Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17266
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Desenvolvimento e maturidade de carreira de estudantes universitários: validação de instrumetnos de medida
metadata.dc.creator: Oliveira, Marina Cardoso de
metadata.dc.contributor.advisor1: Coleta, Marilia Ferreira Dela
metadata.dc.contributor.referee1: Soares, Dulce Helena Penna
metadata.dc.contributor.referee2: Coleta, José Augusto Dela
metadata.dc.description.resumo: Visando contribuir para a ampliação do conhecimento sobre o Desenvolvimento e a Maturidade de Carreira de estudantes universitários no Brasil e oferecer instrumentos para este fim, este estudo orientou-se por dois objetivos. O primeiro foi verificar a validade e a confiabilidade de dois instrumentos de medida relacionados ao tema, sendo um deles sobre maturidade de carreira, amplamente utilizado em pesquisas internacionais (Escala Combinada de Atitudes da Maturidade de Carreira- CDA) e o outro, denominado Atribuição de Causalidade para as Decisões de Carreira - AACDM. O segundo objetivo foi descrever o perfil dos estudantes universitários pesquisados, em relação ao desenvolvimento e à maturidade de carreira, comparando os resultados de diferentes sub-grupos. Para atingir tais objetivos os dados foram coletados em três momentos diferentes, em que participaram 581 universitários, de instituições públicas e particulares, divididos em três amostras. A primeira para a validação semântica, a segunda para a validação estatística (fatorial) e a terceira para a validação de constructo. Para a validação semântica foi feita a tradução, retradução, análise dos itens e ensaio experimental. Os resultados desta etapa indicaram necessidade de adaptações somente na escala CDA, nas dimensões de Planejamento de Carreira - PC e Exploração de Carreira - EC. Para a validação estatística foram feitas análises fatoriais e testes de confiabilidade no sentido de verificar a estrutura e a precisão dos instrumentos. Os resultados confirmaram a estrutura fatorial e indicaram boa confiabilidade da escala CDA, bem como das escalas PC e EC. Entretanto, o instrumento AACDM não apresentou qualidades psicométricas aceitáveis. Para a validação de constructo foram realizados testes de correlação e análises de variância. Os resultados do teste de correlação e comparação entre os grupos foram, em sua maioria, coerentes com as expectativas teóricas. Contrariamente ao esperado, a internalidade do locus de controle não se correlacionou com as medidas da maturidade de carreira. Sobre o perfil do estudante universitário pesquisado, este se mostrou pouco envolvido em atividades de planejamento de carreira, principalmente em relação ao planejamento de estratégias que o ajude a decidir qual área de trabalho gostaria de atuar depois da conclusão dos seus estudos. Os resultados sobre a escala de EC indicaram que a utilização de fontes de informações, pelos universitários, se restringe basicamente aos professores, profissionais da área e livros. Sobre o estilo atribucional para as decisões de carreira, os universitários tendem a atribuir causas pessoais e controláveis para as suas decisões de carreira. Nesta mesma direção os universitários apresentam, em média, maior internalidade no locus de controle do que externalidade, tanto na dimensão acaso, quanto outros poderosos, entretanto, tendem a discordar da sua capacidade ou eficácia para realizar planos. Diante do exposto, os resultados obtidos nas três etapas desta pesquisa conferem validade à escala CDA para uso em futuras pesquisas ou como instrumento de diagnóstico individual e avaliação de programas de orientação de carreira destinados ao público universitário brasileiro.
Abstract: In order to contribute to extend the knowledge about Career Maturity and Development of college students in Brazil and offer instruments to this purpose, this work pursued two aims. The first one was to verify the vadility and reliability of two measure instruments, been the first one widely used in international researches: the Combined Scale of Career Development Attitudes (CDA) and the other one, named Assessment of Attributions for Career Decision Making (AACDM). The second aim was to describe the profile of college students, in regard to the career maturity and development, by comparing the results of different subgroups. To achieve such aims were collected data in three different stages, in which participated 581 college students, from state and private institutions. Students were divided into three sampling groups: the first for semantic validation, the second for statistical (factorial) validation and the third for construct validation. For semantic validation we translated, retranslated, analyzed items and performed an experimental trial. The results from this stage indicated the need for adaptations only in the CDA scale and in the Career Planning (CP) and Career Exploration (CE) dimensions. For statistic validation, was performed factorial analyses and reliability tests in order to verify the instruments structure and accuracy. Results confirmed the factorial structure and indicated satisfactory reliability of CDA scale, as well as CP and CE scales. However, the instrument AACDM showed no acceptable psychometric qualities. For construct validation was performed correlation tests and analyses of variance. The major part of the results of correlation and comparison tests among the groups was coherent to the theoretical expectations. Conversely, the internality of locus of control showed no correlation with the career maturity measures. In relation to the profile of college students, they revealed little involvement in planning career activities, mainly in relation to planning strategies that help them decide which work area to pursue after finishing college. Results about CE scale indicated that the use of information sources, by college students, is basically restricted to professors, professionals and books. Regarding the career decisions attributional style, college students tend to attribute personal and controllable causes to their career decisions. In the same direction, the college students showed, in average, higher internality than externality in the locus of control, in both luck dimension and powerful others, although they tend to disagree about their ability and efficacy to make plans. In conclusion, the results obtained in the three stages of this work provide validity to the CDA scale as an instrument to be used in future researches to make individual diagnosis and evaluate career counseling programs aimed at college students.
Keywords: Desenvolvimento de carreira
Maturidade de carreira
Validação de instrumentos
Estudantes universitários
Career development
Career maturity
Validation
College students
Carreiras - Planejamento
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Psicologia
Citation: OLIVEIRA, Marina Cardoso de. Desenvolvimento e maturidade de carreira de estudantes universitários: validação de instrumetnos de medida. 2007. 185 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2007.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17266
Issue Date: 9-Apr-2007
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MCOliveiraDISPRT.pdf1.07 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.