Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17304
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Avaliação da biodisponibilidade de metais em amostras de sedimentos do Rio Uberabinha (Uberlândia Minas Gerais)
metadata.dc.creator: Silva, Luciano Alves da
metadata.dc.contributor.advisor1: Coelho, Luciana Melo
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Coelho, Nivia Maria Melo
metadata.dc.contributor.referee1: Rosolen, Vania Silvia
metadata.dc.contributor.referee2: Costa, Leticia Malta
metadata.dc.description.resumo: Com o aumento das atividades antrópicas tais como industrialização e urbanização a carga de metais tóxicos que chega aos corpos hídricos tem aumentado cada vez mais. Estas atividades são responsáveis pela entrada de quantidades expressivas de elementos tóxicos nas águas superficiais, afetando negativamente a qualidade dos sedimentos. Os sedimentos podem estocar substâncias perigosas ou, então, atuar como uma fonte secundária de poluição pela liberação de contaminantes no sistema aquático. Tal comportamento pode representar um risco para o meio ambiente e saúde humana. O objetivo do presente trabalho foi determinar a concentração pseudo-total e a fração biodisponível de alguns elementos considerados tóxicos para o ambiente e a saúde humana como o Cd, Pb, Cu, Cr e Zn em sedimentos coletados em diferentes pontos do Rio Uberabinha (Uberlândia, MG). Para tal objetivo foi aplicado o protocolo de extração química sequencial proposto pelo Standarts, Measurements and Testing Programs (Community Bureau of References - BCR). Este método consiste em extrair os metais ligados as frações dos carbonatos, óxidos de ferro, manganês e alumínio e a fração ligada à matéria orgânica. Além dessas frações se recomenda uma etapa extra de digestão conhecida como pseudo-total. Essa última está relacionada com os metais ligados a alguns silicatos e nos minerais primários. Os metais foram determinados por espectrometria de absorção atômica por chama. Para comparação dos dados, as amostras de sedimento foram submetidas à digestão em fornos de microondas com cavidade e, posteriormente, os metais determinados no espectrômetro de absorção atômica por chama. Com os resultados obtidos pode-se avaliar a qualidade dos sedimentos do Rio Uberabinha e o potencial de toxicidade e disponibilidade dos metais no ambiente. O estudo proposto possibilita avaliar a biodisponibilidade dos metais tóxicos e, por conseqüência, prever os riscos destes no ambiente. Os resultados evidenciam que nos cinco pontos de coleta a quantidade de metal encontrada nos sedimentos não foi significativa. O chumbo foi uma exceção, pois apresentou valores acima do referenciado pela resolução do CONAMA.
Abstract: The increase in human activities such as industrialization and, urbanization is responsible for an high disposal of toxic metals in water bodies. These activities are responsible for the introduction of significant quantities of toxic elements in natural waters adversely affecting the quality of sediments. The sediments can accumulated hazardous substances, or act as a secondary source of pollution through the releasing of contaminants in aquatic systems. Such behavior can be dangerous to the environment and human health. The goal of this study was to determine the total concentration and bioavailability of some elements considered toxic to the environment and human health such as Cd, Pb, Cu, Cr and Zn in sediments collected in different parts of the river Uberabinha (Uberlândia, MG). For this purpose, the sequential chemical extraction method proposed by Standards, Measurements and Testing Programs (Community Bureau of References - BCR) was applied. In this method, the metals are extracted from fractions of carbonates, iron, manganese and aluminum oxides and the fraction bound to organic matter. Additionally, other step "pseudototal" is recommended. This step is used to evaluate the metal boudend to some silicates and primary minerals. The metals were determined by flame atomic absorption spectrometry (FAAS). The metals extracted were: cadmium, chromium, copper, zinc and lead. For data comparison samples of sediments were decomposed intocavits microwave oven, and subsequently the metals were also determined by flame at abs spec (FAAS). The results allowed to evaluate the quality of sediments in the Rio Uberabinha and the potential mobility and toxicity of these elements. Affer the proposed study it is able to evaluate the bioavailability of toxic metals and, consequently, provides the risk of the environment. The results show that the five points to collect the amount of metal found in the sediment was not significant. Lead was an exception, as mentioned above the values presented by the CONAMA resolution.
Keywords: Sedimentos e depósitos - Uberabinha, Rio (MG)
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Exatas e da Terra
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Química
Citation: SILVA, Luciano Alves da. Avaliação da biodisponibilidade de metais em amostras de sedimentos do Rio Uberabinha (Uberlândia Minas Gerais). 2009. 75 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Exatas e da Terra) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2009.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17304
Issue Date: 27-Mar-2009
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
343oLucianoFINAL.pdf983.29 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.