Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17699
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Efeitos da internacionalização no desvio da estrutura de capital alvo e na velocidade de ajuste
metadata.dc.creator: Carvalho, Larissa de Souza
metadata.dc.contributor.advisor1: Pereira, Vinicius Silva
metadata.dc.contributor.referee1: Zago, Ana Paula Pinheiro
metadata.dc.contributor.referee2: Tizziotti, Catarine Palmieri Pitangui
metadata.dc.contributor.referee3: Fodra, Marcelo
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho investiga os efeitos da internacionalização em duas lacunas relacionadas à estrutura de capital que ainda não foram discutidas pela literatura brasileira. Para isso, foram desenvolvidos dois capítulos independentes. O primeiro identificou os efeitos da internacionalização sobre o desvio da estrutura de capital-alvo. O segundo analisou quais os efeitos da internacionalização na velocidade de ajuste (SOA) da estrutura de capital. Foram utilizados dados de empresas brasileiras, multinacionais e domésticas, de 2006 a 2014. Os resultados da primeira análise indicam que o a internacionalização auxilia na redução da diferença entre o endividamento-alvo e o corrente. Isto é, à medida em que o nível de internacionalização — seja ela somente exportação ou a combinação de exportação, ativos e funcionários no exterior — aumenta, o distanciamento entre a estrutura atual e a estrutura-alvo diminui. Essa redução dada em função da internacionalização é uma consequência do efeito upstream da hipótese Upstream-downstream. Dessa forma, conforme a teoria no Market Timing, pode ser vista como uma oportunidade de reajuste da estrutura de capital e, com a redução do desvio, há também uma redução o custo de capital da firma. Os resultados da segunda análise indicam que a internacionalização é capaz de aumentar a velocidade de ajuste significativamente, garantindo para as multinacionais um reajuste mais rápido de sua estrutura de capital. As exportações aumentam o SOA de 9 a 23%. E quando mantidos também ativos e funcionários no exterior, o incremento é de 8 a 20%. Em termos de tempo, enquanto uma empresa doméstica demora mais de três anos para reduzir metade do desvio que possui, as empresas exportadoras levam, em média, um ano e meio para reduzir a mesma proporção do desvio. A validade da hipótese Upstream-downstream para o efeito da internacionalização no SOA foi confirmada, ao comparar os resultados obtidos para empresas norte-americanas. Dessa forma, o fenômeno da internacionalização aumenta o SOA quando as empresas são oriundas de mercados menos estáveis, como no caso do Brasil; e tem um efeito menos significativo quando as empresas têm origem em mercados mais estáveis, pois já apresentam uma alta velocidade de ajuste. Além disso, a análise de adequação dos estimadores apontou ainda o modelo pooled OLS (Ordinary Least Squares) apresenta maior qualidade na predição da velocidade de ajuste da estrutura de capital do que o sistema GMM (Generalized Method of Moments). Para pesquisas futuras, sugere-se analisar o efeito do evento da internacionalização, em si, além de validar a hipótese utilizando amostras de diferentes mercados e o uso de outros estimadores.
Abstract: This dissertation investigates the effects of internationalization in two gaps related to the capital structure that have not been discussed by the Brazilian literature yet. To this, were developed two independent sections. The first examined what the effects of internationalization on the deviation from the target capital structure. The second examined what the effects of internationalization on speed of adjustment (SOA) of the capital structure. It used data from Brazil, multinational and domestic companies, from 2006 to 2014. The results of the first analysis indicate that internationalization helps reduce the difference between the target and the current debt. That is, to the extent that the level of internationalization increases; whether only export or a combination of export, assets and employees abroad, the gap between the current structure and the target structure decreases. This reduction is given as a function of internationalization as a consequence of the upstream effect of the upstream-downstream hypothesis. Thus, as the Market Timing theory, it can be seen as an opportunity for adjustment of the capital structure, and with the reduction of deviation, there is also a reduction in the cost of capital of the firm. The result of the second analysis indicates that internationalization is able to significantly increase the speed adjustment, ensuring for the multinational a faster adjustment of its capital structure. Exports increase the SOA in 9 to 23%. And when also kept active assets and employees abroad the increase is 8 to 20%. In terms of time, while domestic company takes more than three years to reduce half of the deviation that has, while multinacional companies take on average one and a half year to reduce the same proportion of the deviation. The validity of the upstream-downstream hypothesis for the effect of internationalization in SOA was confirmed by comparing the results for US companies. Thus, the phenomenon of internationalization increases SOA when companies are from less stable markets, such as Brazil; and it has a less significcative effect when companies are derived from more stable markets, because they already have a high speed of adjustmennt. In addition, the adequacy analysis of the estimators also showed the model pooled OLS (Ordinary Least Squares) presents the highest quality in predicting the SOA than the system GMM (Generalized Method of Moments). For future studies it is suggested to analyze the effect of international event, by itself, and to validate the hypothesis using samples of different markets and the use of other estimators.
Keywords: Administração
Globalização
Capital (Economia)
Estrutura de capital-alvo
Desvio da estrutura de capital
Velocidade de ajuste
Internacionalização
Target capital structure
Deviation from the target capital structure
Speed of adjustment. Internationalization
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Administração
Citation: CARVALHO, Larissa de Souza. Efeitos da internacionalização no desvio da estrutura de capital alvo e na velocidade de ajuste. 2016. 80 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17699
Issue Date: 30-May-2016
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EfeitosInternacionalizaçãoDesvio.pdfDissertação1.26 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.