Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17132
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: CAPS-POEIRA: encontros possíveis entre a Psicanálise e a Capoeira Angola nos grupos operativos do CAPS-ad
metadata.dc.creator: Matos, Natália Galdiano Vieira de
metadata.dc.contributor.advisor1: Neves, Anamaria Silva
metadata.dc.contributor.referee1: Romera, Maria Lucia Castilho
metadata.dc.contributor.referee2: Kodato, Sergio
metadata.dc.contributor.referee3: Fortes, Maria Isabel de Andrade
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho se configura como um reduto de vivências e movimentos, fruto das oficinas de Capoeira Angola desenvolvidas em uma unidade do CAPS-ad, instituição responsável por atender e acompanhar terapeuticamente sujeitos usuários de álcool e/ou outras drogas. O objetivo geral desta proposta foi apreender e nomear os sentidos do encontro entre a Psicanálise e a Capoeira Angola nos grupos operativos dos usuários do CAPS-ad, tendo como objetivos específicos a tentativa de ressignificar as versões da toxicomania empreendidas na literatura corrente e incitar a visibilidade da condição de marginalização e assujeitamento dos sujeitos drogadictos. Como pesquisadora na condição de psicóloga e praticante da Capoeira Angola coordenei o projeto que envolveu onze encontros realizados semanalmente na unidade, com atividades que se alternavam em rodas de conversa, musicalização e movimentação, além de entrevistas junto aos diferentes personagens-usuários da instituição. Os grupos contaram com a participação dos usuários do CAPS-ad e constituíram a modalidade de grupos operativos. Em cada encontro os recursos presentes na Capoeira Angola (narrativa, música e movimentação) foram utilizados a fim de proporcionar reflexão e inquietação grupais sobre os papéis sociais assumidos, o vínculo familiar e a relação com a droga. O método interpretativo, ancorado nos preceitos psicanalíticos, compôs as versões analíticas de cada etapa do processo de pesquisa, fazendo emergir o silenciamento e o assujeitamento dos drogadictos enquanto fenômeno que escamoteia a identidade eu sou adicto . Levando em consideração a complexidade do fenômeno da drogadicção, os aspectos psíquicos, sociais, familiares e econômicos, este trabalho produziu um questionamento sobre o paradoxo social acerca dos drogadictos, as falhas institucionais e o silêncio que circunda e marginaliza os sujeitos pela não representabilidade do objeto droga. Ao longo do processo foram observadas e descritas as movimentações corpóreas, psíquicas e sociais, apresentadas em falas, gestos, nos encontros e entrevistas e assim, no contexto em que a droga parecia ser uma saída precária diante da vida em cenas de violência, suicídio e auto-mutilação a Capoeira Angola surgia como uma possibilidade simbólica de expansão psíquica e de ressignificação da própria vida.
Abstract: This work should be seen as a locus of experiences and moves derived by Angola capoeira workshop at CAPS-ad, a rehabilitation unity which offers therapeutic accompaniment to addicts to alcohol and other drugs. The aims of this work are to apprehend and to name the meanings produced by the meeting between psychoanalysis and Angola capoeira in the operative groups formed by CAPS-ad users as well as to re-signify the understanding of toxicomania in current studies and to incite the visibility of addicts condition of marginalization and subjecting. As a psychologist researcher and an Angola capoeira practitioner, I coordinated eleven weekly meetings at CAPS-ad. During theses meetings, we performed chatting, musicalizing, and moving; besides, I interviewed CAPS-ad users who partook in the groups formed to perform such activities and who made up the operative group modality. Each meeting included these activities to make the groups reflect and grow unquiet about their social roles, their familiar bonds, and their relationship with drugs. The interpretive method based on the psychoanalytical principles resulted in analytical versions of each part of the research process, which made addicts silencing and subjecting come into view as a phenomenon that conceals the I m-an-addict identity. By taking into account the complex phenomenon of drug addiction and its psychic, social, familiar and economic aspects, this work poses a questioning of the social paradox regarding addicts, the institutional failure, and the silencing which permeates and marginalizes these people because of a lack of symbolic representation of drugs. Throughout the process, it was observed and described bodily, psychic, and social movements revealed by addicts speech and gestures in meetings and interviews. Thus, in a situation where drugs seemed to be a precarious exit in life to scenes of violence, suicide, and self-mutilation, Angola capoeira emerged as a symbolic possibility of psychic expanding and life re-signification.
Keywords: Capoeira Angola
Psicanálise
Grupos operativos
CAPS-ad
Psychoanalysis
Operative groups
Psicologia aplicada
Capoeira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Psicologia
Citation: MATOS, Natália Galdiano Vieira de. CAPS-POEIRA: encontros possíveis entre a Psicanálise e a Capoeira Angola nos grupos operativos do CAPS-ad. 2011. 141 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2011.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17132
Issue Date: 10-May-2011
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
d.pdf389.1 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.