Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17914
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Embargado
Title: A qualidade de vida na habitação social verticalizada a partir da avaliação pós-ocupação: o caso do conjunto habitacional cidade verde
Author: Araújo, Débora Cristina
First Advisor: Villa, Simone Barbosa
First member of the Committee: Cocozza, Glauco de Paula
Second member of the Committee: Ornstein, Sheila Walbe
Summary: A avaliação pós-ocupação (APO) de empreendimentos sociais tem sido amplamente discutida no Brasil, sendo essas pesquisas ligadas à avaliação da qualidade do projeto, dos materiais e do comportamento dos usuários nos espaços, entre outras questões. Entretanto, verifica-se ainda uma carência de pesquisas de APO que considerem a qualidade de vida como método de avaliação de conjuntos habitacionais. Nesse sentido, partindo-se da hipótese de que os empreendimentos habitacionais verticais não proporcionam qualidade de vida aos seus moradores, esta pesquisa objetivou desenvolver uma metodologia de APO da qualidade de vida dos moradores de habitações verticais sociais tomando-se por base três índices de qualidade de vida: o IDH – Índice de Desenvolvimento Humano, o IPS – Índice de Progresso Social e o IBEU - Índice de Bem-estar Urbano. Como piloto, avaliou-se o conjunto habitacional Cidade Verde, localizado em Uberlândia-MG. Metodologicamente, a pesquisa se estrutura em: i) abordagem a respeito do objeto, a habitação social verticalizada; ii) abordagem a respeito do usuário e os principais fatores que podem influenciar em sua qualidade de vida, considerando os indicadores IDH, IPS e IBEU; iii) definição de APO e descrição dos métodos empregados na pesquisa; e iv) descrição do estudo de caso, dos resultados do walkthrough, questionários e grupo focal, fichas de descobertas e recomendações. Os resultados da APO indicaram baixa qualidade de vida no empreendimento avaliado, e insatisfações relacionadas à baixa qualidade arquitetônica e construtiva, quanto aos espaços reduzidos e a compartimentação das unidades, a falta de equipamentos públicos no entorno, falta de privacidade, entre outras questões. Verificou-se, ainda, que o empreendimento se apresenta como um modelo repetidor das antigas propostas habitacionais brasileiras e que não apresenta avanços em relação ao atendimento das demandas contemporâneas dos moradores. Ademais, esta pesquisa aponta recomendações para futuros empreendimentos habitacionais sociais verticalizados para que se possa proporcionar maior qualidade de vida aos seus moradores.
Abstract: The post-occupancy evaluation (POE) of social enterprises has been widely discussed in Brazil, these research related to the evaluation of the quality of the project, materials and behavior in space, among other issues. However, also evaluate whether POE a lack of research to consider quality of life as an evaluation method of housing. In this sense, starting from the hypothesis that the vertical housing developments do not provide quality of life to its residents, this research aimed to develop an POE methodology of quality of life of residents of social vertical housing taking up based on three levels of evaluation of quality of life: the HDI - Human Development Index, the Social Progress Index - SPI and the Welfare Index Urban – WIU. As a pilot, evaluated the housing Cidade Verde, located in Uberlandia, Minas Gerais. Methodologically, the research is divided into: i) approach to the object, the vertical social housing; ii) the user about the approach and the main factors that can influence their quality of life, considering the HDI indicators, SPI and WIU; iii) definition of APO and description of the methods used in the research; and iv) a description of the case study, the results of the walkthrough, questionnaires and focus group, findings and recommendations of cards. The results of the POE indicated poor quality of life in the assessed enterprise and dissatisfactions related to low architectural and construction quality, as the small spaces and compartmentalisation of units, the lack of public facilities in the surroundings, lack of privacy, among other issues. There was also that the project is presented as a repeater model of the old Brazilian housing proposals and do not show progress in relation to meet the contemporary demands of the residents. Furthermore, this research points out recommendations for future social housing developments upright so that it can provide higher quality of life for its residents.
Keywords: Arquitetura
Habitação popular
Conjuntos habitacionais
Qualidade de vida
Arquitetura de habitação
Avaliação pós-ocupação
Habitação social verticalizada
Novos arranjos familiares
Post-occupancy evaluation
Verticalized social housing
Quality of life
New family arrangements.
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo
Quote: ARAUJO, Débora Cristina. A qualidade de vida na habitação social verticalizada a partir da avaliação pós-ocupação: o caso do conjunto habitacional cidade verde. 2016. 160 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17914
Date of defense: 18-Aug-2016
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Arquitetura e Urbanismo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
QualidadeVidaHabitação.pdfDissertação6.2 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.