Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17716
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Enrofloxacina e toltrazuril reduzem a infecção por Toxoplasma gondii em células trofoblásticas humanas e em explantes de vilos placentários humanos de terceiro trimestre
Author: Silva, Rafaela José da
First Advisor: Barbosa, Bellisa de Freitas
First member of the Committee: Gomes, Angélica de Oliveira
Second member of the Committee: Angeloni, Mariana Bodini
Summary: O tratamento clássico para a toxoplasmose congênita é baseado na combinação de sulfadiazina e pirimetamina mais ácido folínico. Devido aos efeitos teratogênicos e a supressão da medula óssea causados pela pirimetamina, o estabelecimento de novos alvos terapêuticos é indispensável para minimizar os efeitos indesejáveis e melhorar o controle da infecção por T. gondii. Estudos prévios demonstraram que enrofloxacina e toltrazuril são capazes de controlar o parasitismo em infecções por Neospora caninum e Toxoplasma gondii. Dessa forma, o objetivo deste estudo foi avaliar a eficácia de enrofloxacina e toltrazuril no controle da proliferação de Toxoplasma gondii em células trofoblásticas humanas (linhagem BeWo) e em explantes de vilos placentários humanos de terceiro trimestre. Células BeWo e vilos foram tratados com diferentes concentrações de enrofloxacina, toltrazuril, sulfadiazina, pirimetamina ou associação (sulfadiazina + pirimetamina) com o objetivo de avaliar a viabilidade pelo ensaio de MTT ou LDH, respectivamente. Em seguida, células BeWo foram infectadas com as cepas RH (clone 2F1) ou ME-49 de T. gondii, enquanto que os vilos foram infectados somente com a cepa RH. Em seguida, células e vilos foram tratados ou não com os mesmos medicamentos e a proliferação intracelular do parasito foi analisada pelo ensaio da β-galactosidase (para a cepa RH) ou coloração com azul de toluidina (para a cepa ME-49) e o perfil de citocinas foi analisado. Enrofloxacina e toltrazuril não alteraram a viabilidade nas células BeWo e nos vilos quando administrados nas menores concentrações. Além do mais, as drogas diminuíram a proliferação intracelular de T. gondii independentemente da cepa utilizada em células BeWo e em explantes de vilos quando comparado as condições infectadas e não tratadas. Em células BeWo infectadas por RH, enrofloxacina induziu altos níveis de IL-6 e não modificou significativamente a produção de MIF, enquanto que ambas as citocinas IL-6 e MIF foram produzidas por células BeWo infectadas com a cepa ME-49 e tratadas com enrofloxacina e toltrazuril. Adicionalmente, em vilos placentários, enrofloxacina induziu alta produção de MIF. Assim, podemos concluir que enrofloxacina e toltrazuril foram capazes de controlar o parasitismo em células BeWo e em explantes de vilos placentários humanos. Provavelmente este controle do parasitismo mediado por estas drogas ocorra por modulação da resposta imune nas células BeWo e tecidos placentários, mas não exclui a possibilidade de ação direta no parasito, entretanto futuros experimentos devem ser conduzidos para verificar esta hipótese.
Abstract: The classical treatment for congenital toxoplasmosis is based on combination of sulfadiazine and pyrimethamine plus folinic acid. Due to teratogenic effects and bone marrow suppression caused by pyrimethamine, the establishment of new therapeutic targets is indispensable to minimize the undesirable effects and improve the control of the infection. Previous studies demonstrated that enrofloxacin and toltrazuril were able to control the infection triggered by Neospora caninum and Toxoplasma gondii. Therefore, the aim of this present study was evaluate the efficacy of enrofloxacin and toltrazuril in the control of T. gondii proliferation in human trophoblast cells (BeWo lineage) and in human villous explants from third trimester. BeWo cells and villous were treated with several concentrations of enrofloxacin, toltrazuril, sulfadiazine, pyrimethamine or association (sulfadiazine + pyrimethamine) in other to verify their viability by MTT or LDH assay, respectively. Next, BeWo cells were infected with T. gondii RH (2F1 clone) or ME49 strain, whereas villous were infected only with RH strain (2F1 clone), after, both cells and villous were treated or not with the same antibiotics and analyzed to T. gondii intracellular proliferation by beta-galactosidase assay (for RH strain) or blue toluidine staining (for ME49 strain). ELISA was performed in the supernatant to evaluate the cytokine profile. Enrofloxacin and toltrazuril did not change strongly the viability in cells and villous. Furthermore, the drugs decreased the parasite intracellular proliferation regardless T. gondii strain in BeWo cells and villous explants when compared to untreated and infected conditions. In BeWo cells infected by RH, enrofloxacin induced high levels of IL-6 low levels of MIF, while both cytokines were upregulated by enrofloxacin and toltrazuril in BeWo cells infected by ME49 strain. Additionally, in villous explantes, enrofloxacin induced high MIF production. Thus, enrofloxacin and toltrazuril were able to control the parasitism in BeWo cells and villous explants, and probably it occurs by modulation of immune response in these cells or tissues and direct action on parasite, but future experiments are necessary to verify this hypothesis.
Keywords: Imunologia
Toxoplasma gondii
Toxoplasmose congênita - Tratamento
Toxoplasmose congênita
Enrofloxacina
Toltrazuril
Tratamento
Congenital toxoplasmosis
Enrofloxacin
Treatment
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::IMUNOLOGIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Imunologia e Parasitologia Aplicadas
Quote: SILVA, Rafaela José da. Enrofloxacina e toltrazuril reduzem a infecção por Toxoplasma gondii em células trofoblásticas humanas e em explantes de vilos placentários humanos de terceiro trimestre. 2016. 76 f. Dissertação (Mestrado em Imunologia e Parasitologia Aplicadas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17716
Date of defense: 22-Jul-2016
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Imunologia e Parasitologia Aplicadas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EnrofloxacinaToltrazurilReduzem.pdfDissertação9.61 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.