Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17495
metadata.dc.type: Tese
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Desenvolvimento de metodologia analítica para extração e pré-concentração de Ag(I) utilizando a moringa oleifera Lam.
Other Titles: Development of analytical methodology for extraction and preconcentration of Ag(I) using the Moringa oleifera Lam.
metadata.dc.creator: Araújo, Cleide Sandra Tavares
metadata.dc.contributor.advisor1: Coelho, Nivia Maria Melo
metadata.dc.contributor.referee1: Eiras, Sebastiao de Paula
metadata.dc.contributor.referee2: Romanielo, Lucienne Lobato
metadata.dc.contributor.referee3: Tarley, César Ricardo Teixeira
metadata.dc.contributor.referee4: Nascentes, Clésia Cristina
metadata.dc.description.resumo: Processos industriais tem sido historicamente um importante fator de degradação ambiental. A disposição inadequada de resíduos industriais contendo metais tóxicos em fontes de águas representa um grande problema, que concerne não somente à biota, mas também para humanos. Neste trabalho, foi avaliada a capacidade adsortiva das sementes trituradas de Moringa oleifera Lam. como um material alternativo para remoção e pré-concentração de íons Ag(I) em águas. No primeiro capítulo foi avaliada a capacidade das sementes de moringa para remoção de íons Ag(I) em sistemas aquosos contaminados por este íon metálico. Antes da otimização dos parâmetros foram realizados testes preliminares com a moringa envolvendo a casca da semente, polpa da semente e a semente integral para avaliar a parte da semente que apresentava maior capacidade de remoção, e como espécie analítica de interesse, utilizou-se íons Ag(I). Os resultados mostram maior eficiência usando as sementes integrais. Os parâmetros de otimização avaliados para o adsorvente nos ensaios de remoção foram: granulometria, pH e tempo de agitação, volume de solução, concentração e massa do adsorvente. A quantificação do teor de prata, antes e após o tratamento, foi realizada por Espectrometria de Absorção Atômica por Chama (FAAS). As condições otimizadas foram: Granulometria ≤ 500 μm; pH = 6,5; Tempo de Agitação = 20 minutos; Massa = 2,0 g; concentração de Ag(I) = 25 mg L-1 e volume = 100 mL. Observou-se uma remoção de íons Ag(I) de 98% quando se utiliza a Moringa oleifera Lam. como adsorvente. A metodologia proposta foi aplicada para o tratamento das seguintes amostras: resíduo de aulas práticas de Química Analítica e de análise de DQO, gerados nesta Instituição de Ensino; de material fotorrevelador e resíduo de material gráfico, ambos obtidos em indústrias locais. Os valores obtidos para a remoção de Ag(I) foram de 92%, 82% e 91% respectivamente, utilizando as sementes trituradas de moringa como adsorvente, sendo que para o resíduo do material gráfico não foi detectado a presença do metal de interesse. Foi estudada a possível interferência de outros metais nesta análise, a saber: Cd(II), Co(II), Cu(II) e Pb(II). O valor da capacidade máxima adsortiva (CMA) de íons Ag(I) pelo adsorvente 25,56 mg g-1 de semente de moringa seca, foi obtido com a construção da isoterma de adsorção, determinando-se graficamente a quantidade máxima (mg) do adsorvato que pode ser adsorvido numa dada massa de adsorvente (g). Técnicas de caracterização incluindo espectrometria por infravermelho, difração de raios-X, análise termogravimétrica e microscopia eletrônica de varredura foram utilizadas na avaliação físico-química das sementes trituradas de moringa. No segundo capítulo foi apresentado um método de pré-concentração de íons Ag(I) utilizando análise em fluxo com o emprego de sementes trituradas de Moringa oleifera Lam., como material adsorvente. O sistema de pré-concentração acoplado ao FAAS foi executado com o referido adsorvente percolando durante 4 minutos solução de Ag(I) 0,01 mg L-1, na mini-coluna recheada com 35 mg de sementes trituradas de moringa a uma vazão de 5,5 mL min-1. A eluição foi realizada com 100 μL de HNO3 0,5 mol L-1. Foi obtido um fator de préconcentração igual a 35; limite de detecção (LD) igual a 0,22 mg L-1 e limite de quantificação (LQ) igual a 0,73 mg L-1. A exatidão do método foi atestada com o uso de padrão certificado para águas APS-1071 (Alpha Resources 3090 Johnson RD, Stevensville, USA). Diante dos resultados obtidos, conclui-se que o material apresentou alta capacidade de remoção para íons Ag(I). O método desenvolvido mostrou-se satisfatório para a pré-concentração e determinação de íons prata em águas dada a sua simplicidade, eficiência, baixo custo e pouca influência dos contaminantes estudados. Avalia-se que a utilização da Moringa oleifera Lam. como material alternativo para a pré-concentração de prata é viável.
