Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17237
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Inventários Beck para crianças e adolescentes: revisão sistemática da literatura
metadata.dc.creator: Morais, Résia Silva de
metadata.dc.contributor.advisor1: Lopes, Ederaldo Jose
metadata.dc.contributor.referee1: Montagnero, Alexandre Vianna
metadata.dc.contributor.referee2: Domingos, Neide Aparecida Micelli
metadata.dc.description.resumo: A teoria/terapia cognitiva (TC) promoveu profundas mudanças na psiquiatria e psicologia colaborando, assim, para o tratamento de uma ampla variedade de transtornos. Em termos diagnósticos, a TC faz uso de escalas psicométricas e de outros instrumentos. Por exemplo, em 1961, Beck desenvolveu as Escalas de Depressão de Beck (BDI) revisadas em 1978 (BDI-1A) e em 1996 a BDI-II foi publicada. Em 2001, elaborou o Beck Youth Inventory - (BYI-II) para crianças e adolescentes com idades entre 7 a 18 anos, que consiste em um inventário de cinco escalas que avaliam os sintomas de depressão, ansiedade, raiva, comportamento disruptivo e autoconceito. O objetivo deste trabalho foi construir uma revisão sistemática da produção científica nacional e internacional do Beck Depression Inventory for Youth (BDI-Y), do Beck Anxiety Inventory for Youth (BAI-Y) e do Beck Disruptive Behavior Inventory for Youth (BDBI-Y); além disso, foram considerados estudos que empregam esses instrumentos na área clínica e da saúde em geral. A revisão foi realizada a partir da utilização dos descritores: Beck Depression Inventory for Youth ; Beck Anxiety Inventory for Youth e Beck Disruptive Behavior Inventory for Youth . Os critérios de seleção da amostra foram: presença do descritor no corpo do texto; artigos escritos na língua inglesa, espanhola e portuguesa; referências repetidas em outras bases foram selecionadas apenas em uma base; referências que estavam relacionadas ao tema, tendo como critério norteador do estudo o enfoque sobre o uso do BAI-Y, do BDI-Y e do BDBI-Y. Após critérios de inclusão, os resultados obtidos foram: 11 artigos, com o descritor Beck Depression Inventory for Youth ; com o descritor Beck Anxiety Inventory for Youth , 11 estudos foram selecionados. Já com o descritor Beck Disruptive Behavior Inventory for Youth foram selecionadas apenas 3 referências. Portanto, empreender uma revisão da produção científica de três inventários do Beck Youth Inventory (BYI-II) foi essencial para tornar possível a verificação da escassez de estudos para os inventários BDI-Y, BAI-Y e BDBI-Y. Os resultados mostram que nenhuma referência nacional foi encontrada, a maioria é oriunda dos Estados Unidos da América e apenas uma referência relatou o uso dos Inventários Beck, segunda edição, adaptados e validados para a realidade chinesa. Esses resultados podem contribuir para um maior esclarecimento acerca da necessidade de pesquisadores darem continuidade a esta discussão, considerando a grande necessidade da inclusão destes instrumentos em trabalhos de pesquisa e o desenvolvimento de investigações com ênfase em estudos das propriedades psicométricas desses inventários e de sua adequação à realidade brasileira. Por fim, com a realização de mais estudos, torna-se possível avaliar a eficácia destas escalas e sua utilidade na comunidade acadêmica e clínica.
Abstract: The cognitive theory / therapy (CT) produced profound changes in psychiatry and psychology contributing thus to treat a variety of disorders. In diagnostic terms, the CT use psychometric scales and other instruments. For example, in 1961, Beck developed the Beck Depression Inventory (BDI) revised in 1978 (BDI-1A) and in 1996 the BDI-II was published. In 2001, the Beck Youth Inventory (BYI-II) was prepared for children and adolescents aged 7-18 years consisting of an inventory of five scales that assess symptoms of depression, anxiety, anger, disruptive behavior and self-concept. The aim of this work was to construct a systematic review of national and international scientific production of the Beck Depression Inventory for Youth (BDI-Y), the Beck Anxiety Inventory for Youth (BAI-Y) and the Beck Disruptive Behavior Inventory for Youth (BDBI-Y); furthermore, we considered studies that employ these tools in the clinical area and overall health. The review was carried from the use of descriptors: Beck Depression Inventory for Youth , Beck Anxiety Inventory for Youth and Beck Disruptive Behavior Inventory for Youth . The references selection criteria were: presence of the descriptor in the text, articles written in English, Spanish and Portuguese; repeated references in other databases will be selected only in one base; references that were related to the theme, with the guiding criterion focus on using the BAI-Y , the BDI-Y and BDBI-Y. The results were: following criteria for inclusion, 11 articles, with the descriptor \"Beck Depression Inventory for Youth\"; with the descriptor \"Beck Anxiety Inventory for Youth\", 11 studies were selected. Already with the descriptor \"Beck Disruptive Behavior Inventory for Youth\" were selected only three references. Therefore, undertake a review of the scientific production of three inventories Beck Youth Inventory (BYI-II) was essential to verify the scarcity of studies about BDI-Y, BAI-Y and BDBI-Y. Results show no Brazilian studies, most are from the United States and only one reference reported use of Beck Inventories, second edition, adapted and validated for the Chinese reality. These results can contribute to raising awareness about the need to researchers to continue this discussion, considering the great necessity of their inclusion in research and research development with emphasis on studies of the psychometric properties of these instruments and their appropriateness to the Brazilian reality. Finally, with the guarantee of further studies, will be possible to evaluate the competence of this scales and their utility in the academic and clinical community.
Keywords: Beck Youth Inventory
Crianças
Adolescentes
Beck Youth Inventory
Children
Teenagers
Testes de personalidade
Terapia cognitiva para adolescentes
Terapia cognitiva para crianças
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Psicologia
Citation: MORAIS, Résia Silva de. Inventários Beck para crianças e adolescentes: revisão sistemática da literatura. 2014. 113 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2014.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17237
Issue Date: 27-Mar-2014
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
InventarioBeckCriancas.pdf1.25 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.