Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17764
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Saúde da população “trans”: uma revisão sistemática da produção teórica brasileira
Other Titles: "Trans" population health: a systematic review of the Brazilian theoretical production
metadata.dc.creator: Raimondi, Gustavo Antonio
metadata.dc.contributor.advisor1: Jorge, Miguel Tanús
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Teixeira, Flávia do Bonsucesso
metadata.dc.contributor.referee1: Silveira, Mariluza Terra
metadata.dc.contributor.referee2: Rezende, Carlos Henrique Alves de
metadata.dc.description.resumo: Essa dissertação analisou os trabalhos existentes sobre travestilidade e transexualidade cuja problemática de investigação centrou-se nas questões relacionadas à saúde e/ou serviços de saúde. Para tanto, foi realizada uma Revisão Bibliográfica Sistematizada Descritiva nas bases de dados virtuais: Banco de Teses da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD), Scielo e PubMed, entre os anos de 1997 e 2014, no Brasil. Utilizaram-se os termos de busca “transexual”, “travesti” e “transgênero”, cada qual associado ao termo de busca “saúde”, tanto em português, quanto em inglês. Buscando complementar essa busca, utilizou-se da metodologia de Análise Documental para avaliar as produções de panfletos, documentos institucionais e de organizações não-governamentais (ONG’s), as quais foram incorporadas na discussão. Foram identificados 295 trabalhos, entre teses, dissertações e artigos científicos. Dentre esses, 223 foram excluídos e 72 selecionados para análise. Assim, obtiveram-se 5 teses e 21 dissertações que abordam o tema da travestilidade e, 7 teses e 9 dissertações que versam sobre a transexualidade. Dentre os artigos científicos selecionados, 16 versam sobre transexualidade e saúde, 5 abordam a questão da travestilidade e saúde e 9 trabalhos se referem aos termos “transgênero” e “saúde”. Apesar de se constituir um campo incipiente de pesquisas, observa-se um aparente descentramento do discurso, anteriormente ancorado nas questões cujas temáticas estão relacionadas ao enfrentamento, infecção ou adoecimento por HIV/aids (nível de atenção especializado) para discussões sobre a atenção em saúde no processo transexualizador (nível de atenção especializado). Ainda assim, poucos trabalhos discutem a atenção trans específica na atenção primária associada a um cuidado integral em saúde, com o empoderamento dos sujeitos, respeitando a potência de vida, os quais se configuram como temas importantes para as Políticas Públicas em Saúde na atualidade.
Abstract: This dissertation analyzed the existing work on travestility and transsexuality whose problematic research focused on issues related to health and / or health services. For this purpose, a Literature Review Systematized Descriptive in virtual databases was performed: Bank of Higher Education Personnel Improvement Coordination Thesis (CAPES), Brazilian Digital Library of Theses and Dissertations (BDTD), Scielo and PubMed, between the years 1997 and 2014 in Brazil. We used the search terms "transsexual," "transvestite" and "transgender", each associated with the search term "health", in Portuguese and English. Complementing this search, we used the Documentary Analysis methodology to assess pamphlets productions, institutional documents and non-governmental organizations (NGOs), which were incorporated into the discussion. 295 papers were identified, among theses, dissertations and scientific articles. Of these, 223 were excluded and 72 selected for analysis. Thus, it obtained five theses and dissertations 21 on the topic of travestility and 7 theses and dissertations 9 that deal with transsexuality. Among the selected papers, 16 deal with transsexuality and health, 5 address the issue of travestility and health and work, 9 refer to the term "transgender" and "health". Even though it is an emerging field of research, there is an apparent deviation of the speech, previously anchored in questions whose topics are related to confrontation, infection or illness by HIV / AIDS (level of specialized care) for discussions on the health care for transsexuals in the process (level of specialized care). Still, few papers have specific trans attention in primary care associated with a comprehensive health care, with the empowerment of individuals, respecting the power of life, which are configured as important issues for the Public Policy on Health today.
Keywords: Ciências Médicas
Saúde
Transexuais
Travestis
Transgênero
Health
Travestiste
Transgender
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde
Citation: RAIMONDI, Gustavo Antonio. Saúde da população “trans”: uma revisão sistemática da produção teórica brasileira. 2016. 156 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17764
Issue Date: 2-Feb-2016
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SaudePopulacaoTrans.pdfDissertação1.86 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.