Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17539
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Avaliação das áreas potenciais para preservação ambiental e áreas de conflito na bacia hidrográfica do ribeirão São Lourenço Ituiutaba/MG
Author: Mendes, Lisiane da Silva
First Advisor: Rosa, Roberto
First member of the Committee: Silva, Mirna Karla Amorim da
Second member of the Committee: Silva, Arcênio Meneses da
Summary: As Áreas de Preservação Permanente (APPs) auxiliam na conservação dos recursos hídricos, proteção do solo e corpos d água, uma vez que permitem maior percolação da água no solo, oferecem proteção contra processos erosivos, lixiviação, e impedem que quantidades excessivas de sedimentos, ou resíduos de fertilizantes eutrofizem os cursos d água. O planejamento do uso e cobertura da terra garante o desenvolvimento de atividades sustentáveis necessárias ao equilíbrio do sistema que compõe a bacia hidrográfica, auxiliando na manutenção da quantidade e qualidade da água. A presente pesquisa teve por objetivo avaliar as áreas de conflito do uso da terra em APPs, bem como identificar áreas com potencial de preservação na Bacia Hidrográfica do Ribeirão São Lourenço e com isso gerar um mapa de áreas potenciais para preservação. Para tanto, foi realizado o mapeamento do uso e cobertura da terra, e elaborados mapas temáticos de uso da terra, de solos, declividade, hipsometria, capacidade de uso, APPs e áreas potenciais para preservação. Foi utilizada a metodologia do Sistema de capacidade de uso para avaliar a capacidade de uso das terras verificando as áreas impróprias para agricultura que teriam potencial para preservação ambiental. Além disso, a partir do cruzamento de dados, foram diagnosticados conflitos com o uso atual em APPs. Dos 29.429,10 ha da bacia, 12,64% correspondem às APPs. Desse valor, 34,84% apresentam conflito de uso representado por atividades antrópicas em APP, e 65,16% são ocupados por vegetação nativa. Apesar de grande parte das APPs estarem cobertas por vegetação nativa faz-se necessário a adequação do uso em áreas de conflito para regularização ambiental e conservação dos recursos naturais e ecossistemas. Do total da área da bacia, 88,82% estão aptos à agricultura e pertencem às classes de capacidade de uso II e III. No entanto algumas técnicas de conservação devem ser realizadas para evitar o depauperamento da terra. Apesar de estarem aptas à agricultura, deve-se observar nessas classes a existência de áreas de preservação permanente. Na classe IV, que corresponde a 2,11%, o uso agrícola é mais restrito devido às limitações mais severas, por isso é indicada para cultivo perene. As áreas inaptas à agricultura representam 6,27% da área da bacia. Esses locais apresentam alto risco de erosão ou má drenagem do solo, portanto foram enquadradas nas classes VII e VIII. As técnicas de geoprocessamento utilizadas neste trabalho permitiram, de forma eficiente, a obtenção de dados referentes às áreas potenciais para preservação ambiental, além dos principais conflitos em APPs na área. Esses resultados podem auxiliar no planejamento e gestão da ocupação do território da bacia, e minimização dos impactos do uso antrópico na mesma.
Abstract: The Permanent Preservation Areas (PPAs) help in the conservation of water resources, soil and water bodies protection, as they allow greater water percolation into the soil, offer protection against erosion, lixiviation and prevent that excessive amounts of sediment, or fertilizer residues, waterways' eutrophication. The planning of land s use and cover ensures the development of sustainable activities necessary to the system s balance which makes up the watershed, helping in the maintenance of water s quantity and quality. This study aimed evaluate the conflict areas of land use in PPAs, as well as identify areas with preservation potential at Ribeirão São Lourenço s watershed and with that generate a map of potential areas for preservation. Therefore, it was accomplished the mapping of land use and cover and elaborated thematic maps of land use, soils, declivity, hypsometry, capacity of use, PPA and areas for preservation. It was used a specific methodology to evaluate the land use capacity checking unsuitable areas for agriculture which would have potential for environmental preservation. Furthermore, from the crossing data, It was diagnosed conflicts such as current use in PPA areas. Of 29,429.10 ha of the watershed, 12.64% correspond to the PPAs. Of this amount, 34.84% present conflicts of use represented by human activities in PPA and 65.16% are occupied by native vegetation. Although a great part of the PPAs are covered by native vegetation, it is necessary the use adequacy in conflict areas for the environmental regularization and conservation of natural resources and ecosystems. Of the watershed total area, 88.82% are apt for agriculture and belong to classes of use capacity II and III. However, some conservation techniques must be accomplished to prevent the deterioration of the land. Despite being apt for agriculture, it must be noted in these classes the existence of permanent preservation areas. In class IV which corresponds to 2.11%, the agricultural use is more restricted due to more severe limitations, therefore it is indicated for perennial crop. The inapt areas for agriculture represent 6.27% of the watershed area. These places show a high-risk of erosion or poor soil drainage, so they were placed in the classes of capacity of use VII and VIII. The GIS techniques used in this study allowed efficiently data obtaining reffering to potential environmental preservation areas, besides the main conflicts in PPAs in the area. These results can help in the planning and management of territory occupation of the watershed, and minimizing the impacts of anthropic use in it.
Keywords: Geotecnologia ambiental
Áreas de conservação de recursos naturais
Solo - Uso
Geotecnologias
Área de preservação permanente
Uso da terra
Geotechnologies
Permanent preservatation area
Land use
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS
Language: por
Country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Institution Acronym: UFU
Department: Ciências Exatas e da Terra
Program: Programa de Pós-graduação em Qualidade Ambiental
Quote: MENDES, Lisiane da Silva. Avaliação das áreas potenciais para preservação ambiental e áreas de conflito na bacia hidrográfica do ribeirão São Lourenço Ituiutaba/MG. 2016. 94 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Exatas e da Terra) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17539
Date of defense: 29-Feb-2016
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Qualidade Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AvaliacaoAreasPotenciais.pdf4.95 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.