Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17467
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Uma feira para Amélia: a educação da mulher brasileira pela coluna Correio Feminino do jornal Correio da Manhã (1959-1961)
metadata.dc.creator: Neiva, Renata Maria de Oliveira
metadata.dc.contributor.advisor1: Campos, Raquel Discini
metadata.dc.contributor.referee1: Cunha, Maria Teresa Santos
metadata.dc.contributor.referee2: Puga, Vera Lúcia
metadata.dc.description.resumo: O presente relatório técnico-científico demonstra os resultados obtidos com a pesquisa Uma feira para Amélia: a educação da mulher brasileira pela coluna Correio Feminino do jornal Correio da Manhã (1959-1961) desenvolvida durante o Mestrado Interdisciplinar em Tecnologias, Comunicação e Educação do Programa de Pós-graduação em Tecnologias, Comunicação e Educação da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Uberlândia. Além de apresentar um relato da investigação, o relatório traz dados sobre o produto desenvolvido durante o curso, o videodocumentário O espelho de Amélia: a feira de Helen Palmer no Correio da Manhã. A pesquisa analisou os ensinamentos dados às leitoras do Correio da Manhã (RJ) bem como as representações sobre elas que circulavam na coluna Correio Feminino: Feira de Utilidades, publicada no Segundo Caderno, entre 1959 e 1961. Redigida pela escritora Clarice Lispector, que adotava o pseudônimo Helen Palmer, a coluna trazia textos voltados à leitura da mulher jovem e casada (ou à procura de marido), e abordava temas relacionados ao universo feminino dos grupos das camadas médias urbanas. Observou como o jornal educava 9 essa mulher que surgia no fim dos anos de 1950 - uma mulher que tentava equilibrar-se entre o tripé mãe/dona de casa/esposa e o perfil da nova trabalhadora citadina que, lentamente, começava a conquistar o mercado. O estudo investigou, portanto, não apenas como as mulheres eram imaginadas e representadas no impresso, mas também como foram educadas por um jornal de grande influência em todo o País para assumir determinados papéis sociais voltados, sobretudo, para a satisfação do olhar do outro, mas não só. Sob inspiração das pesquisas referentes à História Social da Imprensa, a Gênero e à História da Educação das Mulheres, o presente trabalho examinou as colunas de Helen Palmer, relacionando texto e contexto de uma seção escrita por e para a mulher.
Keywords: Correio da Manhã (Jornal) Mulheres
Lispector, Clarice, 1925-1977
Imprensa - Educação
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Tecnologias, Comunicação e Educação (Mestrado Profissional)
Citation: NEIVA, Renata Maria de Oliveira. Uma feira para Amélia: a educação da mulher brasileira pela coluna Correio Feminino do jornal Correio da Manhã (1959-1961). 2014. 144 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2014.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17467
Issue Date: 3-Sep-2014
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Tecnologias, Comunicação e Educação (Mestrado Profissional)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FeiraAmeliaEducacao.pdf11.16 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.