Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17201
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Tarefas experimentais e teste de atenção concentrada (AC): implicações para o trânsito
metadata.dc.creator: Vaz, Odorico de Almeida Leão
metadata.dc.contributor.advisor1: Rossini, Joaquim Carlos
metadata.dc.contributor.referee1: Lopes, Ederaldo Jose
metadata.dc.contributor.referee2: Galera, Cesar Alexis
metadata.dc.contributor.referee3: Kamizaki, Ricardo
metadata.dc.description.resumo: Diversos autores investigam os processos da atenção considerando apenas um caráter multifacetado conforme sua operacionalização (Lima, 2005), no entanto alguns aspectos podem ser compartilhados. Este estudo teve objetivo principal investigar possíveis correlações entre o Teste de Atenção Concentrada (AC) e três tarefas experimentais clássicas na investigação dos processos atentivos. A primeira consistiu em uma tarefa de controle inibitório através de um Teste de Desenvolvimento Contínuo (TDC). A segunda tarefa proposta investigou o processo de deslocamento do foco atencional (Posner, Snyder & Davidson, 1980), enquanto que uma terceira tarefa manipulou a carga perceptual em uma tarefa de seleção visual (Lavie, 1995). Análises separadas foram realizadas para o desempenho em duas variáveis dependentes, a velocidade do processamento, analisada pelo tempo de reação (TR) e acurácia, analisada em dois níveis: número de erros de comissão e número de erros de omissão. Participaram do presente estudo 97 voluntários, sendo critério de participação, não apresentar queixa clínica e possuir acuidade visual total ou corrigida, com idades entre 18 e 64 anos. A amostra foi dividida em dois grupos etários com idades entre 18 e 30 anos, sendo 26 participantes do sexo feminino (média = 22,3 anos) e 37 participantes do sexo masculino (média = 22 anos); e entre 31 e 64 anos, sendo 11 participantes do sexo feminino (média = 43,1 anos) e 23 participantes do sexo masculino (média = 45,6 anos). As correlações entre os resultados do Teste AC e o das três tarefas experimentais aponta uma correlação positiva entre o AC com a tarefa de carga perceptual nas duas faixas etárias, sugerindo que o efeito da carga perceptual interfere no processamento da informação do espaço visual, de maneira diretamente proporcional à capacidade do indivíduo de se concentrar em uma tarefa de atenção sob pressão de tempo. A correlação existente entre o teste de Atenção Concentrada AC e a tarefa experimental de deslocamento da atenção também se deu de forma positiva, evidenciada na faixa etária de 31 a 64 anos, ou diante da correlação do desempenho dos participantes em geral. Este dado aponta para o fato que quanto mais rápido o indivíduo consegue desengajar, dirigir sua atenção movimentando o foco e reengajálo no alvo seguinte, maior será sua capacidade de concentração e eficiência em tarefas realizadas em tempo determinado. Por fim, houve uma correlação positiva entre a tarefa de carga perceptual e o deslocamento da atenção no campo visual sugerindo que o deslocamento do foco atencional ocorre de forma mais eficiente em situações de baixa carga perceptual possibilitando o processamento dos estímulos distratores ou das informações irrelevantes fora da área atendida.
Abstract: Several authors investigate the processes of attention considering just a multifaceted character according to its operationalization (Lima, 2005), although some aspects may be shared. This study was aimed at investigating possible correlations between Concentrated Attention Test (CA) and three experimental tasks classical in research processes of attention. The first consisted of an inhibitory control task using a Continuous Development Test (CDT). The second task investigated the process of orienting of the focus (Posner, Snyder& Davidson, 1980), while a third task manipulated the perceptual load on a visual selection task (Lavie, 1995). Separate analyzes were conducted to measure the Performance in two dependent variables, the Speed of Processing, which was assessed by the reaction time (RT) and the accuracy, which was analyzed on two levels: number of errors of commission and the number of errors of omission. The study included 97 volunteers, who showed as a participation criteria, non clinical complains, total or corrected visual acuity, and aged between 18 and 64 years. The sample was divided into two age groups: aged between 18 and 30 years old, with 26 female participants (mean = 22.3 years old) and 37 male participants (mean = 22 years old) and aged between 31 and 64 years old, with 11 female participants (mean = 43.1 years old) and 23 male participants (mean = 45.6 years old). The correlations between the results of the AC Test and the three experimental tasks indicates a positive correlation between the AC with the task of perceptual load in both age groups, suggesting that the effect of perceptual load affects the information processing of visual space directly proportional to the individual\'s ability to focus attention on a task under time pressure. The correlation between the test Concentrated Attention AC and experimental task shifting attention was also positive, as evidenced in the age group of 31 to 64 years old, or on the correlation among the participants\' performance in general. This data points to the fact that the faster the individual can disengage the attention, turn it moving the focus, and re-engage it in next target, the greater their ability to concentrate and their efficiency in tasks performed in time will be. Finally, there was a positive correlation between the perceptual load task and the displacement of attention on the visual field suggesting that the displacement of the focus of attention occurs more efficiently at low perceptual load situations enabling the processing of distracters stimuli or of irrelevant information out of the served area.
Keywords: Atenção concentrada
Tarefas experimentais
Trânsito
Concentrated attention
Experimental tasks
Traffic
Trânsito - Aspectos psicológicos
Psicologia experimental
Atenção
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Psicologia
Citation: VAZ, Odorico de Almeida Leão. Tarefas experimentais e teste de atenção concentrada (AC): implicações para o trânsito. 2013. 69 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2013.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17201
Issue Date: 30-Aug-2013
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TarefasExperimentaisTeste.pdf653.46 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.