Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17770
Document type: Tese
Access type: Acesso Aberto
Title: Parâmetros de qualidade na clarificação da lecitina de soja
Author: Castejon, Letícia Vieira
First Advisor: Finzer, José Roberto Delalibera
First coorientator: Santos, Kassia Graciele dos
First member of the Committee: Ribeiro, Eloizio Julio
Second member of the Committee: Begnini, Mauro Luiz
Third member of the Committee: Malagoni, Ricardo Amancio
Summary: A lecitina de soja é um complexo de fosfolipídeos em óleo de soja, sendo denominada de lecitina de soja comercial. Sua coloração é âmbar, apresenta alta viscosidade, cheiro e gosto característicos. É bastante utilizada como emulsificante, possui características próprias devido a modificações física, químicas ou de processos de obtenção. O presente trabalho teve por objetivo avaliar fisico-quimicamente lecitinas de soja clarificadas, pela adição de peróxido de hidrogênio a 35% (v/v), a temperatura e agitação controladas. Avaliar os aspectos qualitativos e de coloração, para posterior aplicação em leite integral UHT e verificação das características de pó (molhabilidade e insolubilidade). A etapa de clarificação foi planejada experimentalmente, através de um Planejamento Composto Central, cuja lecitina de soja comercial, sem tratamento com peróxido foi analisada quanto à reologia, apresentando comportamento pseudoplástico a 25°C e newtoniano à 50°C. Sua composição de ácidos graxos foi de elevado teor de insaturados conforme análise cromatográfica. A clarificação produziu lecitinas mais claras do que a lecitina comercial e foi selecionada a lecitina clarificada com maior valor de luminosidade (L*) para análise reológica, a qual mostrou mesmos comportamentos reológicos da lecitina comercial, porém com ligeiros aumentos na viscosidade aparente. Resultado das avaliações sobre a coloração foram realizadas, mostrando os efeitos da temperatura, tempo de agitação sob rotação constante e concentrações de H2O2 (%, m/v), obtendo-se colorações mais vermelhas e amarelas, intensas e de tonalidade tendendo ao amarelado. O ponto experimental em que se obteve maior luminosidade, cor branca, foi a 50°C, 520 segundos de agitação e adição de 2,3% de peróxido de hidrogênio, 35% (m/v). Um modelo de cor foi elaborado para predizer quais parâmetros de cor influenciam sobre a cor aparente, para isso foram analisados compostos carotenoides e clorofilas, chegando-se à conclusão que outras substâncias, como substâncias marrons e tocoferóis, se determinadas melhorariam o ajuste. Os resultados das avaliações da qualidade oxidativa das lecitinas clarificadas, mostraram os efeitos das variáveis do planejamento sobre as respostas de índice de saponificação, coeficiente de oxidação, índice de acidez e atividade de água, os resultados mostraram que em condições extremas, foram mantidos bons estados de oxidação lipídica. A aplicação da lecitina mais clarificada no leite mostrou que a cor do leite em pó ficou mais clara. A melhor solubilidade e menor tempo de molhabilidade foram obtidos para concentração adicionada de lecitina igual a 1,0% (m/m) sobre a massa aplicada e as micrografias dos pós mostraram que o aumento no teor de lecitina de soja deixa os grânulos menores e o pó mais granuloso.
Abstract: Soy lecithin is a complex phospholipid in soybean oil, being called commercial soybean lecithin. Its color is amber, high viscosity, smell and taste characteristic. It is widely used as an emulsifier, has its own characteristics due to physical changes, chemical or production processes. This study aimed to assess physico-chemically clarified soy lecithins, by adding hydrogen peroxide to 35% (v / v), the controlled temperature and agitation. It was considered qualitative aspects and also in color, for later use in UHT whole milk and verification of powder characteristics (wettability and solubility). The clarification step is designed experimentally, using a central composite design, the commercial soybean lecithin without peroxide treatment rheology was analyzed, showing pseudoplastic behavior at 25°C and the Newtonian at 50°C, the composition of fatty acids was higher unsaturated content as chromatographic analysis. Clarification produced lighter than lecithin and commercial lecithin was clarified lecithin selected with higher brightness value (L*) to rheological analysis, which showed the same rheological behavior of commercial lecithin, but with slight increases in apparent viscosity. Reviews staining were performed, showing the effects of temperature under constant stirring rotation time and H2O2 concentration (% w/v) to give more red dyes and yellow, intense tint and tended to yellow. The experimental point was obtained in higher brightness, white color at 50°C was 520 seconds of stirring and addition of 2.3% hydrogen peroxide, 35% (w/v). A color model is designed to predict which color parameters influence on the apparent color, for that were analyzed carotenoids and chlorophyll compounds, coming to the conclusion that other substances, such as brown substances and tocopherols, if certain improve the fit. The evaluation of oxidative quality of clarified lecithins have shown the effects of the design variables on the saponification number of responses, oxidation rate, and acid value of water activity, the results showed that in axial conditions are maintained good oxidation states lipid. The application of more clarified lecithin in milk showed that the color of milk powder became clearer. The best solubility and shorter wettability were obtained for added lecithin concentration equal to 1.0% of the applied mass and the powders micrographs showed that the increase in soy lecithin content leaves the smaller beads and the most granular powder.
Keywords: Engenharia química
Lecitina
Coloração da lecitina
Oxidação da lecitina
Viscosidade da lecitina
Lecitinação
Color lecithin
Oxidation lecithin
Viscosity lecithin
Lecithination
Area (s) of CNPq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA QUIMICA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Engenharia Química
Quote: CASTEJON, Letícia Vieira. Parâmetros de qualidade na clarificação da lecitina de soja. 2015. 187 f. Tese (Doutorado em Engenharia Química) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2015.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17770
Date of defense: 27-Jan-2015
Appears in Collections:TESE - Engenharia Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ParametrosQualidadeClarificacao.pdfTese6.07 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.