Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17891
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Atividades antiulcerogênica e antimicrobiana da espécie Spiranthera odoratissima A. ST. HIL. (RUTACEAE)
metadata.dc.creator: Estrela, Fernanda Neves
metadata.dc.contributor.advisor1: Ferreira, Anderson Luiz
metadata.dc.contributor.referee1: Dunder, Ricardo Jose
metadata.dc.contributor.referee2: Socca, Eduardo Augusto Rabelo
metadata.dc.description.resumo: Spiranthera odoratissima A. ST. HIL. (RUTACEAE), conhecida como manacá, é uma planta medicinal localizada na região do Cerrado Brasileiro. É utilizada na medicina tradicional como anti-inflamatório, ansiolítico e para o tratamento de doenças renais, hepáticas, reumatismo, dores de cabeça e de estômago. A Rutaceae apresenta-se amplamente distribuída pelo mundo, com cerca de 150 gêneros e 1700 espécies, no Brasil há cerca de 30 gêneros nativos e aproximadamente 192 espécies, sendo rica em metabólitos secundários e suas respectivas atividades farmacológicas e biológicas. O objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial gastroprotetor do extrato etanòlico das folhas da S. odoratissima (SOL) através de modelos de úlcera gástrica em ratos bem como sua atividade antimicrobiana e toxicidade aguda. A análise da ressonância magnética nuclear mostrou sinais característicos de hidrogênio para clases de terpenos, limonoides, esteroides, cumarinas, alcaloides. Foram realizados modelos experimentais de úlcera gástrica que, com base em suas respectivas especificações, foram incluídos dois grupos controles, sendo um positivo (Carbenoxolona 100 mg.kg-1 ou Cimetidina 100 mg.kg-1) e um negativo (Veículo – Tween 80® 12%, 10 mL.kg-1). Após cada metodologia, foi realizado a eutanásia por overdose de CO2, os estômagos removidos, abertos na região da maior curvatura e fotografados para quantificação da área de lesão ulcerativa por meio do programa AVSoft®. O SOL, na dose de 100 mg.kg-1 (a menor dose mais efetiva), apresentou atividade antiulcerogênica contra lesões gástricas induzidas por etanol absoluto (93% de inibição; p<0,05) e pelas drogas anti-inflamatórias não esteroidais (DAINEs) (73% de inibição;p<0,05). Não apresentou atividade antimicrobiana nas cepas padrão utilizada neste estudo. Em adição, nenhum sinal de toxicidade foi observado, considerando os parâmetros analisados.
Abstract: Spiranthera odoratissima A. ST. HIL. (RUTACEAE), knowns as manacá, is a medicinal plant present in Brazilian Cerrado region. It is used in traditional medicine as antiinflammatory, anxiolytic and for the treatment of renal diseases, hepatic diseases, rheumatism, headache and stomachache. The Rutaceae presents widely distributed around the world, with about 150 genera and 1700 species, in Brazil there are about 30 native genera and approximately 192 species, is rich in secondary metabolites with diverse pharmacological and biological activities. The objective of this study was to evaluate the gastroprotective potential of ethanolic extract of the leaves of S. odoratissima(SOL) through gastric ulcer models in rats and its antimicrobial activity and acute toxicity. Analysis of the nuclear magnetic resonance showed characteristic signs of hydrogen to terpenes, limonoids, steroids, coumarins and alkaloids. Foram performed experimental models of gastric ulcer, based on their respective specifications, two control groups were included, one positive (carbenoxolone 100 mg.kg-1 or Cimetidine 100 mg.kg-1) and negative (vehicle - Tween 80® 12%, 10 mL.kg-1). After each methodology was performed euthanasia by CO2 overdose, the stomachs removed, opened in the region of greater curvature and photographed for quantification of ulcerative lesion area through AVSoft® program. SOL at a dose of 100 mg.kg-1 (the lower most effective dose) showed antiulcer activity against gastric lesions induced by absolute ethanol (93% inhibition;p<0,05) and the indomethacin, an anti-inflammatory drug nonsteroidal, (73% inhibition;p<0,05). Howerver, the treatment with SOL does not showed antimicrobial activity in the bacterial strains tested. Additionally, no signs of toxicity were observed, considering the parameters analyzed.
Keywords: Ciências médicas
Fisiopatologia
Úlceras
Plantas medicinais
Úlcera gástrica
Spiranthera odoratissima
Extrato etanólico
Gastric ulcer
Spiranthera odoratissima
Ethanolic extract
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde
Citation: ESTRELA, Fernanda Neves. Atividades antiulcerogênica e antimicrobiana da espécie Spiranthera odoratissima A. ST. HIL. (RUTACEAE). 2016. 91 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17891
Issue Date: 24-Jun-2016
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AtividadesAntiulcerogenicaAntimicrobiana.pdfDissertação4.31 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.