Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17098
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: O papel dos estados afetivos sobre os processos cognitivos de assimilação e acomodação
Author: Alves, Maura Ribeiro
First Advisor: Lopes, Renata Ferrarez Fernandes
First member of the Committee: Lopes, Ederaldo Jose
Second member of the Committee: Neufeld, Carmem Beatriz
Third member of the Committee: Miyasakiv, Maria Cristina de Oliveira S.
Summary: Este estudo investigou a relação entre o estado afetivo (humor) e os estilos de processamento da informação top-down (função assimilativa) e bottom-up (função acomodativa), mais precisamente, se o conhecimento geral internalizado (crenças) é facilitado por processos assimilativos sendo ativado quando a pessoa está em um estado de afeto positivo; por outro lado, pesquisou se o conhecimento dirigido pelos dados (facilitado por funções acomodativas) é produzido por um estado de afeto negativo. Utilizou-se para isso o modelo teórico desenvolvido por Fiedler & Bless, 2000. Participaram dessa pesquisa 32 sujeitos com idade entre 17 e 38 anos, de ambos os sexos e nível escolar superior completo ou incompleto. Os participantes foram, primeiramente, induzidos aos humores positivos e negativos e em seguida testados utilizando-se uma tarefa de geração ativa em que eles tinham a tarefa de ler ou construir (a partir de letras dadas) verbos precedidos por substantivos os quais tinham a função de priming. A tarefa final consistiu em recordarem livremente os verbos que foram apresentados. Para a seleção dos substantivos e verbos foi realizada uma prova de juizes. Os resultados indicaram que os sujeitos, sob humor induzido negativamente apresentaram uma vantagem mnemônica com relação às palavras lidas. Esperava-se que houvesse a prevalência de processos acomodativos associados a um estado de humor negativo: a recordação de palavras lidas (tarefa predominantemente acomodativa) e concluiu-se que o processamento de informação dos sujeitos foi dirigido pelos dados , nesse estado de humor. Por outro lado, verificou-se que num estado de humor positivo, associado à tarefa que demandou funções assimilativas de criação e construção de verbos, possivelmente houve um direcionamento do processamento da informação para funções de prevalência top-down, uma vez que se reportaram mais ao conhecimento prévio acerca do estímulo apresentado (par de substantivos e verbos) ativando um maior número de informações ligadas a esses estímulos (redes semânticas que facilitaram a recordação dos verbos construídos). Isto posto, a análise dos dados dessa amostra parece sugerir que, de fato, o estado de humor positivo aciona estruturas de conhecimento prévio (crenças) e implica em uma maior utilização de funções assimilativas, já que nessas condições há prevalência de inferências, novas construções de pensamento e criatividade. Dessa forma, acredita-se que esses resultados podem contribuir para um maior esclarecimento acerca da relação entre os estados de humor e as funções cognitivas ligadas a equilibração.
Abstract: This study investigated the relationship between the affective state (mood) and the types of information processing known as top-down (assimilative function) and bottomup (accommodative function). More precisely, it focused on whether the internalized general knowledge (beliefs) is facilitated by assimilative processes, being activated when the person is in a state of positive mood and, on the other hand, whether knowledge derived from data (facilitated by accommodative functions) is produced in states of negative mood. The theoretical model used was developed by Fiedler & Bless, 2000. Thirty-two subjects, with ages ranging from 17 to 38 years old, both male and female, college graduates and undergraduates, participated in this research. Participants were, initially, induced into positive and negative moods and, subsequently, tested with an active generation task in which they had to read or form (from a pool of letters provided) verbs preceded by nouns that acted as priming. The final task consisted of freely recalling the presented verbs. A judge test was conducted in order to select the nouns and verbs. The results indicated that the subjects under negatively-induced mood presented a mnemonic advantage regarding the previously read words. The prevalence of accommodative processes associated with a negative mood was expected and, in fact, the recall of words read beforehand (a predominantly accommodative task) was observed, leading to the conclusion that information processing by subjects in this mood was driven by data . Conversely, in those subjects with positive mood, associated with the task that demanded the assimilative functions of creating and forming verbs, there was probably an orientation of the information processing towards top-down-prevalent functions, since they resorted more to previous knowledge concerning the presented stimuli (pairs of nouns and verbs), activating a larger amount of information connected to these stimuli (semantic networks that facilitated the recall of the verbs created). Thus, the analysis of this sample s data seems to suggest that, in fact, positive mood triggers previous knowledge structures (beliefs) and causes a higher use of assimilative functions since, in this condition, there is a prevalence of inferences, original thoughts and creativity. Therefore, these results may contribute to a better understanding of the relationship between mood states and the cognitive functions related to equilibration.
Keywords: Estado afetivo
Assimilação
Acomodação
Affective state
Assimilation
Accommodation
Cognição
Afeto (Psicologia)
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
Country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Institution Acronym: UFU
Department: Ciências Humanas
Program: Programa de Pós-graduação em Psicologia
Quote: ALVES, Maura Ribeiro. O papel dos estados afetivos sobre os processos cognitivos de assimilação e acomodação. 2010. 109 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2010.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17098
Date of defense: 14-Jun-2010
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Diss Maura.pdf405.35 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.