Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17595
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Perfil exportador e crescimento econômico: uma análise de painel para economias africanas
metadata.dc.creator: Correia, Heldrino Joteminga
metadata.dc.contributor.advisor1: Veríssimo, Michele Polline
metadata.dc.contributor.referee1: Vieira, Flávio Vilela
metadata.dc.contributor.referee2: Araújo, Vanessa Marzano
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho tem como objetivo avaliar a relação entre o perfil exportador e a taxa de crescimento do produto nas economias africanas. No capítulo 1, apresenta-se a literatura sobre o tema e trabalhos que analisam o caso específico da África. Parece haver consenso de que as exportações contribuem para o crescimento econômico. Entretanto, não há consenso quanto aos benefícios que se incorporam a partir dos produtos exportados. A divergência reside entre a abordagem da Maldição dos Recursos Naturais, em que concentração das exportações em produtos primários pode não contribuir para o crescimento econômico de forma eficiente. Outra linha de trabalho defende a ideia de não existir tal relação. O capítulo 2 apresenta, por meio de análise descritiva, dados macroeconômicos e de comércio internacional das economias africanas. A partir de dados de 52 países para período de 1990 a 2014, pode-se observar que o continente africano apresenta melhorias no contexto macroeconômico, com aumento das exportações em conjunto à elevação das taxas de crescimento, sugerindo uma relação positiva entre as variáveis. Os indicadores do comércio revelam a inserção da África na economia global, tendo como principais parceiros União Europeia, EUA, China e alguns países emergentes. Além disso, a análise revela uma pauta exportadora muito concentrada em petróleo e commodities agrícolas. A maioria dos países da África convive com saldo negativo da balança comercial, em função da exportação de produtos primários de baixo valor agregado e a importação de produtos manufaturados, de maior valor agregado. Por fim, o capítulo 3 realiza uma investigação empírica através de método econométrico de dados em painel. Os resultados obtidos sugerem existência de relação positiva entre as exportações e o crescimento econômico, isto é, há evidencias de que as taxas de crescimento das economias africanas podem ser estimuladas pela expansão da participação das exportações no PIB. Os coeficientes estimados são positivos e estatisticamente significativos tanto na estimação pelo efeito fixo, como pela estimação por GMM System. A estimação dos modelos de crescimento por efeitos fixo ou aleatório indica uma relação direta e estatisticamente significativa entre exportação de petróleo/minerais e a taxa de crescimento dos países africanos. Assim, o perfil das exportações revela ser importante para a determinação da taxa de crescimento. Os resultados obtidos a partir das estimativas não corroboram com os argumentos da literatura denominada Maldição dos Recursos Naturais para o período analisado, visto que, exportar recursos naturais, especialmente petróleo e minerais, foram relevantes para explicar o desempenho da taxa de crescimento das economias.
Abstract: This study aims to evaluate the relationship between the export profile and the African GDP growth rate. Chapter 1 presents the literature on the subject and studies that analyze the specific case of Africa. There seems to be a consensus that exports contribute to economic growth. However, there is no consensus on the benefits that are incorporated from exported products. The divergence lies between the approach of the Natural Resources Curse, where concentration of exports in commodities does not contribute to economic growth. Another work line supports the idea there is no such relation. Chapter 2 presents, through descriptive analysis, macroeconomic and international trade data for African economies data. Based on data from 52 countries for the period 1990-2014, it can be observed that the African continent has improved in macroeconomic terms, with increased exports and economic growth rates, suggesting a positive relationship between the variables. Trade indicators show Africa's integration into the global economy, with European Union, USA, China and some emerging countries as main partners. In addition, the analysis showed that the export is concentrated in oil and agricultural commodities. Most African countries face a negative trade balance, depending of primary products exports with low added value and imports of manufactured goods. Finally, Chapter 3 presents an empirical research using panel data analysis. The results suggest, in general, evidences that exports are important for explaining the African economic growth rate of African economies can be stimulated by the expansion of the share of exports in GDP. The estimated coefficients are positive and statistically significant in both the fixed effect estimation, as the estimation by GMM System. The estimation of growth models for fixed or random effects indicates a direct and statistically significant relationship between export oil / minerals and the growth rate of African countries. Thus, the export profile turns out to be important to determine the growth rate. The results obtained from the estimates do not corroborate the literature arguments called Curse of Natural Resources for the period analyzed, since export natural resources, especially oil and minerals, were relevant to explain the performance of the growth rate of economies.
Keywords: Economia
Exportação
Comércio internacional
África - Condições econômicas
Perfil Exportador
Crescimento Econômico
Dados em Painel
África
Export Profile
Economic Growth
Panel Data
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Economia
Citation: CORREIA, Heldrino Joteminga. Perfil exportador e crescimento econômico: uma análise de painel para economias africanas. 2016. 87 f. Dissertação (Mestrado em Economia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17595
Issue Date: 17-Feb-2016
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PerfilExportadorCrescimento.pdfDissertação1.08 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.