Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17326
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Síntese e caracterização de partículas de acetato de celulose, a partir do caroço de manga, para produção de matrizes de liberação controlada de drogas
metadata.dc.creator: Cruz, Alisson Costa da
metadata.dc.contributor.advisor1: Assunção, Rosana Maria Nascimento de
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Rodrigues Filho, Guimes
metadata.dc.contributor.referee1: Ruggiero, Reinaldo
metadata.dc.contributor.referee2: Otaguro, Harumi
metadata.dc.description.resumo: No presente trabalho o acetato de celulose produzido a partir da celulose das fibras do caroço de manga foi utilizado como matriz para a confecção de micropartículas processadas utilizando o método de evaporação de solvente. Foram produzidas micropartículas vazias e carregadas com o paracetamol visando avaliar a incorporação de um agente ativo pelo polímero durante a formação das micropartículas. A caracterização dos sistemas produzidos foi feita através das técnicas de espectroscopia na região do infravermelho (IV), Calorimetria Exploratória Diferencial (DSC) e microscopia eletrônica de varredura (MEV). O uso do diacetato de celulose como matriz para produção das micropartículas levou a incorporação do paracetamol observada através de um pico endotérmico de fusão do paracetamol no termograma de DSC. As partículas produzidas são em sua maior parte irregulares com um tamanho médio de 3μm, a maior parte do material mantém uma estrutura fibrosa sem a produção de partículas. Para o triacetato de celulose observa-se a formação de micropartículas esféricas e bem formadas com um diâmetro médio de 1μm. A incorporação do paracetamol pode ser confirmada a partir de alterações no envelope de algumas bandas na região do infravermelho e da mudança no valor da temperatura de transição vítrea (Tg) fato que indica a existência de interações entre a matriz e o fármaco incorporado. Quantitativamente observa-se uma incorporação de 1,58% de paracetamol, com uma liberação de 54,8% do fármaco com 60 minutos de hidrólise. Os resultados obtidos mostram a viabilidade de produzir matrizes micropartículadas para incorporação de fármacos a partir de fontes celulósicas alternativas.
Abstract: In this work the cellulose acetate produced from cellulose fibers of the mango seed was used as a matrix for production of microparticles processed using the method of solvent evaporation. Empty microparticles and loaded paracetamol particles were produced to evaluate the incorporation of an active agent by the polymer during the formation of microparticles. The characterization of the systems produced was done by Infrared spectroscopy (IR), Differential Scanning Calorimetry (DSC) and scanning electron microscopy (SEM). The use of cellulose diacetate as a matrix for production of microparticles led to incorporation of paracetamol observed through an endothermic peak of melting of paracetamol in the DSC thermogram. The particles produced are mostly irregular with few average size of 3μm, the bulk of the material has a fibrous structure without particle production. For cellulose triacetate was observe the formation of spherical and well shaped microparticle with a diameter of 1μm. The incorporation of paracetamol can be confirmed from changes in the pattern of several bands in the infrared region and change the value of the glass transition temperature (Tg) a fact which indicates the existence of interactions between the matrix and the drug incorporated. Quantitatively, there is an incorporation of 1.58% for paracetamol, with a release of 54.8% of the drug after 60 minutes of hydrolysis. The results indicate the feasibility of producing microparticles matrices for incorporation of drugs from renewable cellulosic alternatives
Keywords: Caroço de manga
Acetato de celulose
Micropartículas
Paracetamol
Mango seed
Cellulose acetate
Microparticles
Manga - semente
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Exatas e da Terra
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Química
Citation: CRUZ, Alisson Costa da. Síntese e caracterização de partículas de acetato de celulose, a partir do caroço de manga, para produção de matrizes de liberação controlada de drogas. 2010. 70 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Exatas e da Terra) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2010.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17326
Issue Date: 21-Jun-2010
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Diss Alisson.pdf1.5 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.