Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17258
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: O corpo-lixo : do dejeto à potência nas produções culturais contemporâneas
metadata.dc.creator: Costa, Pedro Henrique Lucas
metadata.dc.contributor.advisor1: Próchno, Caio César Souza Camargo
metadata.dc.contributor.referee1: Amitrano, Georgia Cristina
metadata.dc.contributor.referee2: Mansano, Sonia Regina Vargas
metadata.dc.description.resumo: Tendo como pressuposto uma concepção histórico-cultural do corpo no qual se entende que ele é efeito de jogos de poderes e saberes historicamente situados, assim como os processos de subjetivação adjacentes a tal corporeidade, fomos provocados pela questão de como o corpo é explorado e exaurido ao ponto de se tornar um dejeto. Tomamos por Corpo-Lixo o conceito do qual partirmos para a jornada investigativa e que foi o combustível deste trabalho de pesquisa. Calcados nas premissas da pesquisa cartográfica, procuramos acompanhar o processo de dejetificação do corpo, mergulhando e sendo afetados pelas produções culturais contemporâneas, conforme representado nas manifestações midiáticas (sejam elas de cunho jornalístico, publicitário ou voltadas para o entretenimento) e nas artes (dentre elas o cinema, a literatura e o teatro). Adotamos a esquizoanálise como principal referencial teórico e por esse motivo, além de nos debruçarmos nas obras de Gilles Deleuze e Felix Guattari, compomos e decompomos com constructos teóricos de diversas áreas como a psicologia, a história, a sociologia e a própria filosofia, tendo também Michel Foucault como um importante companheiro de viagem. Reconhecendo o corpo como um processo histórico metamorfoseante e não meramente uma entidade biológica imutável, realizamos um apanhado histórico de como os exercícios de poder atravessaram os corpos ao longo dos tempos, visando evidenciar o percurso pelo qual se consolidaram as formas atuais de se abordar o corpo e que por ventura o leva à sua dejetificação. O aspecto mais relevante deste trabalho cartográfico foi a busca por possibilidades inventivas a partir da suposta condição abjeta, evidenciando a potência e as composições de forças que levam o corpo-lixo à condição de corpo-potente.
Abstract: Taking for granted the cultural-historical conception of the body in which it is understood that it is the effect of games of powers and knowledge historically situated, as well the subjectiveness processes adjacent to such embodiment, we were troubled by the question of how the body is explored and exhausted to the point of becoming a waste product. We take for Trash-Body the concept from where we departed for the investigative journey and it was the fuel of this research. Grounded in the premises of cartographic research, we try to follow the process of \"wastefication\" of the body, dipping and being affected by contemporary cultural productions, as depicted in media events (whether of journalistic nature, advertising or upside entertainment) and the arts (among them the cinema, literature and the theater). We adopted schizoanalysis as the main theoretical framework and for that reason we are able to lay down the eyes in the works of Gilles Deleuze and Felix Guattari, and furthermore compose and decompose with theoretical constructs of various areas such as psychology, history, sociology and philosophy itself, also taking Michel Foucault as an important travel companion. Recognizing the body as a changeable historical process and not merely an immutable biological entity, we conducted a historical overview of how the exercises of power affect the bodies over time, aiming to demonstrate the route by which it reached the current ways of experiencing the body that can lead to its wastefication . The most relevant aspect of this cartographic work was the search for inventive possibilities from the alleged abject condition, showing the power and compositions of forces that lead the trash-body to the potent-body condition.
Keywords: Corpo
Lixo
Potência
Subjetivação
Esquizoanálise
Body
Trash
Potency
Subjectiveness
Schizoanalysis
Corpo Humano - Aspectos Sociais
Subjetividade - Aspectos Sociais
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Psicologia
Citation: COSTA, Pedro Henrique Lucas. O corpo-lixo : do dejeto à potência nas produções culturais contemporâneas. 2015. 138 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2015.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17258
Issue Date: 14-Aug-2015
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CorpoLixoDejeto.pdf920.23 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.