técnica que iniciaram a abordagem para depois, por crossover, realizarem a técnica sequencial. A pressão positiva expiratória foi fixada em 8 cmH2O, a fração inspirada de oxigênio foi ajustada para manter a saturação de oxigênio acima de 90%, a pressão de suporte ou pressão inspiratória final foram ajustadas para manter um volume corrente (VC) de 8ml/Kg, considerando o peso corporal ideal do paciente. A variabilidade da frequência cardíaca (VFC), pressão arterial sistêmica, frequência cardíaca (FC), frequência respiratória e saturação periférica de oxigênio foram avaliadas nos momentos 5, 10 e 15 minutos antes do início dos procedimentos; nos tempos 5, 10, 15, 20, 25, 30 minutos durante aplicação da VNI e 5, 10 e 15 minutos após o fim dos procedimentos. O VC foi registrado apenas durante o uso da VNI. A VFC foi analisada por meio do método linear no domínio do tempo e da frequência. Para investigar a normalidade dos dados foi utilizado o teste de Shapiro-Wilk e para comparar os dados vitais, VC e índices de VFC durante a VNI foi utilizado o teste de Wilcoxon. Para a análise das correlações utilizou-se o Coeficiente de Correlação por Postos de Spearman. Foi considerado o nível de significância de 95% com valor de p<0,05. Durante a realização de VNI com ventilador específico houve aumento significativo do índice HF (p= 0,0469) e pressão arterial diastólica (p= 0,0108). No entanto, durante a aplicação da VNI com o ventilador convencional ocorreu uma maior elevação da pressão arterial sistólica (p= 0,0003) e FC (p= 0,0228). Não houve diferença significante entre os índices de VFC registrados antes e após o procedimento. Também não houve correlação significativa entre as variáveis hemodinâmicas e os índices de VFC. Os resultados demostram que a VNI com ventilador específico apresenta leve tendência ao aumento da ativação vagal dos pacientes no PO CRM. Não houve alterações hemodinâmicas associadas ao comportamento autonômico em ambos os equipamentos.
Abstract: The patient in the postoperative of Coronary Artery Bypass Grafting (post-CABG) has impaired cardiac autonomic function. However, there are no studies assessing the influence of ventilation mode during noninvasive ventilation procedure (NIV) in the autonomic cardiac modulation associated with hemodynamic changes. This study was designed to evaluate the autonomic behavior and correlate it with the hemodynamic changes during the execution of NIV with two models of mechanical ventilators in post-CABG. This is a quantitative, prospective, transversal, randomized and crossover study. Patients were selected on the first day postoperative CABG to perform the procedure NIV with two different ventilators: conventional ventilator and the specific ventilator use of NIV for 30 minutes each. The block randomization was used to determine the technique which started to approach then, by crossover perform sequential technique. The positive expiratory pressure was set at 8 cmH2O, the fraction of inspired oxygen was adjusted to maintain oxygen saturation above 90%, the support pressure or inspiratory final pressure were adjusted to maintain a tidal volume (VT) of 8 mL / kg considering the ideal body weight of the patient. The heart rate variability (HRV), blood pressure, heart rate (HR), respiratory rate and oxygen saturation were evaluated at times 5, 10 and 15 minutes before the start of the procedures; at times 5, 10, 15, 20, 25, 30 minutes during application of NIV and 5, 10 and 15 minutes after the procedure. The VT was recorded only for the use of NIV. HRV was analyzed using the straight-line method in the time and frequency domain. To investigate the normality of the data was used the Shapiro-Wilk test and compare the vital data, VT and HRV indices during NIV was used the Wilcoxon test. For the analysis of correlations used the correlation coefficient by Spearman's Postos. Was considered the 95% level of significance with p <0.05. During the performance of NIV with specific ventilator there was significant increase in the HF index (p = 0.0469) and diastolic blood pressure (p = 0.0108). However, during the application of NIV with conventional ventilator there was an increase in HR (p = 0.0228) and systolic blood pressure (p = 0.0003). There was no significant difference between the HRV indexes recorded before and after the procedure. There was also no significant correlation between hemodynamic variables and indices of HRV. The results demonstrate that NIV with specific ventilator shows a slight tendency to increased vagal activation of patients in the PO CRM. There were no hemodynamic changes associated with autonomous behavior on both machines.
Keywords: Ciências Médicas
Coração - Cirurgia
Batimento cardíaco
Sistema nervoso autônomo
Variabilidade da frequência cardíaca
Cirurgia cardíaca
Ventilação não invasiva
Noninvasive ventilation
Thoracic surgery
Heart rate variability
Autonomic nervous system
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde
Quote: NAVES, Katrinne Alves de Souza. Efeitos da ventilação não invasiva sobre a modulação autonômica cardíaca no pós-operatório de cirurgia de revascularização do miocárdio. 2015. 63 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2015.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17916
Date of defense: 25-Feb-2015
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EfeitosVentilaçãoNãoInvasiva.pdfDissertação1.08 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.