Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17783
Document type: Tese
Access type: Acesso Aberto
Title: Contradições como força de mudança: o processo de formação continuada de professores do ensino médio enquanto potencializador da práxis transformadora à luz da teoria histórico-cultural
Author: Germanos, Erika
First Advisor: Longarezi, Andréa Maturano
First coorientator: Roth, Wolf Michael
First member of the Committee: Toassa, Gisele
Second member of the Committee: Araujo, Elaine Sampaio
Third member of the Committee: Roberto, Valdés Puentes
Fourth member of the Committee: Lucena, Carlos Alberto
Summary: A pesquisa de intervenção proposta foi fundamentada na Teoria Histórico-Cultural, dessa forma baseada nas leis e na lógica do materialismo histórico-dialético. Para tanto, procurou-se conceber um processo de pesquisa que envolvesse a todos como corresponsáveis. No campo da formação dos professores constata-se uma relação dualista/paradoxal nos processos de formção continuada, fruto dos modelos de formação adotados que se caracterizam por processos humanos individualistas. O trabalho de formação de professores desenvolvido buscou a superação desse dualismo, ao promover o desvelamento das contradições no tocante aos modelos de ensino. Como hipótese, imaginou-se que imersos nesse processo, os professores reconheceriam tais contradições e, desse reconhecimento, as contradições tornar-se-iam a força motriz de mudanças da prática pedagógica, percebendo no trinômio ensino-aprendizagem-desenvolvimento a fundamentação da práxis. Objetivando elaborar um processo de formação continuada que trouxesse resultados para o desenvolvimento profissional docente procurei atender a seguinte pergunta de pesquisa: Quais foram e como se deram as mudanças experimentadas pelo professores que participaram do processo de Intervenção Didático-Formativa coelaborada nessa pesquisa de modo a elevar a qualidade de suas práticas pedagógicas? Nesse contexto, o objetivo da pesquisa foi desenvolver um processo de Intervenção Didático-Formativa na perspectiva da Teoria Histórico-Cultural junto a professores de ensino médio, tendo em vista teorizar sobre as mudanças/transformações nas práticas pedagógicas dos professores e apreender os aspectos que transformam a essência da concepção e da prática de ensino. A investigação envolveu dois professores do ensino médio de uma escola pública de Uberlândia-MG. Os encontros formativos ocorreram na escola por meio da formação de um coletivo de estudos entre os anos de 2013 e 2015. Como procedimentos foram utilizados dois aspectos interconectados: as observações das aulas dos professores, tanto para o diagnóstico, quanto para a avaliação processual da instrumentalização teórico-metodológica. O segundo aspecto possui uma dimensão formativa e uma dimensão didática (em duplo acepção), no sentido de formar didaticamente o professor e no sentido de pensar procedimentos didáticos. Os dados coletados foram analisados observando-se as premissas do método, a análise por unidades e a processualidade. Como resultado, os professores apresentaram transformações em suas práticas pedagógicas no tocante à organização do trabalho pedagógico ao passar a centralizar nos estudantes, na aprendizagem e no desenvolvimento a elaboração e o planejamento das suas ações didáticas. Aponto como mudanças significativas a presença do diagnóstico contínuo em relação às turmas, trabalho por sistemas de conceitos e seus nexos conceituais, o uso da problematização como método de ensino. Em relação às ações de formação que emergiram a partir da análise do material compilado e analisado ao longo de todo o processo, enfatizo: formação de coletivos internos a escola, diagnóstico contínuo, elaboração de atividades práticas, fortalecimento das relações entre os participantes, a escolha do material científico utilizado deve ter aderência com as necessidades dos participantes, promover situações que permitam a emergência de contradições entre a prática pedagógica dos professores e o ensino baseado na perspectiva da Teoria Histórico-Cultural. Essa investigação almejou contribuir na concepção de processos formativos que elevem a qualidade de vida dos professores e as formas de ensinar na escola pública brasileira.
Abstract: The intervention research proposed was based on the Cultural-Historical Theory based on the laws and logic of materialism historical-dialectical. Therefore, we tried to design a research process that involved all as responsible for the process. In the field of continuous teacher's training usually has been found dualistic relationship / paradoxical processes as a result of the adopted training models which are characterized by individualist human processes. The teacher training work sought to overcome this dualism, to promote the unveiling of the contradictions with regard to teaching models. As a hypothesis, we imagined that immersed in this process, teachers recognize such contradictions, and this recognition would make the contradictions become the driving force of change in teaching practice, realizing the teaching-learning-development triad as the basis of praxis. Aiming to develop a process of continuing education to bring results to the professional teachers development looking for answer the following research question: How and what the changes of teachers who participated in the Didactic-Formative Intervention process raised the quality of their teaching practices? In this context, the objective of the research was to develop a process of Didactic-Formative Intervention from the perspective of Cultural-Historical Theory with high school teachers in order to theorize about the changes in pedagogical practices of teachers and learn aspects that transform the essence teaching practice. The research involved two high school teachers of a public school in Uberlândia-MG. The training meetings took place at the school through a collective study group between the years 2013 and 2015. As procedures were used two interconnected aspects: classes observations, and a theoretical and methodological training, both for diagnosis and for the process evaluation, the second aspect has a formative dimension, and a didactic dimension (double meaning) to form didactically the teacher and to elaborate didactic procedures. The collected data were analyzed by observing the assumptions of the method, analysis by units and the processuality. As results teachers showed changes in their teaching practices regarding the organization of the pedagogical work and also centered their design educational actions based on learning and development of the students. The presence of continuous diagnosis during the classes, work with a systems of concepts and their conceptual links, problematization as a teaching method can be pointed as meaningful changes in their praxis. Regarding the training activities that emerged from the analysis of the compiled materials and analyzed throughout the process can be emphasized: forming a collective group of school teachers continuous training, diagnostics, development of practical activities, increase relationships among participants, the choice of scientific material used should have direct relation to the needs of the participants, promoting conditions that enable the emergence of contradictions between the pedagogical practice of teachers and teaching based on the perspective of the Cultural-Historical Theory. This research craved to develop and design a teachers' training processes that increase the quality of teachers life and ways of teaching in the Brazilian public school.
Keywords: Educação
Professores - Formação
Ensino médio - formação de professores
Desenvolvimento
Formação de professores
Ensino médio
Teoria histórico-cultural
Teachers training
High school
Contradictions
Development
Cultural-historical Theory
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Educação
Quote: GERMANOS, Erika. Contradições como força de mudança: o processo de formação continuada de professores do ensino médio enquanto potencializador da práxis transformadora à luz da teoria histórico-cultural. 2016. 317 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17783
Date of defense: 27-Jun-2016
Appears in Collections:TESE - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ContradicoesForcaMudanca.pdfTese3 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.