Abstract: Industrial process have been historically an important factor of environmental degradation. The disposal of industrial wastes, mainly containing toxic metals, in water sources represents a problem of great concern not only in relation to biota in receiving environment but also to humans. In this work, the adsorptive capacity of the crushed seeds of Moringa oleifera Lam. was evaluated in order to quest alternative materials for removal and preconcentration of silver ions. The first chapter describes the results of removal of Ag(I) ions in contaminated aqueous systems utilizing moringa seeds. Preliminary tests were carried out using the seeds of moringa as: non-shelled, shelled seeds and husks were tested for their adsorption potential for ions Ag(I). The results showed greater efficiency for non-shelled seeds. The parameters evaluated were: particle size, pH and agitation time, concentration and volume of solution, adsorbent mass. Silver was quantified before and after treatment, by Flame Atomic Absorption Spectrometry. The optimum conditions were: particle size ≤ 500 μm, pH = 6.5, agitation time = 20 minutes, adsorbente mass = 2.0 g, concentration of Ag(I) = 25 mg L-1 and volume = 100 mL. In these conditions, the removal of ions Ag(I) was 98%. The proposed methodology was applied to the treatment of the following samples: residue of experimental classes of Analytical Chemistry and analysis of chemical oxygen demand, generated at the university, and waste photographic material from local industries. The values obtained for the removal of Ag(I) were 92%, 82% and 91% respectively, using the non-shelled seeds of moringa as adsorbent. Also, it was studied the possible interference of other metals in proposed method, namely Cd(II), Co(II), Cu(II) e Pb(II). The value of the maximum adsorptive capacity for ions Ag(I) was 25.56 mg g-1 obtained through of the adsorption isotherm. Characterization techniques, including infrared spectrometry, X-ray diffraction, thermogravimetric analysis and scanning electron microscopy were used to assess physical and chemical proprieties of nonshelled seeds of moringa. The second chapter was presented a method for preconcentration of v ions using flow system and non-shelled seeds of Moringa oleifera Lam. as adsorbent material. The preconcentration system was coupled to FAAS. The following experimental conditions carried out: for 4 minutes leachate solution of Ag(I) 0.01 mg L-1, about of ground seeds of moringa packaged in a mini-column flow of. The elution was performed with of HNO3 0.5 mol L-1. The concentration factor was 35, resulting in detection limit of 0.22 μgL-1 e quantification limit of 0.73 μgL-1. Accuracy of the method was cheked by using certified reference material for water APS-1071 (Alpha Resources 3090 Johnson RD, Stevensville, USA). The proposed method has advantages such as low cost of sorbent, high efficiency and minimization of chemical sludge. The moringa is an alternative material for chemical remediation and is economically and environmentally friendly.
Keywords: Caracterização
FIA
Pré-concentração
Prata
Moringa oleifera Lam.
Characterization
FIA
Preconcentration
Silver
Química analítica
Moringa oleifera
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Exatas e da Terra
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação Multi-Institucional em Quimica (UFG - UFMS - UFU)
Citation: ARAÚJO, Cleide Sandra Tavares. Development of analytical methodology for extraction and preconcentration of Ag(I) using the Moringa oleifera Lam.. 2009. 215 f. Tese (Doutorado em Ciências Exatas e da Terra) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2009.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17495
Issue Date: 30-Jun-2009
Appears in Collections:TESE - Química (Multi-Institucional UFG - UFMS - UFU)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dis.pdf4.32 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.