Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17197
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: A queda e suas consequências para o idoso : aspectos psicológicos e emocionais
Author: Pereira, Ana Maria Martins
First Advisor: Freire, Sueli Aparecida
First member of the Committee: Rezende, Carlos Henrique Alves de
Second member of the Committee: Santangelo, Erika Mattos
Third member of the Committee: Barbosa, Luis Guilherme
Summary: As quedas entre pessoas idosas constituem um importante problema clínico e de saúde pública, devido a sua alta incidência com conseqüente mortalidade e morbidade elevadas nesta população, causando um grande impacto na vida dos idosos, familiares e sistema público de saúde, gerando altos custos assistenciais. O presente estudo teve como objetivo principal investigar a queda e as suas conseqüências para o idoso, sob o enfoque dos aspectos psicológicos e emocionais. Para realização deste estudo foram entrevistados 32 idosos, 25 mulheres e sete homens, com idades de 60 a 98 anos, todos residentes na cidade de Uberaba MG, selecionados em seis locais diferentes; dois centros de reabilitação, consultório de fisioterapia, academia aquática e duas instituições de longa permanência. A maioria do grupo era de aposentados, solteiros, com baixa escolaridade e residiam predominantemente em famílias multigeracionais. Os participantes foram questionados acerca de seus dados pessoais e hábitos de saúde. Além disso, foram feitas 20 perguntas que abordavam vários aspectos do evento queda. As respostas a essas questões foram categorizadas com base em estudos gerontológicos sobre envelhecimento normal e patológico, sobre a queda e suas conseqüências biopsicossociais e na psicologia do desenvolvimento life-span. Os dados receberam tratamento estatísticodescritivo e foram analisados qualitativamente. Nos resultados pode ser verificado que a média de quedas por idoso foi igual a 3,21, sendo que as mulheres apresentaram um valor relativo maior que os homens. As quedas ocorreram, na maiora das vezes, nas áreas externas dos domicílios e no período diurno. Os idosos, na sua maioria, tiveram uma conduta positiva frente ao evento, adotando medidas preventivas. As conseqüências psicológicas e emocionais mais relatadas foram o medo (de cair, de sair sozinho e outros medos), o aumento da atenção e do cuidado. Os resultados encontrados sugerem que há uma grande necessidade de se produzir informações sobre alguns fatores de risco para as quedas, aos quais os idosos estão expostos diariamente, sobre a necessidade de uma postura orientadora por parte dos profissionais da saúde e do desenvolvimento de práticas preventivas significativas de baixo custo, no nível primário de atenção à saúde do idoso.
Abstract: The falls among the elderly constitute an important clinical and public health problem due to its high incidence with consequent elevated mortality and morbidity on this population, causing a great impact on their life, on their relatives lives and on the public health system, due to the high costs of assistance. This study aimed at investigating the fall and its consequences for the elderly people, considering the psychological and emotional aspects. Thirty two people were interviewed, 25 women and seven men, aging 60 to 98 years-old, all residents in the city of Uberaba - MG, selected at four different places: two rehabilitation centers, physiotherapy clinic, aquatic academy and two long permanence institutions. Most of the group was retired, single, with low education level and lived predominantly in multigeneration families. The participants were interviewed about their personal data and health habits. The questionnaire was composed by 20 questions about the fall event under several aspects. The data received statistical treatment and they were analyzed quantitatively and qualitatively. In the results, it was verified that the average of falls by person was 3,21; women presented a bigger relative value than men. The falls occurred mostly in the external areas of the homes, and during the day. Most of the elders had a positive conduct in front to the event, adopting preventive measures. The psychological and emotional consequences most related were the fear (of falling, of leaving alone and other fears), the increase of the attention and care. The results suggest there is an enormous need to produce information about some risk factors for falls which the elderly people are exposed daily; health professionals should provide more orientation concerning posture; and there is a need of developing significant, but low costs practices in the primary level of attention to the elder's health.
Keywords: Idosos
Envelhecimento
Queda
Aspectos emocionais
Fisioterapia
Elderly people
Aging
Fall
Psychological and emotional aspects
Physiotherapy
Acidentes (Quedas) na velhice
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
Country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Institution Acronym: UFU
Department: Ciências Humanas
Program: Programa de Pós-graduação em Psicologia
Quote: PEREIRA, Ana Maria Martins. A queda e suas consequências para o idoso : aspectos psicológicos e emocionais. 2006. 90 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2006.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17197
Date of defense: 28-Aug-2006
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AMMPereiraDISSPRT.pdf790.74 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.