Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17183
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Avaliação do desenvolvimento do controle inibitório em crianças de 6 a 8 anos
metadata.dc.creator: Lemes, Paula
metadata.dc.contributor.advisor1: Rossini, Joaquim Carlos
metadata.dc.contributor.referee1: Lopes, Renata Ferrarez Fernandes
metadata.dc.contributor.referee2: Galera, Cesar Alexis
metadata.dc.contributor.referee3: Cavallet, Mikael
metadata.dc.description.resumo: Dados empíricos observados em populações normativas sugerem que o comportamento inibitório, regulado pelas funções executivas, apresenta características maturacionais específicas ao longo do desenvolvimento humano. O presente estudo teve como objetivo avaliar o controle inibitório de 130 crianças de seis a oito anos de idade em duas tarefas computadorizadas (Go/No-go e a versão sol-lua da tarefa de Stroop). O tempo de reação (TR) e a porcentagem média do número de erros cometidos (coomissões e omissões) foram analisados através do teste ANOVA para medidas repetidas. Os dados empíricos desta pesquisa mostram que as crianças de seis anos tiveram desempenho mais lento e cometeram mais erros quando comparadas com as crianças de oito anos, sendo que no segundo experimento foi encontrada diferença também entre as crianças de sete e oito anos de idade. Esses achados corroboram outros estudos que também discutem diferenças entre as idades investigadas em tarefas Go/No-go e Stroop. De maneira geral, não houve diferenças significativas em função do fator gênero nas duas provas experimentais. Os dados sugerem uma maturação do sistema atentivo e do controle inibitório entre as faixas etárias estudadas e apontam para que futuras investigações analisem outras etapas do desenvolvimento humano.
Abstract: Empirical data observed in normative populations suggest that the inhibitory behavior, regulated by the executive functions, has specific maturational characteristics throughout the human development. The present study aimed to evaluate the inhibitory control of 130 children aged six to eight years old in two computerized tasks (Go/No-go and the Stroop sunmoon task). Reaction time (RT) and the average percentage of the number of errors committed (co-omissions and omissions) were analyzed by ANOVA for repeated measures. The empirical data of this research shows that children of six years had slower performance and made more errors when compared with children of eight years, and in the second experiment was also found difference between children of seven and eight years old. These findings corroborate other studies that also discuss differences between the ages investigated in the Go/No-go and the Stroop tasks. Overall, there were no significant differences to the gender factor in both experimental vidence. The data suggests a maturation of attentional and inhibitory control between the age groups studied and points to future researches analyze other stages of human development.
Keywords: Inibição
Atenção
Psicologia experimental
Crianças
Inhibition
Attention
Experimental psychology
Children
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Psicologia
Citation: LEMES, Paula. Avaliação do desenvolvimento do controle inibitório em crianças de 6 a 8 anos. 2013. 65 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2013.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17183
Issue Date: 22-Feb-2013
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PaulaLemes.pdf948.48 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.