Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17251
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Quem é o responsável pela criança? Reflexões psicanalíticas sobre a parentalização dos avós
metadata.dc.creator: Amaro, Fernanda Aline Tavares
metadata.dc.contributor.advisor1: Paravidini, João Luiz Leitão
metadata.dc.contributor.referee1: Galvão, Lígia Ferreira
metadata.dc.contributor.referee2: Teperman, Daniela Waldman
metadata.dc.description.resumo: As configurações familiares se diversificaram ao longo dos anos e, com isso, houve uma consequente pluralização nos modos de organização dos cuidados com a infância. Com o foco em famílias cujas crianças são criadas pelos avós, nos indagamos sobre as funções por eles assumidas nestas famílias e sobre o exercício das funções parentais neste cenário. Este trabalho se amparou, ao mesmo tempo em que foi guiado, pelo método clínico psicanalítico. Três famílias cruzaram o caminho desta pesquisa proporcionando que teoria e práxis pudessem se ampliar e se reinventar a fim de criar um saber singular. Para entender a família contemporânea foram abordadas questões relativas aos aspectos históricos, culturais e sociais percorridos pela família tradicional e moderna até os dias de hoje, que contribuíram para a multiplicidade dos formatos familiares. Com base no encontro fundamental que acontece entre o bebê e o Outro foram discutidas as funções parentais primordiais para que se propiciassem possíveis reflexões sobre a função dos avós, bem como sobre a constituição do seu processo de parentalização. A parentalidade é abordada de forma desnaturalizada, isto é, entendida para além do campo biológico, se sustentando, portanto, no campo do simbólico. Desse modo, discutimos os impasses e embaraços destes avós, almejando entender as demandas que os enlaçam à criação dos netos e como os processos de parentalização foram se desenhando nestas famílias.
Abstract: The family configurations have diversified over the years and with that there was a consequent plurality in ways of organizing children s care. Focusing on families whose children are raised by grandparents, we ask ourselves about the functions assumed by them in these families and on the exercise of parental role in this scenario. This research was bolstered at the same time it was guided by clinical psychoanalytic method. Three families crossed the path of this work providing that theory and practice could be expanded and reinvent itself in order to create a singular knowledge. To understand the contemporary family issues, it was broached on historical, cultural and social aspects covered by traditional and modern family until the present day, which contributed to the multiplicity of familiar formats. Based on the fundamental encounter of the infant and the Other, it was discussed the primary parental role that could propitiate possible reflections on the role of grandparents, as well as on the constitution of its parentification process. Parenthood is approached in denatured form, it means, understood beyond the biological field, supporting thus the symbolic field. So, we discuss the impasses and embarrassment of these grandparents, aiming to understand the demands that join with them the grandchildren s creation and how parentification processes were being drawn in these families.
Keywords: Avós
Infância
Família - Aspectos psicológicos
Avós
Parentalização
Funções parentais
Família contemporânea
Grandparents
Parentification
Parental roles
Childhood
Contemporaneous family
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Psicologia
Citation: AMARO, Fernanda Aline Tavares. Quem é o responsável pela criança? Reflexões psicanalíticas sobre a parentalização dos avós. 2015. 202 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2015.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17251
Issue Date: 12-Jun-2015
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
QuemResponsavelCrianca.pdf5.7 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.