Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17841
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Efeitos do extrato de Casearia sylvestris na inflamação crônica induzida por implantes sintéticos em camundongos
metadata.dc.creator: Viana, Natália Lopes
metadata.dc.contributor.advisor1: Tomiosso, Tatiana Carla
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Araújo, Fernanda de Assis
metadata.dc.contributor.referee1: Oliveira, Juliana Gonzaga de
metadata.dc.contributor.referee2: Lago, João Henrique Ghilardi
metadata.dc.description.resumo: No presente trabalho foi realizado um estudo para avaliação do processo inflamatório crônico usando o extrato de Casearia sylvestris: uma espécie de planta popularmente conhecida por seu efeito anti-inflamatório. A eficácia desta planta foi avaliada na resposta inflamatória crônica induzida por implantes sintéticos em camundongos. Para este propósito, foram utilizados 60 camundongos, C57∕B1∕6, machos, com 8 semanas de vida, divididos em 5 grupos: (1) controle (salina), (2) controle (DMSO1%), (3) tratado com doses de 10ng do óleo essencial extraído da Casearia sylvestris, (4) tratado com doses de 100ng deste óleo e (5) tratado com doses de 1000ng do mesmo óleo. Os animais foram submetidos a uma resposta inflamatória crônica, induzida pelo implante sintético e tratados diariamente com estas doses nos tempos 0-8dias. Após 9 dias de tratamento, o implante foi removido e submetido a análises bioquímicas e histológicas onde avaliou-se o componente inflamatório pela atividade das enzimas mieloperoxidase (MPO), que corresponde à enzima presente em neutrófilos, da N-acetil-β-D-glicosaminidase (NAG), presente em macrófagos e pela análise quantitativa de mastócitos presentes no tecido fibrovascular. Por sua vez, avaliou-se o componente angiogênico pelo conteúdo de hemoglobina, bem como pela quantificação de vasos sanguíneos. Por último, a fase de reparo foi avaliada pela quantificação de colágeno solúvel e também por meio da quantificação de colágenos do tipo I e III depositados no tecido fibrovascular. Os experimentos que analisaram o efeito da Casearia sylvestris revelaram que apesar de a ação anti-inflamatória da Casearia sylvestris ser difundida e evidenciada pela medicina popular, as doses utilizadas no presente trabalho via injeção local, sob o modelo de inflamação crônica, induzida por implante sintético não apresentaram alterações significativas sobre os componentes avaliados em nenhum dos tratamentos utilizados comparação com o grupo controle salina, e, portanto, não exibiu efeitos anti-inflamatórios na inflamação crônica. Contudo, nós acreditamos que a presente pesquisa contribui cientificamente na compreensão da atividade do extrato bruto de Casearia sylvestris e sugere que o extrato da planta seja investigado em outras formas de administração. Além disso, sugere-se que as dosagens sejam avaliadas em outras concentrações de modo que as mesmas sejam ajustadas adequadamente para avaliação do processo.
Abstract: In this work a study was conducted to evaluate the chronic inflammatory process using Casearia sylvestris extract: a species of plant popularly known for its anti-inflammatory effect. The effectiveness of this plant was evaluated into a chronic inflammation process induced by a synthetic matrix implanted in mices. It has been analysed by the inflammatory component, the angiogenic component and the tissue repair phase. For this purpose, 61 male mices C57∕B1∕6, 8 weeks old were divided into 5 groups: (1) control (saline), (2) control (DMSO1%), (3) treated with 10ng of Casearia sylvestris essential oil, (4) treated with 100ng of this oil and (5) treated with 1000ng from the same oil. The animals underwent to a chronic inflammatory response induced by synthetic sponge and treated everyday with these dosages per 9 days. The results have shown that the inflammatory component, represented by the evaluation of myeloperoxidase (MPO) and N-acetyl-β-D-glicosaminidase (NAG) activity and number of mast cells had no significant difference between the three doses evaluated compared to the control group. Furthermore, the angiogenic component also showed no statistic difference in the levels of hemoglobin, not even on vessels quantification. About the tissue repair, there were no changes in soluble collagen content also not for also quantification of collagen type I and III deposition. According to the results, the chronic inflammation treated with Casearia sylvestris essential oil had no effect on inflammatory process. The experiments that analyzed the effect of Casearia sylvestris revealed that although the anti-inflammatory action of Casearia sylvestris be widespread and evidenced by popular medicine, the doses used in this work via local injection under the chronic inflammation model induced by synthetic implant, showed no significant changes of the components evaluated in any of the treatments compared with the saline control group, and therefore exhibited no anti-inflammatory effects in chronic inflammation. However, we believe that this research contributes in understanding the scientific activity of the crude extract of Casearia sylvestris and suggests that the plant extract to be investigated in other forms of administration. Furthermore, it is suggested that the measurements are evaluated in other concentrations, so that they are properly adjusted for process evaluation.
Keywords: Citologia
Inflamação
Agentes antiinflamatórios
Inflamação crônica
Casearia sylvestris
Reparo tecidual
Chronic inflammation
Tissue repair
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Biologia Celular e Estrutural Aplicadas
Citation: VIANA, Natália Lopes. Efeitos do extrato de Casearia sylvestris na inflamação crônica induzida por implantes sintéticos em camundongos.. 2016. 77 f. Dissertação (Mestrado em Biologia Celular e Estrutural Aplicadas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17841
Issue Date: 28-Apr-2016
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Biologia Celular e Estrutural Aplicadas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EfeitosExtratoCasearia.pdfDissertação2.71 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.