Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17592
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Fontes de matéria orgânica para a formulação de fertilizantes organominerais peletizados no desenvolvimento da cultura do sorgo
metadata.dc.creator: Oliveira, Douglas Prates
metadata.dc.contributor.advisor1: Camargo, Reginaldo de
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Lana, Regina Maria Quintão
metadata.dc.contributor.referee1: Silva, Adriane de Andrade
metadata.dc.contributor.referee2: Domingues, Luis Augusto da Silva
metadata.dc.description.resumo: Fertilizantes organominerais estão sendo utilizados para atender à necessidade nutricional das plantas e reduzir a dependência em relação aos adubos minerais. Essa prática aperfeiçoa o uso dos nutrientes pelas plantas e melhora a estrutura do solo devido à matéria orgânica presente nesses fertilizantes. Este trabalho teve como objetivo determinar o efeito de fontes de matéria orgânica utilizadas na composição de fertilizantes organominerais e compará-lo com o dos tradicionais adubos minerais no que diz respeito ao desenvolvimento inicial do sorgo. A pesquisa foi conduzida em casa de vegetação da Universidade Federal de Uberlândia, no município de Uberlândia, Minas Gerais, Brasil. Para a semeadura, foram utilizadas sementes de sorgo granífero, híbrido simples 1G100. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados em esquema fatorial 4 x 3 + 2, sendo os fatores quatro níveis (50, 75, 100 e 125% de 450 kg ha-1, que é a dose recomendada para a cultura), três fontes de matéria orgânica para produção dos organominerais (lodo de esgoto, torta de filtro e turfa), o controle (adubação 100% mineral) e a testemunha (sem adubação). Cada parcela do experimento era composta por quatro plantas divididas em dois vasos. O solo utilizado foi o Latossolo Vermelho. No 30o e 60o dias após a semeadura, foram realizadas análises da altura da planta, diâmetro de caule, clorofila A, clorofila B e área foliar. Ao final desse período, as plantas foram retiradas do solo, e separou-se a parte área para secá-la em estufa de ar forçado e, em seguida, aferir-lhe a massa seca. O uso dos fertilizantes organominerais apresentou médias superiores às do controle e às da testemunha para quase todas as variáveis analisadas no 30o dia – a única exceção foi a variável diâmetro, em relação à qual os organominerais foram superiores apenas à testemunha. O sorgo fertilizado com organominerais continuou apresentando boas médias nas variáveis analisadas no 60o dia: mesmo com a redução da dose, foi possível observar médias similares àquelas encontradas para o controle. Para algumas variáveis, como o diâmetro e a massa seca da parte aérea, houve níveis de organominerais que foram superiores aos do controle e aos da testemunha. Portanto, nas condições e variáveis do presente trabalho, o uso de organominerais é capaz de substituir a adubação mineral no desenvolvimento inicial do sorgo, mesmo com a redução da dose aplicada.
Abstract: Organo-mineral fertilizers have been used to both meet plants’ nutritional needs and reduce producers’ reliance on mineral fertilizers. This practice improves both the use of nutrients by plants and the soil structure due to the organic matter in these fertilizers. This study aimed to determine the effect of organic matter sources in the composition of organomineral fertilizers and compare it to the effect of traditional mineral fertilizers when it comes to the initial development of sorghum. Research was carried out in a greenhouse at the Federal University of Uberlandia, in Uberlandia, Minas Gerais, Brazil. Sorghum seeds of grain-bearing simple hybrid 1G100 were used in the seeding process. The experiment followed a randomized complete block design in a 4 x 3 + 2 factorial arrangement. Factors included four levels (50, 75, 100 and 125% of 450 kg ha-1, which is the recommended dose for sorghum crops), three organic matter sources in the composition of the organomineral fertilizers (sewage sludge, filter cake, and peat), a control (100% mineral fertilizer), and an untreated check (no fertilizers). Each experimental plot consisted of four plants divided into two pots. Oxisol was used in all pots. Analyses were performed at 30 and 60 days after seeding (DAS) and targeted: plant height, stem diameter, chlorophyll A, chlorophyll B, and leaf area. After this period, plants were removed from the soil, and had their aerial parts isolated to be dried in an air-forced oven before measurement of their dry mass. Means of the organomineral fertilizers outperformed those of both control and untreated check plots in almost all variables at 30 DAS. The only exception was variable stem diameter, in which organomineral fertilizers outperformed untreated check plots only. Sorghum fertilized with organomineral fertilizers also showed positive results in the variables analyzed at 60 DAS: even with dose reduction, their means were similar to those found in control plots. Organomineral fertilizers had higher means in some variables, such as diameter and dry mass of the aerial part, than both control and untreated check plots. In the conditions set in this study and considering the variables herein reported, organomineral fertilizers can substitute mineral fertilizers in the initial development of sorghum, even with some dose reductions.
Keywords: Agronomia
Sorgo - Adubação
Fertilizantes orgânicos
Plantas - Nutrição mineral
Organomineral
Lodo de esgoto
Turfa
Torta de filtro
Nutrição vegetal
Biofertilizer
Sewage sludge
Filter cake
Peat
Plant nutrition
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Agronomia
Citation: OLIVEIRA, Douglas Prates. Fontes de matéria orgânica para a formulação de fertilizantes organominerais peletizados no desenvolvimento da cultura do sorgo. 2016. 47 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17592
Issue Date: 18-Mar-2016
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FontesMateriaOrganica.pdfDissertação1.06 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.