Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17275
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Satisfação e insatisfação no casamento : os dois lados de uma mesma moeda ?
metadata.dc.creator: Machado, Luciane Medeiros
metadata.dc.contributor.advisor1: Coleta, Marilia Ferreira Dela
metadata.dc.contributor.referee1: Tassara, Eda Terezinha de Oliveira
metadata.dc.contributor.referee2: Rasera, Emerson Fernando
metadata.dc.description.resumo: O relacionamento conjugal coloca-se como a mais íntima de todas as relações, trazendo consigo inúmeras particularidades que fazem desta temática uma rica e inesgotável fonte de informações sobre a natureza humana em interação. O objetivo geral deste estudo foi identificar os comportamentos dos maridos responsáveis pela satisfação e insatisfação conjugal das mulheres. De posse destes resultados, buscou-se analisar semelhanças e diferenças entre os comportamentos, de modo a verificar a possibilidade de duas dimensões, uma para satisfação e outra para insatisfação conjugal. A amostra compôs-se de 103 mulheres casadas, em média há 16 anos, um a dois filhos, sendo a maioria católica, freqüentadoras assíduas de seus templos religiosos, com nível de escolaridade correspondendo principalmente ao 2º grau completo e trabalhando em diversas atividades, com renda individual entre R$300,00 e R$900,00. As mulheres foram contatadas em residências, escola e locais de trabalho. Após serem esclarecidas sobre os objetivos do estudo e concordarem em participar do mesmo, foram individualmente entrevistadas, com o auxílio de um roteiro elaborado para este fim. Para a coleta de dados foi utilizada a técnica dos incidentes críticos, que consiste em colher relatos de ocorrências positivas e negativas, e retirar as situações e os comportamentos críticos envolvidos.O roteiro de entrevista foi composto por duas questões básicas sobre incidentes críticos, uma para incidente positivo e outra para negativo, além de quatro questões sobre comportamentos habituais do cônjuge responsáveis por sentimentos positivos na mulher: felicidade/contentamento e amor e por sentimentos negativos: tristeza/infelicidade e raiva. Após análise de conteúdo, foram obtidos 124 incidentes críticos positivos e 105 negativos, que foram classificados em 11 categorias por situação em que ocorreram, sendo a mais freqüente o cotidiano . Os resultados apontaram que os comportamentos críticos positivos, com maiores freqüências referiram-se a: apoiar, defender ou cuidar da esposa, presentear e sair da rotina ou viajar. Os comportamentos críticos negativos incluíram: ofender, agredir, tomar decisões importantes sem consultar a esposa, envolvimento com outra mulher e embriagar-se. A análise destes comportamentos revelou que aqueles relativos à satisfação eram diferentes daqueles relacionados à insatisfação conjugal, com exceção de apoiar, defender e cuidar da mulher, que teve seu oposto, não apoiar. Tal resultado sugere duas dimensões, uma formada pelos fatores de satisfação e outra pelos de insatisfação, hipótese que poderá vir a ser confirmada através de outros estudos e métodos. Sobre os comportamentos habituais do marido relacionados a sentimentos de felicidade e amor da mulher, destacam-se principalmente: ser afetuoso, carinhoso, sair para passear com a companheira e presentear ou fazer festas surpresas. Já os comportamentos habituais que levam a sentimentos de tristeza e de raiva referem-se principalmente a: demonstrar atitudes e emoções negativas, não conversar, falar pouco ou não falar e a vícios do companheiro, como beber, jogar ou fumar. Ao se comparar os comportamentos críticos com os comportamentos habituais, foram verificadas semelhanças, mas importantes diferenças, de modo que no cotidiano é importante ajudar nas tarefas domésticas, conversar e demonstrar atitudes e emoções positivas, enquanto em situações críticas, extremas, marcantes, é importante apoiar, defender e cuidar do bem-estar da esposa e são altamente negativos ofensas, agressões e traição. Estes resultados sugerem que não basta agir de modo positivo, mas é preciso, também, evitar que os comportamentos negativos prejudiquem a relação.
Abstract: Marital relationship is the most intimate among the relations, bringing within several particularities that make this issue a rich and never-ending source of information about human nature. The general purpose of this work was to identify husband behaviors responsible to the satisfaction and dissatisfaction of their women. With these results, we tried to analyze similarities and differences between behaviors, in order to verify the possibility of two dimensions, one for satisfaction and other for marital dissatisfaction. The sample was composed by 103 married women, average age of 16 years old, with one or two children, being the majority catholic, that usually go to their church, with an educational level corresponding to completed middle school, and working in several activities, with a salary between R$300.00 and R$900,00. Women were found at their residences, schools and at work location. After being notified about the objectives of the study and agree in participating of it, they were individually interviewed, with the support of a questionnaire developed for this. For data collection, the Critical Incident Technique was used, consisting in getting reports of positive and negative occurrences, and to select the critical situations and behaviors. The questionnaire was composed by two questions on critical incidents, one for the positive incident and other for the negative one, plus four questions about frequent husband behaviors responsible for positive feelings on the women: happiness and love, and for negative feelings: sad/unhappiness and angry. After content analysis, we obtained 124 positive critical incidents and 105 negative ones, which were classified at 11 categories by the situation that they occurred, being day-to-day the most frequent.The results showed that the more frequent positive critical incident refers to: support, protect and care about the wife, to gift and go out or have a trip together. The negative critical incidents included: to offend, to hurt, making important decisions and not consulting the wife, being with other women and to be drunk.The analysis of those behaviors revealed that the ones related to satisfaction were different of those related to marital dissatisfaction, with the exception of supporting, protecting and caring about the wife, and its opposite, not to support. These results suggest two dimensions, one composed by the satisfaction s factors and another one about dissatisfaction, and this hypothesis might be confirmed by others studies and methods. About the husband s habitual behaviors related to happiness and love feelings, being: affective, caring, going out with her and to gift or to prepare a party point out among others.The habitual behaviors that lead to sadness and angry feelings refer specially to: demonstrate negative attitudes and emotions, not talking with her, not speaking too much or anything, and husband s addictive behaviors as drinking, gambling or smoking. When the critical behaviors were compared with the habitual behaviors, similarities were found, but also important differences, so that in day-by-day they must help with the housekeeping, talking with her, and to demonstrate positive attitudes and emotions, while in critical and extreme situations it is important to support, protect and care about the well-being of the wife, being negative to offend, to hurt, ant to cheat. These results suggest that it isn t enough to act in a positive way but is also important not to show negative behaviors so the relationship is not harmed.
Keywords: Satisfação no casamento
Dimensionalidade da satisfação conjugal
Insatisfação conjugal
Marriage satisfaction
Marital satisfaction dimensions
Marital dissatisfaction
Casamento Aspectos psicológicos
Psicologia social
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Psicologia
Citation: MACHADO, Luciane Medeiros. Satisfação e insatisfação no casamento : os dois lados de uma mesma moeda ?. 2007. 172 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2007.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17275
Issue Date: 12-Apr-2007
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LMMachadoDISPRT.pdf532.47 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.