Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17782
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Estudo das alterações hematológicas e urinárias em cães em diferentes estágios de disfunção renal e avaliação do biomarcador cistatina C
metadata.dc.creator: Rodrigues, Renata Dias
metadata.dc.contributor.advisor1: Mundim, Antonio Vicente
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Saut, João Paulo Elsen
metadata.dc.contributor.referee1: Galo, Jose Antonio
metadata.dc.contributor.referee2: Bittar, Joely Ferreira Figueiredo
metadata.dc.contributor.referee3: Santos, Ricarda Maria dos
metadata.dc.description.resumo: Capítulo 2- A cistatina C é uma proteína catiônica não glicosilada, produzida num ritmo constante por todas as células nucleadas e presente nos líquidos biológicos, sendo livremente filtrada pelos glomérulos e quase completamente catabolizada no túbulo proximal, trata-se de um promissor marcador de disfunção renal precoce. Objetivou-se determinar e comparar a concentração sérica do biomarcador cistatina C em 86 cães. Os animais foram divididos em quatro grupos de acordo com níveis de creatinina sérica: G1 - até 1,4 mg/dL (23 animais), G2 - 1,5-2,0 mg/dL (16 animais), G3 - 2,1-5,0 mg/dL (24 animais) e G4 - acima de 5,1 mg/dL (23 animais). Realizou-se a mensuração dos parâmetros utilizados na rotina clínica de pequenos animais como ureia, gama glutamiltransferase urinária, proteinúria, fosfatase alcalina, sódio, potássio, cloreto, cálcio, fósforo, relação cálcio/fósforo e cistatina C. Houve diferença estatística para ureia, proteinúria, fósforo, relação cálcio/fósforo, potássio e cistatina C, entretanto, os demais não apresentaram diferença estatística. Baseado nos resultados obtidos podemos inferir que a cistatina C não foi um bom indicador precoce de doença renal em cães. Capítulo 3 - Objetivou-se determinar os valores hematológicos e elementos da urinálise como densidade, proteinúria, cilindros e pH em 86 cães. Os animais foram divididos em quatro estágios de acordo com níveis de creatinina sérica: I - até 1,4 mg/dL (23 animais), II - 1,5-2,0 mg/dL (16 animais), III- 2,1-5,0 mg/dL (24 animais) e IV - acima de 5,1 mg/dL (23 animais). Nos estágios III, IV verificou-se anemia do tipo normocítica normocrômica. O estágio II apresentou um quadro de leucocitose por neutrofilia, com desvio a esquerda regenerativo e o estágio III e IV desvio para esquerda degenerativo. A proteinúria apresentou diferença estatística para a classificação 2+ (1,0 g/L), entre o estágio I e II, II e IV. Apenas o cilindro granuloso apresentou diferença estatística na classificação 2+ entre o estágio II e III, e em 3+ entre o estágio I e III. O pH predominante foi ácido. Os valores hematológicos quando comparados com os estágios de creatinina sérica demonstraram que as alterações na hemoglobina, volume globular e hemácias tornam-se mais pronunciadas à medida que os valores de creatinina sérica elevam-se, este também é o comportamento dos neutrófilos em bastonetes e da proteinúria.
Abstract: Chapter 2 - Cystatin C is a cationic protein is not glycosylated, produced a steady state for all nucleated and present in biological fluids cells being freely filtered by the glomeruli and almost completely catabolized in the proximal tubule, it is a promising early renal dysfunction marker. This study aimed to determine and compare the serum concentration of cystatin C biomarker in 86 dogs. The animals were divided into four groups according to serum creatinine levels: G1 - up. 1.4 mg / dL (23 animals), G2 - 1.5-2.0 mg / dL (16 animals), G3 - 2.1 to 5.0 mg / dL (24 animals) and G4 - above 5.1 mg / dL (23 animals). There was the measurement of the parameters used in the clinical routine of small animals such as urea, urinary gamma glutamyl transferase, proteinuria, alkaline phosphatase, sodium, potassium, chloride, calcium, phosphorus, calcium/phosphorus ratio and cystatin C. There was no statistical difference for urea, proteinuria, phosphorus, calcium/phosphorus, potassium and cystatin C, however, the other showed no statistical difference. Based on the results we can infer that cystatin C was not a good early indicator of kidney disease in dogs. Chapter 3 - This study aimed to determine the hematological and urinalysis elements such as density, proteinuria, cylinders and pH in 86 dogs The animals were divided into four stages according to serum creatinine levels: I - up to 1.4 mg/dL (23 animals), II - 1.5-2.0 mg/dL (16 animals), III from 2.1 to 5.0 mg/dL (24 animals) and IV - above 5.1 mg/dL (23 animals). In stage III, IV there was anemia normocytic normochromic type. Stage II had a leukocytosis frame by neutrophilia with a regenerative left shift and stage III and IV detour degenerative left. The density remained within the reference values all stages. Proteinuria showed statistical significance for the classification 2+ (1.0 g/L), between stage I and II, II and IV. Only the cylinder granular statistical difference in the classification 2+ between stage II and III, and 3+ between stage I and III. The prevailing pH was acid. The haematological values compared to serum creatinine stages showed the changes in hemoglobin and packed cell volume erythrocytes become more pronounced as serum creatinine values rise , this is also the behavior of neutrophils rods and proteinuria.
Keywords: Veterinária
Anemia
Proteinúria
Cão - doenças
Bioquímica sérica
Cães
Doença renal
Eletrólitos
Marcador precoce
Biochemistry serum
Dogs
Kidney disease
Electrolyte
Early marker
Eritrograma
Leucograma
Erythrocyte
Leukogram
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ciências Veterinárias
Citation: RODRIGUES, Renata Dias. Estudo das alterações hematológicas e urinárias em cães em diferentes estágios de disfunção renal e avaliação do biomarcador cistatina C. 2016. 52 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17782
Issue Date: 30-Jun-2016
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ciências Veterinárias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EstudoAlteracoesHematologicas.pdfDissertação794.45 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.