Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17214
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Atentando-se ao mindfulness : uma revisão sistemática para análise dos conceitos, fundamentos, aplicabilidade e efetividade da técnica no contexto da terapia cognitiva
metadata.dc.creator: Castro, Filipe Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: Lopes, Renata Ferrarez Fernandes
metadata.dc.contributor.referee1: Lopes, Ederaldo Jose
metadata.dc.contributor.referee2: Rossini, Joaquim Carlos
metadata.dc.description.resumo: Espiritualidade e religiosidade se tornaram tema de interesse científico em publicações no contexto da saúde. Com isso, houve abertura para se considerar as práticas religiosas. Uma delas que vem sendo analisada, de forma crescente, é o mindfulness. Este é definido como a consciência, no momento presente, a tudo que surge interna ou externamente, sem a realização de julgamentos ou o desejo de que as coisas sejam diferentes. O objetivo geral desta pesquisa foi realizar uma revisão bibliográfica para sistematização das produções cientificas que abordam a técnica mindfulness. Para isso, foram consultadas cinco bases de dados: PsycInfo, Scielo, Pepsic, LILACS e PsycArticles. Nelas, foram levantados 35 artigos. A maioria deles foram produzidos em instituições norte-americanas e publicados em língua inglesa. Há pouca incidência de estudos sobre mindfulness no Brasil ou publicado em português. Os artigos se mostraram basicamente sob duas formas: como artigo teórico (46%) ou como estudo randomizado avaliando algum tipo de intervenção (54%). Verificou-se que a técnica tem sido considerada como importante recurso na diminuição de estresse, do sentimento de angústia, na redução dos sintomas de burnout, no manejo de dores crônicas e no controle sintomas de pânico. Os estudos são heterogêneos e mostram melhoras em amostras de pacientes com câncer, depressão, transtorno de ansiedade, transtorno de personalidade borderline. Outro objetivo foi discutir como o mindfulness é proposto em diferentes terapias como a Teoria de Aceitação e Compromisso (ACT), Teoria Comportamental Dialética (TCD) e Teoria cognitiva baseada em mindfulness (MBCT). Em tais abordagens, mindfulness foi listado como peça fundamental para que a terapia ocorra plenamente e alcance o resultado proposto. Nos estudos envolvendo a MBCT, houve indicação do tratamento melhorar a recaída de depressão. A MBCT se mostrou eficaz como tratamento para pessoas com depressão, ansiedade e como recurso na redução do estresse. Nos estudos com ACT, o tratamento se mostrou eficaz para transtorno de ansiedade generalizada e como complemento no tratamento de outros quadros clínicos. Este trabalho ainda analisou a entrevista concedida por Donna Sudak para refletir sobre como a técnica tem sido vista, utilizada e quais parâmetros estão sendo observados. Foram comparadas as definições fornecidas por Donna Sudak e pelo líder tibetano Dalai Lama (14º) sobre mindfulness, discutindo-se as diferenças na concepção do mindfulness no contexto científico e religioso. Donna Sudak enfocou mindfulness como técnica, que pode ser aprendida independentemente dos valores religiosos que o indivíduo tenha, e sugerindo que a recomendação deve ser de acordo com a necessidade do paciente, a partir da conceituação de caso. Já Dalai Lama, abordou mindfulness como uma meditação e tradição budista, que a partir da observação e conscientização da mente permite observar, aceitar e mudar pensamentos. De forma geral, as abordagens terapêuticas têm proposto a conceituação e aplicação da técnica de maneira semelhante a do budismo e apesar de o interesse final ser diferente, a técnica tem apresentado efetivamente bons resultados em relação ao bem-estar e a saúde. Assim, apesar de iniciais, os estudos reforçam que mindfulness pode ser uma ferramenta terapêutica importante para terapeutas cognitivo-comportamentais.
Abstract: Spirituality and religiosity have become the subject of scientific interest on the health publications. Therefore, there was an openness to consider the religious practices. One of these is mindfulness that has been increasing studied. This technique is define as the awareness in the present moment, whatever arises internally or externally, without making judgments or desire for things to be different. The overall objective of this research was to perform a systematic literature review of scientific productions that address the mindfulness technique. Therefore, five databases were consult: PsycInfo, SCIELO Pepsic, LILACS and PsycARTICLES. In these, 35 articles were collect. Most of them were produce in American institutions and published in English. There is few studies published in Brazil or in Portuguese about mindfulness. The articles was in two forms: as a theoretical paper (46 %) or as a randomized study (54 %). It found that the technique was consider as an important feature in the reduction of stress, feelings of distress, in reducing the symptoms of burnout, in the management of chronic pain and control symptoms of panic. The studies are heterogeneous and show improvements in samples of patients with cancer, depression, anxiety disorder, borderline disorder. Another objective was to discuss how mindfulness was propose in different therapies such as Acceptance and Commitment Therapy (ACT), Dialectical Behavioral Therapy (DBT) and Mindfulness-Based Cognitive Therapy (MBCT). In such approaches, mindfulness listed as a key to the therapy fully occur and reach the proposed result. In studies involving MBCT, there was indication of improving treatment of depression relapse. The MBCT was effective as a treatment for people with depression, anxiety and as a resource in reducing stress. In studies with ACT, the treatment was effective for generalized anxiety disorder and as a complement in the treatment of other conditions. This study also examined the interview by Donna Sudak to discuss how the technique has been seen, used and which parameters are being observed. The definitions provided by Donna Sudak and by the Tibetan leader Dalai Lama (14º) were compared on mindfulness, discussing the differences in the design of mindfulness in the scientific and religious context. Donna Sudak focused mindfulness as a technique that could be learn regardless of religious values that the individual has, and suggesting that the recommendation should be according to the patient\'s need. Dalai Lama defined mindfulness as a meditation and Buddhist tradition, which from observation and awareness of the mind allows us to observe, accept and change thoughts. In general, therapeutic approaches have proposed the concept and application of the technique similar to the way Buddhism and although the final interest is different, the technique has shown good results effectively in relation to well- being and health. Thus, studies emphasize that mindfulness may be an important therapeutic tool for cognitive- behavioral therapists.
Keywords: Mindfulness
Terapia cognitivo-comportamental
Budismo
Técnica
Cognitive-behavioral therapy
Buddhism
Technique
Meditação (Budismo)
Terapia cognitiva
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Psicologia
Citation: CASTRO, Filipe Silva. Atentando-se ao mindfulness : uma revisão sistemática para análise dos conceitos, fundamentos, aplicabilidade e efetividade da técnica no contexto da terapia cognitiva. 2014. 170 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2014.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17214
Issue Date: 31-Jul-2014
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AtentandoMindfulnessRevisao.pdf1.44 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.