Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17638
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Internacionalização de empresas e o fechamento do capital : um estudo sobre a deslistagem no mercado brasileiro
Author: Santos, Murilo Alves
First Advisor: Pereira, Vinícius Silva
Summary: Este trabalho contribui para a literatura de finanças se propondo a analisar a relação entre o grau de internacionalização das empresas brasileiras e a probabilidade das mesmas em se deslistarem do mercado de ações. Para tanto, a formulação das hipóteses e a análise da relação entre as variáveis lidaram com conceitos e teorias no âmbito da Governança Corporativa (GC), a qual já está consolidada na teoria quando o assunto é deslistagem, mas introduziu a internacionalização como seu diferencial. Em primeiro lugar, com vistas à teoria da internalização, a qual atribui vantagens e diferenciais competitivos conferidos à empresa em virtude da adoção da estratégia de internacionalização e, em paralelo, aos efeitos positivos que tal estratégia gera no desempenho destas firmas, formulou-se a hipótese de que o grau de internacionalização se associa negativamente à probabilidade de deslistagem, principalmente em decorrência de tais benefícios gerados à organização. Por sua vez, como hipótese alternativa da pesquisa, foi proposta uma relação positiva entre estas variáveis, com base na teoria de agência, segundo a qual a internacionalização contribuiria para a deslistagem, por aumentar a separação geográfica entre acionistas e gestores e, consequentemente, os conflitos de agência e a dificuldade de monitoramento. Para o atingimento dos objetivos propostos, além de serem contempladas variáveis econômico-financeiras e de GC em ambos os cenários tratou-se ainda com a proposta de análise sobre períodos de crise, visto os acontecimentos do passado recente da economia brasileira. Partiu-se de um modelo-base, desenvolvido inicialmente por Pour e Lasfer (2013), ao qual posteriormente, foram acrescentadas as proxies de internacionalização e crise, contemplando também ajustes necessários ao contexto brasileiro. Os dados coletados contemplam o período de 2006 a 2014 e informações sobre empresas ativas e inativas na Bovespa. Como resultados obtidos, encontrou-se significância negativa entre o grau de internacionalização e a saída do mercado de capitais, atestando a primeira hipótese da pesquisa e indicando que os benefícios gerados pela internacionalização na empresa se traduzem em diferenciais e resultados que reduzem a probabilidade de deslistagem. Através da análise dos resultados das variáveis de controle foi possível verificar ainda que, mesmo com as vantagens inerentes ao processo de internacionalização, mediante aspectos particulares da GC no país, tais como a alta concentração acionária, ainda que a internacionalização reduza a probabilidade de deslistagem da empresa, os benefícios que ela gera à firma contribuem para sua deslistagem, possivelmente, pelo interesse destes controladores em reter de forma mais direta tais benefícios. Em relação à análise em períodos de crise, as consequências da crise do subprime norte-americano no mercado em geral foram mais relevantes do que a ocorrência dela em si, ao contrário do ano de 2014, que apresentou significância estatística, ressaltando os efeitos da crise interna brasileira. Para trabalhos futuros sugere-se a expansão da base de dados e o tratamento individual das razões adotadas pela empresa quando da decisão de deslistagem.
Abstract: This work contributes to the finance literature proposing to analyze the relationship between the degree of internationalization of Brazilian companies and the likelihood of delisting. Therefore, even though the internationalization as a differential, in the formulation of hypotheses and analysis of the relationship between the variables dealt with concepts and theories within the Corporate Governance, which is already established in theory when it comes to delisting. First, with a view to the theory of internalization, which gives competitive advantages to the company due the adoption internationalization strategy and in parallel to the positive effects that this strategy generates on firms performance, it was formulated an hypothesis that the degree of internationalization would be adversely related to the probability of delisting, mainly due to such benefits generated to the organization. In turn, as an alternative hypothesis of the research, it proposed a positive relationship between these variables, based on agency theory, according to which internationalization would contribute to delisting by increasing geographical separation between shareholders and managers and, consequently, agency conflicts and the difficulty of monitoring. For the achievement of objectives, as well as being included economic and financial variables and GC, it was proposed the analysis of periods of crisis, as the events of recent past of the Brazilian economy. Starting from a base model initially developed by Pour and Lasfer (2013), which later, the proxies of internationalization and crisis have been added also contemplating adjustments to the Brazilian context. The data collected include the period from 2006 to 2014 and information on active and inactive companies at Bovespa. As results, it was found negative significance between the degree of internationalization and the delisting decision, confirming the first hypothesis of the research and stating that the benefits generated by internationalization in the company generate it spreads and results that reduce the probability of delisting. By analyzing the results of control variables was still possible to observe that, even internationalization reducing the likelihood of delisting, by particular aspects of corporate governance in Brazil, such as the high ownership concentration, the benefits it generates contribute to delisting. Regarding the analysis in crisis, the consequences of the crisis of the US subprime in general market were more relevant that the occurrence of itself, unlike the Brazilian internal crisis of 2014, which was statistically significant for the analyzed event. For future researches it is suggested the expansion of database and individual treatment of the reasons adopted by a company when delisting decision.
Keywords: Administração
Globalização
Governança corporativa
Crise econômica
Deslistagem
Internacionalização
Crise
Delisting
Internationalization
Corporate governance
Crisis
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Administração
Quote: SANTOS, Murilo Alves. Internacionalização de empresas e o fechamento do capital: um estudo sobre a deslistagem no mercado brasileiro. 2016. 98 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17638
Date of defense: 30-May-2016
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
InternacionalizacaoEmpresasFechamento.pdfDissertação1.32 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.